Portuguesa 1 x 0 América-MG - Cinco expulsões e gol no final

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 01 (AFI) – O jogo não foi bom, mas mesmo assim a Portuguesa conquistou uma vitória na raça nesta terça-feira, ao bater o América-MG, por 1 a 0, no Estádio Canindé, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os donos da casa assumiram a liderança por ter melhor saldo de gols que o Bahia (6 contra 4).

Confira:
Série B: Surpresas na rodada e Lusa assume a liderança

O destaque do jogo ficou para o número de cartões mostrados pelo árbitro. Ao todo foram oito cartões amarelos e cinco vermelhos. A Lusa terminou com nove jogadores em campo e o Coelho com oito.

Com esse resultado, a Portuguesa assumiu a liderança, mesmo que de forma provisória, chegando aos 13 pontos conquistados. Por outro lado, o América-MG se manteve com 11 e é o quinto colocado.

Deu até sono!
A Portuguesa começou em cima do adversário e assustou logo aos dois minutos. Fabrício bateu rasteiro, a bola desviou em Preto e acertou a trave de Flávio, indo para escanteio na sequência. Alguns minutos depois, Kempes aproveitou cruzamento e cabeceou forte, mas mandou para fora.

O Coelho quase abre o placar aos 22 minutos. Fábio Júnior tocou de calcanhar para Thiago Silvy, que bateu de primeira e Andrey fez grande defesa. A melhor chance da Lusa aconteceu em lance de bola parada. Athirson cobrou falta para dentro da área e Luiz Carlos, que havia acabado de entrar na vaga de Malaquias, subiu e cabeceou para fora.

Aos 38 minutos, Danilo cobrou falta com força e assustou o goleiro Andrey, que espalmou para escanteio. Sem conseguir passar pela forte marcação adversária, a Lusa procurava assustar em chutes de longa distância, mas quem criava as melhores oportunidades era o Coelho. Leandro Ferreira deu grande passe para Marcos Vinicius, que na hora da finalização foi travado pelo goleiro adversário, salvando mais uma vez.

Melhor em campo, o Coelho abusava das chances desperdiçadas. Aos 43, Thiago Silvy recebeu na cara do gol e na hora de finalizar foi deslocado pelo zagueiro adversário, mas o árbitro não assinalou o pênalti. Após o final do primeiro tempo, os jogadores da Lusa foram para cima Wagner Reway e reclamaram de dois pênaltis não marcados, além de algumas entradas duras.

De emoção somente as expulsões
O segundo tempo começou como terminou o primeiro, sem muitas emoções. A primeira oportunidade foi criada apenas aos dez minutos, quando o zagueiro Gabriel arriscou chute de fora da área e assustou o goleiro da Lusa. Na sequência, Athirson recebeu passe na entrada da área, mas pegou errado e mandou por cima do gol.

A Lusa viu sua situação complicar com a expulsão do volante Ademir Sopa, que recebeu o segundo cartão amarelo. Aos 18 minutos, Acleisson bateu falta com força, mas a bola foi no meio do gol e facilitou a feda de Flávio. O time da casa pressionou mesmo com um a menos.

Fabrício arriscou de longa distância e Flávio mandou para escanteio. Na cobrança, Kempes subiu mais que todo mundo e cabeceou para fora. Aos 29 minutos, Leandro Ferreira fez falta dura em Fabrício e também foi expulso, deixando os dois times com dez em campo. Porém, o jovem Henrique, que havia acabado de entrar, teria dado uma cotovelada no adversário e recebeu o cartão vermelho.

Quem não faz toma!
O Coelho criou duas boas oportunidades aos 33 minutos. Em jogada ensaiada, Marcos Vinicius saiu na cara do gol e bateu em cima de Andrey. Na cobrança de escanteio, Preto cabeceou firme e o goleiro da Lusa fez uma defesa milagrosa. Mas quem não faz toma.

Aos 41 minutos, Fabrício fez grande jogada e tocou para Paulo Sérgio, que quase sem ângulo bateu firme e marcou o gol para delírio da torcida que compareceu ao Canindé. Logo depois, Dudu foi expulso e o América-MG também terminou com nove jogadores.

Próximos jogos
A Portuguesa volta a campo na próxima sexta-feira contra o Paraná, às 21 horas, no Estádio Durival de Britto, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Já o América-MG recebe o Vila Nova-GO, no sábado, às 16h10, no Estádio Mineirão.

FICHA TÉCNICA:

Portuguesa 1 x 0 América-MG

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).
Público: 1.205 pagantes
Renda: R$ 20.580,00
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Cartões Amarelos: Athirson, Preto Costa, Maurício e Ademir Sopa (Portuguesa); Dudu, Leandro Ferreira, Thiago Silvy e Micão (América-MG)
Cartão Vermelho: Ademir Sopa e Henrique (Portuguesa); Leandro Ferreira, Micão e Dudu (América-MG)
Gols: Paulo Sérgio aos 41’/2T (Portuguesa)

Portuguesa
Andrey; Maurício, Thiago Gomes e Preto Costa; Paulo Sérgio, Acleisson, Ademir Sopa, Athirson (Marcos Paulo) e Fabrício; Malaquias (Luiz Carlos e depois Henrique) e Kempes.
Técnico: Vadão.

América-MG
Flávio; Micão, Preto e Gabriel; Danilo, Dudu Pitbull, Leandro Ferreira, Luciano (Zé Rodolpho) e Marcos Vinicius (Ian); Thiago Silvy (Jandson) e Fábio Júnior.
Técnico: Mauro Fernandes.