Bahia 0 x 1 Duque de Caxias - Milagres acontecem!

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 04 (AFI) - Em um jogo onde era o franco favorito, o Bahia acabou decepcionando sua torcida, e de forma surpreendente, perdeu por 1 a 0 para o Duque de Caxias na noite desta sexta-feira, no Estádio do Pituaçu, em jogo válido pela sétima rodada da Série B.

Veja também:
B, o Bahia não teve dificuldades para impor seu ritmo de jogo e começou o Revelação? "Craque" do Santos acerta com time da Série C

Com o revés, o time baiano fica com 13 pontos, na terceira posição e vê a liderança da Série B ficar com o Paraná, que bateu a Portuguesa por 2 a 1. A equipe ainda poderá ser ultrapassada com os resultados de sábado, e conhece sua segunda derrota consecutiva. O Duque de Caxias, considerado a grande zebra por ter perdido seis dos seis jogos que jogou, conquistou seu primeiro triunfo na Série B, indo aos três pontos ganhos, mas ficando na zona de rebaixamento.

Presa fácil?
Enfrentando uma equipe que perdeu todas as partidas que disputou na Série duelo criando grandes oportunidades de gol. A primeira veio aos três minutos, quando Rogerinho desferiu forte chute em cobrança de falta e a bola passou raspando.acertou a cabeça de Nen, que testou firme para uma grande defesa de

Aos dez, nova cobrança de falta. Desta vez, Rogerinho preferiu cruzar e Vinícius. Quatro minutos depois, uma sequência de lances impressionantes deixou os torcedores boquiabertos no Pituaçu, e a bola parecia não querer entrar.para Vinícius, que espalmou. No rebote, Rodrigo Gral tentou a sorte, e o

Após bate e rebate na área, Rogerinho ficou com a sobra e chutou forte goleirão do Duque impediu o gol novamente, desta vez com os pés. Na terceira tentativa, Itacaré encheu o pé, mas a zaga cortou em cima da linha, para alívio do time carioca.isolado e totalmente fora da tendência da partida, conseguiu abrir o placar.

Surpresa!
Acuado em campo, o time carioca assistia ao Bahia jogar, mas em um lance Aos 29 minutos, Mancuso acertou um chutaço de três dedos em cobrança de falta pela esquerda, acertando o ângulo do goleiro Omar e calando o Pituaçu. Cinco minutos depois, o time da casa quase empatou em outra cobrança de falta, desta vez com Carlos Alberto, chutando a bola na rede, mas pelo lado de fora.a forte marcação e o alto número de faltas cometidas pelo Duque de Caxias

Errando muitos passes (33 só no primeiro tempo), o Bahia ainda sofria com - 13 infrações, e acabou indo para o vestiário com o revés no placar.

Pressão do Tricolor
Vendo a liderança da Série B escapar, o Bahia voltou do intervalo decidido a empatar o duelo. Assim como na primeira etapa, a equipe criou várias chances, mas a bola não entrava. As melhores oportunidades surgiram na metade do segundo tempo.

Aos 24 minutos, Aleilson, que entrou no lugar do lesionado Marcone, recebeu a bola pela esquerda e desferiu forte arremate, que carimbou a trave do gol carioca, levantando o bom público que compareceu ao Pituaçu. Dois minutos depois, Vinícius fez outra grande defesa em chute à queima-roupa de Cacá.

O time da casa ainda teve um gol anulado aos 32 minutos, e quatro minutos depois, teve suas chances de reação praticamente encerradas quando o volante Bruno Silva levou o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Sem forças para criar chances, a equipe de Salvador saiu de campo derrotada, ressuscitando o Duque de Caxias, que venceu a primeira.

Próximos jogos
As duas equipes só voltarão a campo após a Copa do Mundo, pela oitava rodada da Série B. No dia 13 de julho, o Duque de Caxias recebe a Portuguesa, às 19h30, no Engenhão. Na mesma data, o Bahia visita o Guaratinguetá, às 21h50, no Estádio Dario Rodrigues Leite.

Ficha Técnica

Bahia 0 x 1 Duque de Caxias

Local: Estádio do Pituaçu, em Salvador-BA(Aleilson), Rogerinho e Vander; Itacaré (Cacá) e Rodrigo Gral.
Técnico: Renato Gaúcho

Duque de Caxias
Vinicius; Marquinho, Edson, Fábio Braz e Marlon; Roberto Lopes,
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira-AL
Renda: R$ 263.600,00
Público: 13.770 pagantes
Cartões Amarelos: Bruno Silva, Avine e Vander (Bahia); Edson, Paulo Rodrigues, Vinícius, Mancuso e Caju (Duque de Caxias)
Cartão Vermelho: Bruno Silva (Bahia)
Gol: Mancuso, aos 29'/1T (Duque de Caxias)

Bahia
Omar; Carlos Alberto (Abedi), Nen, Vágner e Ávine; Bruno Silva, Marcone Thiaguinho (Jougle), Paulo Rodrigues, Mancuso (Caju) e Leandro Chaves (Vander); Léo Guerreiro.
Técnico: Caio Espinoza (interino)