Santo André 3 x 4 Portuguesa - Lusa dança o vira no ABC

por Agência Futebol Interior

Santo André, SP, 24 (AFI) - A Portuguesa venceu o Santo André, por 4 a 3, de virada, na noite desta terça-feira, no estádio Bruno José Daniel, em Santo André, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e impediu que o adversário conquistasse sua primeira vitória dentro de casa.

Leia mais:
Sport 1 x 2 Icasa - Verdão faz a festa na Ilha do Retiro

Com o triunfo a Lusa subiu para a sexta posição, com sete pontos. Já o Ramalhão foi para a terceira partida sem vitória e caiu para 15º, com quatro pontos, ficando próximo da zona de rebaixamento.

Que começo!
Buscando sua primeira vitória no Bruno José Daniel, o Santo André veio para cima da Lusa. E logo, aos dez minutos abriu o marcador com um golaço. Depois de bate-rebate dentro da grande área, a bola encobriu o zagueiro Preto Costa e sobrou para Borebi, que de bicicleta mandou para o fundo das redes, em grande estilo.

Só que a Lusa não quis deixar barato e dois minutos depois igualou o marcador. Pelo lado direito, o meia Athirson fez boa jogada, foi à linha de fundo e cruzou para trás. O atacante Kempes veio de trás e acertou um lindo chute de primeira para empatar.

O jogo era franco, os dois times buscavam o ataque a qualquer custo e deixavam espaço nos contra ataques. Com o campo escorregadio, os goleiros Julio Cesar do Santo André e Andrei, da Portuguesa, tinham que se virar para tentar impedir os gols de fora da área.

Reação relâmpago
Em um destes chutes de fora da área, o goleiro da Portuguesa, Andrei, não conseguiu segurar o chute Borebi e a bola sobrou nos pés do atacante Anderson Gomes, que tocou com tranquilidade no canto direito do goleiro para recolocar o Ramalhão na frente, aos 25 minutos.

Só que a alegria do vice-campeão paulista durou pouco. Três minutos depois, o atacante Kempes igualou o placar para a Lusa novamente. Heverton enfiou bola para a velocidade de Fabrício, que cruzou para o atacante completar, de novo, para os fundo do gol.

Depois deste começo quente, o jogo esfriou depois dos 30 minutos. As jogadas de bola parada passaram a ser o caminho mais utilizado pelas equipes para tentar voltar a ficar à frente do placar.

A 1000 por hora
A Portuguesa voltou para o segundo tempo, com o dedo na tomada e em menos de dez minutos conseguiu marcar dois gols. Aos três minutos, Primeiro, Athirson limpou o zagueiro Halisson, dentro da área, mas foi derruba por um carrinho. Pênalti. Na cobrança, Heverton colocou no canto esquerdo de Julio Cesar e deixou a Lusa pela primeira vez na frente do marcador.

Quatro minutos depois, a Portuguesa ampliou o placar, novamente com Heverton. O jogador recebeu cruzamento de Fabrício e acertou a trave, na primeira vez, mas o goleiro Julio Cesar se enrolou com a bola e acabou a deixando nos pés do meia, que desta vez não perdoou, ampliando o placar.

Quando parecia que a partida estaria definida, o Santo André diminuiu a diferença. Aos onze minutos, a defesa da Lusa não conseguiu afastar o perigo e a bola sobrou para Borebi, que encheu o pé colocando no fundo das redes.

Passou muito perto
Depois de diminuir o marcador, quase o Ramalhão empata, novamente com Borebi. O atacante não conseguiu aproveitar cruzamento de Xuxa após contra ataque do time do ABC. Quem também perdeu grande chance foi Kempes, o centroavante deu um peixinho e exigiu grande defesa de Julio Cesar.

Ainda no final da partida, o Ramalhão perdeu grande chance de empatar a partida. O atacante Borebi recebeu livre na área e chutou forte, mas a bola desviou na zaga e passou muito perto do poste direito do goleiro Andrei.

Próximos jogos
O Santo André volta a campo, no sábado, às 16h10, contra o Guaratinguetá, fora de casa. Já Portuguesa volta a campo na próxima sexta-feira, às 21 horas, contra o Bragantino, no estádio do Canindé.

Ficha técnica

Santo André 3 x 4 Portuguesa

Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André-SP
Público: 964 pagantes
Renda: R$ 12.410,00
Árbitro: Cleber Wellington Abade-SP
Cartões amarelos: Marcelinho e Halisson (Santo André); Preto Costa, Heverton (Portuguesa)
Gols: Borebi, aos 10’/1T e 11’/2T; Anderson Gomes, aos 20’/1T (Santo André); Kempes, aos 13’/1T e 28’/1T, Heverton, aos 2’/2T e 7’/2T (Portuguesa)

Santo André
Julio Cesar; Cicinho, Halisson, Vitor (Altair) e Andrezinho; Marcelinho, Gil, Denílson (Pio) e Xuxa (Richely); Borebi e Anderson Gomes
Técnico: Sergio Soares

Portuguesa
Andrei; Maurício, Thiago Gomes e Pedro Costa; Paulo Cesar, Acleisson, Ademir Sopa, Athirson (Marcos Paulo) e Fabrício; Heverton (Malaquias) e Kempes (Henrique)
Técnico: Vadão