Figueirense 3 x 1 Campinense -Ídolo brilha e Figueira dorme no G4

por Agência Futebol Interior

sexta-feira, em Florianópolis, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e voltou a ocupar uma posição no G4. Com 57 pontos, o Florianópolis, SC, 6 (AFI) - Com dois gols e uma assistência do meia Fernandes, o Figueirense bateu o Campinense, por 3 a 1, nesta clube catarinense é o quarto colocado ao lado da Portuguesa, mas com uma vitória a mais (18 a 17). O Atlético-GO enfrenta o Guarani neste sábado e pode voltar ao G4.

Veja também:
Série B: Figueirense volta ao G4 e nordestinos se complicam

O Campinense, por sua vez, segue cada vez mais perto de voltar à Série C. A derrota deixou o time paraibano na penúltima colocação da Série B, com 33 pontos. O clube precisa agora vencer os quatro jogos restantes para se manter na Segundona.

Gol no início dá tranquilidadee não demorou para tirar o grito de gol da garganta da torcida. Aos quatro minutos, Anderson Luís fez boa jogada pela direita e
Precisando vencer para retornar ao G4 ao menos até o próximo sábado, o Figueirense sufocou o Campinense assim que a bola rolou cruzou para a área. No rebote da zaga, o meia Fernandes bateu de perna esquerda da entrada da área e fez o primeiro dos catarinenses.

O gol no começo do jogo era tudo o que o Figueirense queria. Bem postado na defesa, os donos da casa não davam chance ao Campinense, que praticamente não ameaçava o gol de Wilson. Mas na primeira oportunidade de gol, o time paraibano por pouco não empatou aos 17 minutos. Após cruzamento da direita, Giuliano bateu de primeira e mandou por cima do gol do Figueira.

Atacante complica a Raposapequena pressão, mas sem ameaçar o gol de Wilson. A situação ficou ainda mais complicada para a Raposa aos 23 minutos,
Sabendo que a derrota o deixava muito perto do rebaixamento, o Campinense se mandou ao ataque e chegou a exercer uma quando Fábio Júnior recebeu o cartão vermelho por reclamação.

Se o time catarinense já era superior, com a expulsão de Fábio Júnior o jogo tornou-se de um time só e o Figueirense perdeu várias chances de marcar. Aos 31, Rafael Coelho recebeu passe de Fernandes e ficou na cara do goleiro Fabiano. Mas bateu fraco e permitiu a defesa do goleiro do Campinense. No minuto seguinte, Roberto Brum quase fez um gol antológico. O volante percebeu o goleiro adiantado e chutou do meio-campo, mas a bola explodiu no travessão e levou a torcida ao delírio.

Fácil, fácil!mais ofensivo. A mudança deu certo e o time catarinense ampliou logo aos quatro minutos. Egídio bateu cruzado da esquerda e
No intervalo, o técnico Márcio Araújo trocou o ala-direito Anderson Luís pelo atacante Schwenck, deixando o Figueirense ainda Fernandes só desviou para o fundo do gol vazio.

O alvinegro era dono do jogo e seis minutos depois fez mais um. Fernandes deu um belo passe açucarado para o atacante Rafael Coelho, que encheu o pé para marcar o terceiro do time catarinense. O gol deixou o atacante isolado na artilharia da Série B, com 16 gols. O Campinense estava completamente perdido em campo e não conseguia chegar ao gol de Wilson.

Depois só deu Figueirense e o clube perdeu várias chances de deixar a goleada ainda maior. Aos 26, Rafael Coelho arriscou de fora da área, a bola desviou em Buick e quase enganou o goleiro Fabiano, mas se perdeu em escanteio. Dois minutos depois, Rafael Coelho escorou cruzamento de Schwenck para Fernandes e o meia bateu para defesa do goleiro paraibano.

O Campinense descontou aos 36 minutos. Marcelinho Henrique fez jogada individual, driblou três marcadores e bateu na saída do goleiro.

Próximos jogos
21h50, em Natal, enquanto o Campinense joga contra o Vasco, às 21 horas, em Campina Grande.Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, na rodada completa da Série B. O Figueirense enfrenta o América-RN, às

Ficha Técnica

Figueirense 3 x 1 Campinense

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC
Público: 8.298 pagantes
Renda:
R$ 36.400,00 Árbitro: Sandro Meira Ricci-DF
Cartões amarelos: Neto maranhão (Campinense); João Filipe, Paulinho e Rafael Coelho (Figueirense)
Cartão vermelho: Fábio Júnior (Campinense)
Gols: Fernandes, aos 4'/1T e 4'/2T, Rafael Coelho, aos 10'/2T (Figueirense); Marcelinho Henrique, aos 36'/2T (Campinense)

Figueirense
Coelho.
Técnico: Márcio Araújo.Wilson; Toninho, João Filipe (Alê) e Edson; Anderson Luis (Schwenk), Paulinho, Roberto Brum, Fernandes e Egídio; Maicon e Rafael

Campinense
Giuliano (Marcelinho Henrique); Edmundo e Fábio Júnior.
Técnico: Freitas Nascimento.Fabiano; Fábio Santana, Leandro Camilo, Kléber e Marquinhos (Thompson); Neto Maranhão (Buick), Daniel, Márcio Paraíba e