Juventude 3 x 1 Ponte Preta - Assim, vai brigar é contra a degola

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, RS, 02 (AFI) - A Ponte Preta voltou a fracassar fora de casa e viu suas chances de acesso do Campeonato Brasileiro da Série B ficarem quase nulas. Aproveitando-se as falhas defensivas adversárias, o Juventude venceu o time alvinegro, por 3 a 1, na noite desta sexta-feira, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, na abertura da 28.ª rodada.Com este resultado, o time gaúcho se afasta da zona de rebaixamento e assume o 14.º lugar, com 34 pontos. Além disso, acaba com um jejum de

mais de cinco anos sem vencer o rival. Isso não ocorrie desde 29 de maio de 2004, pelo Campeonato Brasileiro, o Alviverde venceu por 1 a 0. Desde então, foram sete encontros, com seis vitórias pontepretanas e apenas um empate. Por outro lado, a Macaca ocupa a oitava posição, 39 pontos, e começa a ficar mais próxima do rebaixamento do que do acesso. O clube segue com sua sina de não conseguir vencer longe de Campinas. Quando encarar o Campinense, em Campina Grande, pela 30ª rodada, completará 115 dias sem ganhar fora do Majestoso.



Jogo desastroso até os 40!começo até bom, o time campineiro caiu de produção a partir dos 15 minutos e viu o Juventude tomar conta do jogo. Grande destaque dos gaúchos,
Mesmo atuando contra um time limitado tecnicamente, a Ponte Preta mostrou em campo que vive sua pior fase dentro da Série B. Após um o meia Zezinho pintou e bordou em cima do lateral Vicente e do volante Pirão.edendo espaços na defesa e apática do meio para frente, a equipe paulista acabou castigada aos 20 minutos. Após cobrança de escanteio, o

Czagueiro Irineu pegou a sobra na meia-lua e levantou na área. A zaga alvinegra fez a famosa linha burra e o atacante Mendes ficou livre, na área. Ele teve tempo para matar no peito e bater de virada, para vencer o goleiro Gilson.

A Macaca sentiu bastante o gol e sete minutos depois acabou sofrendo o segundo gol. Zezinho fez grande jogada individual na ponta direita, invadiu a área e bateu cruzado. O zagueiro Dezinho acertou o braço na bola e o árbitro mineiro Alicio Pena Junior deu pênalti. Na cobrança, Mendes, com direito a paradinha, deslocou o arqueiro.Após o segundo gol, o cenário ficou o pior possível para os visitantes. Perdido, técnico Márcio Bittencourt sacou Vicente para a entrada do atacante

Finazzi. Completo sinal de desespero. Os gaúchos tiveram duas boas chances de marcar, mas quem balançou as redes foi a Ponte. Aos 40, o atacante Danilo Neco tabelou com Finazzi, invadiu a área pela direita e bateu cruzado.

Melhora teve validade!empate. Finazzi recebeu na área e ajeitou de peito para Márcio Mixirica. O camisa 9 chegou chutando e manda rente à trave direita de Juninho. Aos
Depois de um primeiro irreconhecível, a Ponte voltou com uma nova postura na segunda etapa. Logo aos seis minutos, o time quase chegou ao 16, Mexerica perdeu outra chance incrível. Danilo Neco cruzou da esquerda e cabeceou para fora.Os sustos acordaram o Juventude, que criou duas excelentes oportunidades em sequência. Aos 15, Zezinho tentou encobrir Gilson e carimbou o

travessão. Quatro minutos depois, Gustavo recebeu na cara do gol e conseguiu chutar para fora, após vacilo adversário. Com as duas equipes com propostas ofensivas, o jogo ficou aberto.

Aos 24 minutos, entretanto, o Alviverde aproveitou outra falha defensiva da Macaca para jogar um balde de água fria em qualquer chance de reação. O meia Ivo cobrou escanteio da direita e o zagueiro Irineu subiu sozinho, na área, para desviar de cabeça no canto direito de Gilson. No lance, Dezinho ficou pregado no chão. Após isso, os gaúchos administraram e a Ponte ainda teve Edílson e Pirão expulsos.Próximos Jogos
No próximo dia 10 de outubro (sábado), o Juventude volta a campo para enfrentar o Campinense, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Enquanto isso, a Ponte Preta joga contra o Vasco, no mesmo dia, às 16h10, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Ficha Técnica

Juventude 3 x 1 Ponte PretaLocal: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul – RS
Árbitro: Alicio Pena Junior - MG
Público: 4.218 total
Renda: R$ 16.000,00
Cartões Amarelos: Bruno Teles e Lauro (Juventude); Dezinho, Deda, Pirão e Edílson (Ponte Preta)
Cartões Vermelhos: Edílson e Pirão (Ponte Preta)
Gols: Mendes aos 20'/1T e aos 27'/1T e Irineu aos 24'/2T (Juventude); Danilo Neco aos 40'/1T (Ponte Preta)



Juventude
Ponte Preta
Gilson; Edilson, Marrom, Dezinho e Vicente (Finazzi); Deda, Pirão, Danilo Portugal e Nenê (Evando); Márcio Mexerica e Danilo Neco (Fabiano Juninho; Douglas, Irineu e Bruno Teles; Bruno, Walker, Tiago Renz (Gustavo), Zezinho e Ivo (Luiz Felipe); Marcos Denner e Mendes (Lauro).
Técnico: Ivo Wortmann.

Gadelha).
Técnico: Márcio Bittencourt.