Ipatinga 2 x 1 ABC - Tigre breca a reação do alvinegro

por Agência Futebol Interior

Ipatinga, MG, 2 (AFI) - Num jogo dramático, o Ipatinga venceu o ABC, por 2 a 1, na noite desta sexta-feira, no Vale do Aço, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e brecou a reação do time potiguar, que vinha de duas vitórias seguidas e possui um dos melhor aproveitamentos no segundo turno. O Tigre teve dois jogadores expulsos e teve que se segurar para vencer.

Veja também:
Pizza! Árbitro que validou gol de mão na Série B é absolvido

A vitória levou o Ipatinga aos 39 pontos, na nona colocação, praticamente livre de qualquer ameaça de rebaixamento. O ABC, pelo contrário, segue com 31 pontos, na 16ª colocação, e pode voltar para a zona do rebaixamento dependendo dos resultados deste sábado.

ABC aposta no contra-ataque
O Ipatinga começou pressionando e quase abriu o placar logo no primeiro minuto, num bate e rebate dentro da área do ABC que a zaga potiguar afastou. Fechado em seu campo de defesa, o time visitante veio com a proposta de recuar para tentar sair no contra-golpe em velocidade. O Ipatinga tinha dificuldades em penetrar na bem armada defesa potiguar e tocava a bola com pouca objetividade.

O primeiro chute a gol foi do Tigre, aos 13 minutos, quando o veterano Marcelo Ramos recebeu de fora da área, ajeitou e mandou para defesa tranquila de Thiago Cardoso. Três minutos depois o goleiro abcdista voltou a trabalhar. O meia Leandro Brasília avançou e finalizou de longe, obrigando o goleiro do ABC a mandar para escanteio.

Tigre sai na frente
O alvinegro deu o troco e chegou com perigo aos 17. Ricardinho tocou para Alexandre Oliveira, e o veterano meia chutou em cima do goleiro João Carlos, de dentro da área, perdendo grande chance de marcar. O Tigre tinha maior posse de bola e tomava a iniciativa do jogo, mas o ABC assustava nos contra-ataques.

Num deles, por pouco o time de Natal não inaugurou o marcador. Selmir puxou contra-ataque, invadiu a área pela esquerda e chutou forte, no travessão. Mas quem balançou as redes foi o Ipatinga. Marinho Donizete fez grande jogada individual pela esquerda e cruzou na medida para Alex Silva, que deslocou Thiago Cardoso e mandou para as redes, de cabeça.

No minuto seguinte, o volante Fernando Miguel cometeu falta violenta em Selmir e foi expulso direto pelo árbitro Wagner Reway, deixando o Tigre com dez homens em campo.

Alvinegro volta ofensivo!
Aproveitando a vantagem numérica, o técnico Flávio Lopes fez duas alterações no intervalo, colocando João Paulo e Bosco nos lugares de Fabiano e Alexandre Oliveira, deixando a equipe no 4-3-3. Aos quatro minutos o ABC quase virou o placar. Zé Eduardo invadiu a área, passou pela marcação e tocou para Selmir mandar para fora e perder a chance.

As mudanças do técnico abcdista surtiram efeito e o time potiguar cresceu de produção, acuando o Ipatinga, que agora passava a jogar nos contra-ataques. Aos 13 minutos, Bosco arriscou de fora da área e João Carlos fez boa defesa. No reboter, a zaga chegou antes de João Paulo e afastou.

O ABC criava boas chances para empatar, mas falhava no último passe antes da finalização. Já o Ipatinga, bem postado, tentava segurar a bola esperando o tempo passar. Aos 33 minutos, Max também foi expulso e deixou o Ipatinga com nove em campo. Assim, o time mineiro teve que se segurar e deixou o final de jogo dramático.

Tigre mata!
No contra-ataque, o clube fez o segundo e matou o jogo, aos 40 minutos. Diego Silva fez boa jogada individual e acertou a trave de Thiago Cardoso. No rebote, Evandro, que acabara de entrar, mandou para o gol. Nos acréscimos, Gaúcho soltou uma bomba em cobrança de falta e descontou para o ABC.

Próximos jogos
Pela 29ª rodada, o Ipatinga volta a campo na próxima sexta-feira, quando enfrenta o Duque de Caxias, às 21 horas, fora de casa. O ABC, por sua vez, joga contra o Ceará, no mesmo dia e horário, em Natal.

Ficha Técnica

Ipatinga 2 x 1 ABC

Local: Estádio Ipatingão, em Ipatinga-MG
Árbitro: Wagner Reway-MT
Cartões amarelos: Leandro Brasília, Diego Silva, Max Carrasco, Evandro (Ipatinga); Fabiano, Rafael Pedro, Marquinhos Mossoró, Augusto Recife e Zé Eduardo (ABC)
Cartões vermelhos: Fernando Miguel e Max (Ipatinga)
Gols: Alex Silva, aos 40'/1T e Evandro, aos 40'/2T (Ipatinga); Gaúcho, aos 50'/2T (ABC)

Ipatinga
João Carlos; Alex Silva, Alessandro Lopes, Léo Oliveira e Marinho Donizete (Evandro); Fernando Miguel, Max Carrasco, Leandro Brasília e Francismar (Reina); Diego Silva e Marcelo Ramos (Max).
Técnico: Emerson Ávila.

ABC
Thiago Cardoso; Rafael Pedro, Gaúcho e Fabiano (João Paulo); Marquinhos Mossoró, Augusto Recife, Alexandre Oliveira (Bosco), Ricardinho (Zé Eduardo) e Bruno Barros; Selmir e Júnior Negão.
Técnico: Flávio Lopes