Guarani x Ponte Preta - Saudade da elite no dérbi 185!

por Agência Futebol Interior

Sem perder há um ano e seis meses para a rival, o Guarani tenta se reabilitar da derrota para o líder Vasco da Gama, por 1 a 0. Apesar do resultado negativo, o time da casa se manteve na segunda colocação, com 46 pontos.

Campinas, SP, 25 (AFI) – Longe da elite desde 2004, o Guarani, assim como a Ponte Preta, distante da Série A desde 2006, se enfrentam no maior dérbi do interior paulista com apenas uma meta em mente: o acesso. O clássico que pode ajudar um dos clubes na luta pela volta à elite será neste sábado, às 16h10, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Veja ainda:
Clássicos encerram rodada da Série B em grande estilo

A invencibilidade alviverde é de dois jogos. Neste ano, Guarani e Ponte empataram, por 2 a 2, no Paulistão, já no primeiro turno da Série B, o Bugre venceu no Majestoso, por 1 a 0.“Espero que esse retrospecto possa continuar dessa forma. Mas sabemos que este é um jogo diferente e que vai parar a cidade. O fator emocional pode ter muita influência”, comentou o técnico do Guarani, que não inclui o dérbi em sua minimetas.



Enquanto isso, a Ponte Preta, derrotada pelo São Caetano, por 3 a 1, estacionou nos 36 pontos, sete a menos que o G4. Mas a Alvinegra também carrega um tabu contra o rival. A PontNúmeros!
Os rivais jogam desde 1912. Nestes 97 anos de histórias foram 184 confrontos com 64 vitórias bugrinas, 61 empates e 58 triunfos da Macaca, além de um resultado desconhecido.

e não perde na casa do adversário, desde o início de fevereiro de 2001. São quatro empates e duas vitórias da Ponte.

Experiência x Ilusionismo!"Não vai ter surpresa. Não adianta fazer suspense, no que será óbvio”, disse o técnico do Guarani.


Antes do dérbi, os técnicos já divergiram em pelo menos uma questão: a escalação. Enquanto o experiente Vadão divulgou os 11 titulares, o ilusionista Márcio Bittencourt manteve o mistério.

Sem mistério!Mais grana!
O Guarani anunciou dois patrocinadores para a sequência da Série B. Já a partir do dérbi deste sábado contra a Ponte Preta, estampará em seu uniforme as marcas das empresas Idealax e Cabrino.


No Guarani, os volantes Glauber e Luciano Santos, lesionados, e o zagueiro Márcio Alemão, expulso na rodada passada, são os desfalques. O zagueiro Dão e os volantes Nunes e Léo Mineiro devem ser titulares de Vadão.

“São duas empresas cujos diretores já têm ligações com o Guarani e estão dando suas contribuições neste final de campeonato. Depois, estaremos estudando uma possível renovação para o ano que vem”, declarou o presidente Leonel Martins de Oliveira.Vai resolver?
O técnico Márcio Bittencourt manteve o mistério no meio-campo. O volante Tinga e o Fabiano Gadelha disputam a vaga, que antes era ocupada de forma improvisada pelo lateral Eduardo Arroz, hoje lesionado. Existe também uma possibilidade mais remota de o atacante Evando atuar pelo setor ao lado de Nenê.



No ataque, embora o treinador alvinegro não tenha revelado os Em compensação, o treinador não poderá contar com o volante Guilherme, que sofreu uma entorse no tornozelo. O jogador, entretanto, dificilmente seria titular no clássico.

titulares é quase certa a volta de Márcio Mexerica, que formará dupla com Danilo Neco (foto). O recém-contratado Finazzi, que já está regularizado, fica como opção do banco.

"Eles (Guarani) estão em um momento bem melhor. Mas é jogo atípico, com rivalidade grande e fica tudo igual na partida”, disse o meia Nenê.Dérbi da Paz!
Dando continuidade ao Projeto Dérbi da Paz, as diretorias de Guarani e Ponte Preta, além da Secretaria de Esportes e Lazer de Campinas preparam diversas ações para o clássico deste sábado, no Estádio Brinco de Ouro. A principal delas é a "aposta do bem" entre o atacante bugrino Nei Paraíba e o volante pontepretano Deda.



“O clima de paz e solidariedade foram marcas da partida anterior. Precisamos com a ajuda de toda a torcida repetir o projeto, para além de um momento de diversão, promover a solidariedade”, afirmou o secretário de Esportes e Lazer Gustavo Petta.Assim como aconteceu no jogo do primeiro turno, a aposta será repetida. No dérbi do primeiro turno, Deda e Nei Paraíba formalizaram a aposta que determinava para quem perder a partida doar 30 cestas básicas a instituições da cidade.



Com a derrota da Macaca no jogo anterior (1 x 0), Deda fez a doação e desafiou Nei Paraíba a dobrar o número de cestas para esse jogo. O atacante do Bugre aceitou de imediato. Portanto, quem perder a aposta, dessa vez, irá doar 60 kits. O material será encaminhado ao Banco de Alimentos Municipal.Som de qualidade!
A Rádio Futebol Interior estará no Brinco de Ouro da Princesa para acompanhar todos os detalhes de mais um eletrizante dérbi. Não deixe de prestigiar Luciano Luiz e a trupe da Rádio FI!



Ficha Técnica

Guarani x Ponte Preta

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas – SPGuarani
Douglas; Maranhão, Dão, Bruno Aguiar e Eduardo; Cléber Goiano, Nunes, Léo Mineiro e Walter Minhoca; Fabinho e Ricardo Xavier.
Técnico: Vadão.


Data: 25/09/2009 (sábado)
Horário: 16h10
Árbitro: Wilson Luiz Seneme – SP (FIFA)

Ponte Preta
Giovanni; Edilson, Jean, Dezinho e Vicente; Deda, Pirão, Tinga (Fabiano Gadelha) e Nenê; Danilo Neco e Márcio Mexerica.
Técnico: Márcio Bittencourt.