ABC 1 x 0 América-RN - Vitória no clássico e adeus à lanterna

por Agência Futebol Interior

Natal, RN, 26 (AFI) – O ABC venceu o rival América-RN, por 1 a 0, no clássico potiguar, neste sábado à noite, no Estádio Frasqueirão, pelo encerramento da 26.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. No segundo tempo, o América voltou sem o volante Ricardo Oliveira, machucado, e substituído por Éverton César. O ritmo de jogo diminuiu bastante, com os rivais preferindo a marcação ao invés de buscar a vitória.

O gol sairia somente numa jogada individual. E coube ao lateral-esquerdo Sandro este privilégio. Aos 21 minutos, ele pegou a bola na intermediária, passou no meio de três adversários. Na linha da grande área, Sandro chutou cruzado e marcou o gol da vitória.

Aos 28 minutos, Somália cometeu falta por trás em cima de Sandro e acabou expulso, deixando o América com um jogador a menos. E também diminuiu a chance do time buscar, pelo menos, o empate.

Mais chances
O jogo ficou nas mãos do ABC, que cirou outras chances para ampliar. Aos 34 minutos, Júnior Negão fez um passe de bandeja para Ricardinho que bateu alto, mas o goleiro Weverton espalmou.

Na pressão e no nervosismo, o zagueiro Jakcson e o atacante Selmir trocaram empurrões dentro da área e acabaram expulsos. Aos 43 minutos, Júnior Negão quase ampliou. Ele recebeu belo passe de João Paulo e só não marcou porque o goleiro Werveton saiu em seus pés.

Próximos jogos
Toda a 27.ª rodada será disputada na terça-feira. O ABC vai receber, de novo no Frasqueirão, o Atlético-GO, que briga pelo acesso. O América vai até Campinas pegar a Ponte Preta, que perdeu o dérbi para o rival Guarani, por 2 a 1.

Ficha Técnica

ABC 1 x 0 América-RN


Local: Estádio Frasqueirão, em Natal-RN
Renda: R$ 144.680,00
Público: 10.150 pagantes (mais 3.387 não pagantes - 13.537 total)
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho – SP (FIFA) Selmir (ABC)
Gol: Sandro, aos 21'/2T.

Cartões amarelos: Juninho, Lúcio e Somália (América). Gaúcho e Augusto Recife (ABC)
Cartões vermelhos: Somália e Jackson (America).
ABC
Thiago Cardoso; Audálio, Gaúcho e Fabiano; Bosco, Augusto Recife, Alexandre Oliveira, Gedeon (Selmir) e Sandro (Marquinhos Mossoró); Ricardinho (João Paulo) e Júnior Negão.
Técnico: Flávio Lopes.

América-RN
Weverton; Leandro Silva, Júlio Terceiro e Edson Rocha; Thoni, Somália, Ricardo Oliveira (Éverton César), Juninho (Lenilson) e Jackson; Lúcio e Max (Helinho).
Técnico: Artur Neto.

A vitória livrou o ABC da lanterna, deixada para o Fortaleza, porque agora soma 28 pontos, exatamente como o América. Ambos, porém, continuam na zona do rebaixamento. O time americano fica em 17.º lugar, uma posição na frente do ABC, que leva desvantagem no saldo de gols: -18 a -14.

Este jogo tem ainda um significado histórico, porque deixa o ABC com 160 vitórias, duas a mais do que o América no maior clássico potiguar. Já foram registrados 146 empates. Além disso, o ABC quebrou um jejum de 14 jogos sem vitória sobre o rival, conseguindo se reabilitar da derrota para o Vila Nova, por 1 a 0, em Goiânia. O time americano não pode esquecer a derrota para o Duque de Caxias, também por 1 a 0.

América manda no travessão
O estreante técnico Artur Neto surpreendeu ao colocar o América avançado no início de jogo. Tanto que ainda antes do minuto inicial, seu time quase abriu o placar. Depois do cruzamento da direita, Max não alcançou, mas Juninho cabeceou firme e a bola explodiu no travessão. Alguns minutos depois, Lúcio recebeu de Max e chutou em cima do goleiro Thiago Cardoso.

Pressionado, o técnico Flávio Lopes mexeu no ABC aos 13 minutos. Tirou Gedeon para a entrada do experiente Selmir. O time melhorou, equilibrando as ações no meio-campo e criando duas boas chances de gols, em chutes cruzados de Lúcio e Ricardinho.

Gol em jogada individual