Portuguesa 2 x 1 América-RN - Vitória suada e volta ao G4

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 25 (AFI) – A Portuguesa está de volta ao G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe paulista venceu o América-RN por 2 a 1, neste sábado, no Canindé, e se recuperou da derrota para o Ceará, na última rodada. A partida foi válida pela 13ª rodada e marcou a terceira vitória consecutiva da Lusa como mandante.

Confira ainda:
Série B: Portuguesa assume vice-liderança e Ponte deixa o G4

Agora, o time de Paulo Bonamigo tem 24 pontos e assumiu a terceira colocação, desbancando Ponte Preta e Ceará. O líder ainda é o Guarani, que, após o empate contra o ABC, chegou aos 28 pontos, seguido do Atlético-GO, que venceu o Brasiliense e chegou aos 26 pontos. O América-RN acumulou a terceira derrota consecutiva e despencou para o 12º lugar na tabela, com 18 pontos.

A derrota também pode causar mudança no comando técnico do Mecão. O técnico Guilherme Macuglia se reuniu com a diretoria na última segunda-feira e sacramentou sua permanência. Agora, com mais uma derrota, o time se aproximou da zona de rebaixamento e o presidente José Rocha pode mudar de ideia.
Lusa se dá melhor
Paulo Bonamigo surpreendeu na escalação ao barrar o atacante Edno, que reclamou de dores nos joelhos e começou a partida do banco de reservas. Sem ele, o time perdeu em qualidade técnica e se mostrou confuso nos primeiros minutos.
A confusão da Portuguesa fez com que o América-RN tivesse boas oportunidades para marcar. O time potiguar, tímido e com poucos jogadores de características ofensivas, sequer finalizou a gol, mas trocou passes perigosos e, ao menos, deixou a retaguarda lusitana atenta.
A primeira chance da partida aconteceu somente aos 17 minutos, em lance que resultou no gol da Portuguesa. Marco Antônio cobrou escanteio pelo lado esquerdo do ataque. Thiago Gomes subiu mais alto que todos e testou para o chão, sem chance para Rodolfo.
O gol animou a Lusa, que quase ampliou aos 19. Após bonita triangulação entre Héverton, Marco Antônio e Christian, Anderson Paim recebeu dentro da área e finalizou por cima do travessão. O América-RN respondeu aos 21 minutos, em chute de fora da área de Fábio Neves que Vítor defendeu bem.
Após isso, a partida teve uma brusca queda, com os times errando mais do que acertando. A Lusa voltou a marcar aos 34 minutos, com o zagueiro Bruno Rodrigo, mas o lance foi anulado pela arbitragem, graças ao impedimento do defensor.
Faltou qualidade
A Portuguesa voltou com tudo para o segundo tempo. Logo aos seis minutos, Tatá recebeu lançamento pela direita, passou pelo marcador e cruzou na pequena área. Sem marcação, Héverton tocou de cabeça no canto direito e venceu Rodolfo, que nada pôde fazer.
O time paulista teve a chance de matar a partida logo no minuto seguinte, quando Thiago Gomes arriscou chute da entrada da área e forçou Rodolfo a excelente defesa, espalmando para escanteio. O castigo por não ter aproveitado a oportunidade não tardou.
Aos 13 minutos, Vítor saiu jogando errado e deu o primeiro gol do América-RN de bandeja. Lúcio recebeu dentro da área e, cara a cara com o goleiro, tocou com categoria no canto esquerdo, para marcar o terceiro gol da partida. Com o gol, o Mecão passou a pressionar mais a defesa lusitana.
Mas a pressão ficou apenas na base da vontade. Macuglia tentou mexer na estrutura da equipe e apostou em jogadores de meio-campo e ataque. A defesa da Portuguesa manteve-se bem postada e garantiu o resultado, apesar da displicência do ataque em diversos lances.
Próximos Jogos
Os dois times jogam em casa pela 14ª rodada da Série B, que terá os dez jogos na próxima terça-feira. A Portuguesa joga contra o Guarani, no Canindé, em São Paulo, a partir das 21 horas. Já o América-RN recebe o Bragantino, às 21h50, no Machadão, em Natal.
Ficha Técnica
Portuguesa 2 x 1 América-RN
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo-SP
Público: 1.855 pagantes
Renda: R$ 29.215,00
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá-RJ
Cartões Amarelos: Héverton (Portuguesa); Heverton, Edson Rocha, Everton Cézar e Leandro (América-RN)
Gols: Thiago Gomes aos 18’/1T e Héverton aos 6’/2T (Portuguesa); Lúcio aos 13’/2T (América-RN)
Portuguesa
Vítor; César Prates, Bruno Rodrigo, Thiago Gomes e Anderson Paim; Erick, Acleisson, Marco Antônio (Preto) e Héverton; Tatá e Christian (Edno).
Técnico: Paulo Bonamigo.
América-RN
Rodolfo; Leandro, Heverton (Ramirez) e Edson Rocha; Thoni, Ricardo Oliveira, Everton Cézar, Fábio Neves (Guaru) e Tita; Lúcio e Max (Helinho).
Técnico: Guilherme Macuglia.