Fortaleza 1 x 2 Bragantino - Enfim, a 1ª vitória fora de casa

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 21 (AFI) – O Bragantino venceu o Fortaleza por 2 a 1, nesta noite de terça-feira, no estádio Castelão, na capital cearense, e conquistou sua primeira vitória fora de casa na Série B do Campeonato Brasileiro. O Massa Bruta deu passo importante rumo a aproximação do G4, com os gols de Kadu e Pedro Henrique. Com o resultado o “Massa Bruta” chegou aos 19 pontos e assumiu a 11 colocação. O Fortaleza é o 14º, com 14 pontos.

Surpresa na escalação
O técnico Marcelo Veiga tentou surpreender o treinador adversário, já que colocou em campo um time mais ofensivo do que o esperado. Ao invés de entrar com três volantes, colocou dois e um autêntico meia de ligação, Sandro Costa.

Mas foi o Fortaleza que, logo aos três minutos, abriu o marcador. Luiz Carlos começou a jogada pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou. O atacante Marcelo Nicácio entrou no meio de dois zagueiros e, de cabeça, colocou a bola no canto esquerdo de Gilvan fazendo 1 a 0 Fortaleza.

Bem armado taticamente, o Massa Bruta não sentiu o gol e aos poucos foi chegando, tanto que empatou. Aos 16 minutos, Sandro Costa bateu escanteio no meio da área. A bola desviou no zagueiro Amarildo e sobrou limpa para Kadu no segundo pau. O zagueiro só teve o trabalho de desviar e ver a bola bater na trave antes de entrar e empatar a partida.

Aos 27, em jogada parecida, o Braga quase virou. Novamente Sandro Costa bateu escanteio e Kadu, no segundo pau, e agora de cabeça, tocou na bola sem marcação. Para sorte de Alexandre Favaro, que saiu mal na jogada, a bola subiu muito e foi para fora.

Mas o Fortaleza respondeu em dois lances muito perigosos e iguais ao do gol. Aos 27 e aos 30 minutos, Jaílson desceu pela esquerda e cruzou. Na primeira jogada, Marcelo Nicácio jogou por cima do gol. Na segunda, ninguém apareceu para tocar na bola que cruzou toda a extensão da pequena área. Com isso o primeiro tempo terminou com placar igual.

Bragantino foi melhor
As duas equipes voltaram com a mesma formação e o Bragantino, que estava melhor posicionado em campo, continuou levando vantagem. Aos oito minutos, Rodrigo Costa bateu falta da intermediária e o goleiro Alexandre Fávaro falhou. Carlinhos, que entrava sozinho, bateu torto na bola e mandou por cima desperdiçando ótima chance.

A partir daí, o jogo ficou morno e os goleiros se tornaram meros expectadores. Mas isso durou até os 26 minutos. Os treinadores já haviam mexidos em suas equipes e Paulo Roberto, que entrou em lugar de Euzébio, recebeu bola pela esquerda, dentro da grande área, e bateu firme no canto esquerdo de Gilvan. A bola tirou tinta da trave e foi à linha de fundo.

Resposta imediata e gol
O Bragantino respondeu imediatamente. Aos 27, Léo Jaime saiu em rápido contra ataque pela direita e cruzou rasteiro. Entraram na dividida o zagueiro Amarildo e o atacante Pedro Henrique. Na confusão, Amarildo tocou contra o patrimônio, mas o árbitro anotou gol de Pedro Henrique. Bragantino 2 a 1 de virada.

Depois do gol, o Fortaleza se atirou para o ataque e Gilvan fez duas excelentes defesas evitando o empate. A última chance da partida aconteceu aos 42 minutos. Diego Macedo chegou atrasado num,a bola na entrada da área e cometeu a falta. Como já tinha cartão amarelo, recebeu o segundo e foi expulso. Na cobrança, Coutinho jogou na barreira e o Bragantino venceu a partida por 2 a 1.

Próxima rodada
Na 14ª rodada o Fortaleza viaja até o Rio de Janeiro onde, na terça-feira, enfrenta o Vasco, às 21 horas, em São Januário. No mesmo dia, mas às 21h50, o Bragantino faz o segundo jogo consecutivo fora de casa. Em Natal, o time paulista enfrenta o América no estádio Machadão.

Ficha Técnica

Fortaleza 1 x 2 Bragantino

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza – CEFortaleza
Alexandre Fávaro; Maizena, Amarildo, Édson e Jaílson; Júlio (Saulo), Coutinho, Cristian e Eusébio (Paulo Roberto); Marcelo Nicácio e Luiz Carlos.
Técnico: Giba.

Bragantino
Gilvan; Marcelo Godri, Carlinhos e Kadu; Thiago Almeida (Arthur), Rodrigo Costa, Juninho, Sandro Costa (Filipi) e Diego Macedo; Léo Jaime e Pedro Henrique (Da Silva).
Técnico: Marcelo Veiga.
Renda: R$ 56.140,00
Público: 4.513 pagantes
Árbitro: Fernando José de Castro Rodrigues – PA
Cartões Amarelos: Jailson (Fortaleza); Diego Macedo, Marcelo Godri e Jailson (Bragantino)
Cartão Vermelho: Diego Macedo (Bragantino)
Gols: Marcelo Nicácio aos 3'/1T (Fortaleza); Kadu aos 16'/1T e Pedro Henrique aos 27'/2T (Bragantino)