Luto! Covid-19 tira a vida de ex-atacante de grandes times do Brasil dos anos 1980

Heyder, de 61 anos, jogou em grandes times do Brasil como Flamengo-RJ, Internacional-RS e Cruzeiro-MG

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 23 (AFI) – Mais um ex-jogador de sucesso dos anos 1980/90 perdeu a vida para a pandemia do Coronavírus. Morreu nesta terça-feira, em Belém, o ex-atacante Heyder, de 61 anos e que jogou em grandes times do Brasil como Flamengo-RJ, Internacional-RS e Cruzeiro-MG.

Heyder estava internado no Hospital de Campanha do Hangar, em Belém, fazia duas semanas, mas seu quadro piorou nos últimos dias e, após uma semana na UTI, acabou falecendo.

CAMPEÃO COM A CAMISA DE VÁRIOS TIMES
Nascido em Belém no dia primeiro de dezembro de 1959, Heyder Abas Palheta foi revelado pelo Paysandu-PA, onde foi campeão paraense, e logo foi crescendo na carreira.

Heyder, primeiro agachado, no Náutico dos anos 1980
Heyder, primeiro agachado, no Náutico dos anos 1980

Do futebol paraense, Heyder foi para Pernambuco, onde vestiu as camisas de Sport e Náutico, sendo campeão estadual pelas duas equipes, até chegar ao Flamengo em 1985, onde fez boas partidas, mas encontrou dificuldades para se manter como titular.

SUCESSO NO INTER E CAMPEÃO NO CRUZEIRO E NA BAHIA
Atacante de bom porte físico, muito veloz e que atuava como ponta-direita, Heyder passou pelo Vitória-BA e Bahia-BA, também tendo sido campeão estadual pelas duas equipes.

Em 1985 esteve no Flamengo. Em 1987 foi contratado pelo Internacional em 1987, tendo feito três boas temporadas no Rio Grande do Sul. Os dois clubes usaram suas redes sociais apra lamentar a perda.

Negociado com o Cruzeiro foi campeão mineiro em 1990, onde também teve bons momentos.

Heyder em foto recente
Heyder em foto recente

FINAL DE CARREIRA EM BELÉM
Após completar 30 anos, voltou para o Norte-Nordeste, jogando no Fortaleza-CE, onde foi campeão pernambucano em 1991, e Clube do Remo-PA, onde encerrou a carreira no começo de 1993.

Após encerrar a carreira, Heyder voltou para sua cidade natal e dava aulas em escolinhas de futebol na periferia de Belém.