Atlético-MG 1 x 1 Bahia - Ainda não será dessa vez o fim do jejum

O Galo saiu da disputa pelo título brasileiro com o terceiro tropeço seguido

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 13 (AFI) - O Atlético-MG não soube aproveitar os inúmeros desfalques do Bahia e deu adeus a briga pelo título brasileiro ao empatar por 1 a 1, no Mineirão, pela 36ª rodada do campeonato.

Sem ganhar há três partidas, o Galo tem 62 pontos e está na terceira colocação. Uma vitória praticamente garantiria o time comandado por Jorge Sampaoli na fase de grupos da Copa Libertadores.

Enquanto isso, o Bahia chegou ao quarto jogo sem vitória e, na 16ª colocação, com 38 pontos, corre o risco de entrar na zona de rebaixamento. O time vai ficar na torcida por um tropeço do Vasco diante do Internacional, neste domingo.

VEJA OS GOLS NO MINEIRÃO !


GALO NA FRENTE
Antes mesmo do primeiro minuto, o Bahia desperdiçou uma chance incrível de abrir o placar. Gabriel Novaes cruzou, a bola passou por Rodriguinho e caiu nos pés de Rossi, que mandou para fora. E o time visitante teve outra boa oportunidade com Gabriel Novaes. Dessa vez, Everson salvou o Atlético-MG.

Atlético-MG não conseguiu vencer o Bahia (Foto: Pedro Souza/Atlético)
Atlético-MG não conseguiu vencer o Bahia (Foto: Pedro Souza/Atlético)

As chances perdidas custaram caro para o Bahia, que viu o Atlético-MG abrir o placar aos 19 minutos. Guilherme Arana cruzou na medida para Eduardo Sasha, que só desviou de cabeça. O Esquadrão sentiu o gol e passou a ser dominado pelo Galo.

ESBOÇOU REAÇÃO
Nos minutos finais, porém, o Bahia esboçou uma pressão, deixando o técnico Jorge Sampaoli irritado na beira do gramado.

Aos 41, o chute de Rodriguinho tirou tinta da trave. Na sequência, Gabriel Novaes desceu em velocidade e mais uma vez parou em Everson.

EMPATE DO TRICOLOR
Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Rossi escapou em velocidade, deixou Junior Alonso para trás e soltou a bomba, sem chances para Everson. Na sequência, quase que o Atlético-MG voltou a ficar na frente do placar.

Guilherme Arana bateu rasteiro e a bola desviou em Ernando antes de sair rente a trave. O jogo passou a ficar aberto. Elton acertou o travessão de Everson em chute de fora da área. Já Hyoran assustou em desvio de cabeça.

Aos 27, Marrony cabeceou e Mateus Claus fez um verdadeiro milagre. No contra-ataque, Gabriel Novaes invadiu a área e bateu cruzado para defesa de Everson. A partida era lá e cá. Nos minutos finais, o Bahia apostou nos cruzamentos, mas o Tricolor conseguiu se segurar.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo final de semana, pela penúltima rodada. O Atlético-MG encara o Sport, às 16 horas, na Ilha do Retiro, em Recife, enquanto o Bahia encara o Fortaleza no sábado, às 21 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
36ª rodada
Data
13/02/2021
Horário
19h00
Local
Mineirão - Belo Horizonte (MG)
Árbitro
Raphael Claus (SP)

Renda
--
Assistentes
Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
Atlético-MG: Sávio
Bahia-BA: Ronaldo

Gols
Atlético-MG: Eduardo Sasha 19' 1T
Bahia-BA: Rossi 1' 2T
Atlético-MG
Everson;
Guga, Réver, Júnior Alonso e Guilherme Arana;
Jair, Nathan (Franco) e Hyoran (Vargas);
Savarino, Eduardo Sasha e Marrony (Sávio).
Técnico: Jorge Sampaoli
Bahia-BA
Mateus Claus;
Nino Paraíba, Ernando (Juninho), Lucas Fonseca e Matheus Bahia;
Gregore, Ronaldo e Patrick de Lucca (Elton);
Rossi (Luiz Felipe depois Juninho Capixaba), Rodriguinho e Gabriel Novaes (Marcelo).
Técnico: Dado Cavalcanti