Santos x Goiás - Peixe deixa Libertadores 'de lado' e foca na reabilitação no Brasileirão

Porém a missão não será fácil, já que o Esmeraldino precisa de uma reação imediata para se salvar do rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 22 (AFI) - Com a cabeça na final da Libertadores contra o Palmeiras que acontece no próximo dia 30 de janeiro em jogo único no Estádio do Maracanã, o Santos volta a campo neste domingo (24) pela 32ª rodada do Brasileirão, onde busca a reabilitação para seguir na briga pela parte de cima da tabela. Em casa, o Peixe recebe o Goiás, no Estádio da Vila Belmiro, às 18h15. Porém a missão não será fácil, já que o Esmeraldino precisa de uma reação imediata para se salvar do rebaixamento.

Atualmente, o Goiás que foi goleado pelo Ceará na última rodada por 4 a 0, aparece na 19ª e penúltima colocação do Brasileirão, com 26 pontos. O Sport, primeiro time fora da zona de rebaixamento, tem 32. Ou seja, a distância entre as duas equipes é de seis pontos. Já o Santos é nono colocado com 45 pontos somados e na rodada passada perdeu para o Fortaleza, por 2 a 0.

SANTOS
Para recebe o Goiás, o técnico Cuca deve manter o ridizio entre jogadores considerados titulares e reservas para armar a formação ideal do Santos. Após algumas peças terem sido poupadas diante do Fortaleza na qual a equipe acabou derrotada, alguns dos principais jogadores do elenco podem voltar a campo para manterem o ritimo de jogo visando a final da Libertadores. O zagueiro Luan Peres, que se recupera de uma torção no tornozelo, é dúvida.

Santos e Goiás duelam na 32ª rodada do Brasileirão
Santos e Goiás duelam na 32ª rodada do Brasileirão
Titular contra o Fortaleza, o atacante Lucas Braga falou que daqui pra frente todos os jogos são como finais.

"É uma batalha atrás da outra, domingo tem mais uma. Sabemos da força que tem o Goiás que está fazendo de tudo para sair da parte debaixo da tabela, mas vamos atrás dos três pontos para seguirmos tranquilos na tabela.

GOIÁS
Para o duelo, a dupla de treinadores do Goiás, formada por Augusto César e Glauber Ramos terá o retorno de dois importantes jogadores no time titular. São eles: o atacante Rafael Moura e o volante Breno, que cumpriram suspensão na rodada passada pelo terceiro cartão amarelo e agora voltam a ficar à disposição. Por outro lado, Gustavo Blanco, que testou positivo para covid-19 no último dia 18, segue em isolamento social, mas assintomático.

Como não há novos desfalques, a tendência é que o time continue atuando com três zagueiros. No meio, Breno deve voltar no lugar de Miguel Figueira e no ataque, Rafael Moura assume a vaga que foi de Vinicius. Outras mudanças podem ocorrer por opção técnica, mas ainda não houve nenhuma confirmação. Glauber Ramos, um dos técnicos, falou que a equipe precisa manter a postura para se salvar da degola.

“Precisamos ter uma atitude um pouco mais aguerrida contra o Santos, como nós estávamos tendo nos outros jogos, mas não aconteceu desta vez diante do Ceará. É juntar os cacos dessas duas derrotas que sofremos e levantar a cabeça e tentar se reabilitar para as próximas partidas. Vamos aproveitar que nosso próximo adversário está focado em outra competição para quem sabe saímos com um bom resultado", disse o técnico.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
32ª rodada
Data
24/01/2021
Horário
18h15
Local
Vila Belmiro - Santos (SP)
Árbitro
Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)

Assistentes
Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Cartões Amarelos
Santos-SP: Luan Peres , Kaio Jorge, Guilherme Nunes, Soteldo
Goiás-GO: Breno, Rafael Moura, Iago Mendonça, Douglas Baggio

Gols
Santos-SP: Lucas Braga 6' 1T, Kaio Jorge 37' 1T, Marinho 41' 2T
Goiás-GO: Rafael Moura 9' 2T, David Duarte 14' 2T, Fernandão 30' 2T, Rafael Moura 31' 2T
Santos-SP
John Victor;
Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Bruno Marques);
Sandry (Guilherme Nunes), Soteldo e Diego Pituca (Jean Mota);
Marinho, Lucas Braga (Lucas Lourenço) e Kaio Jorge.
Técnico: Cuca
Goiás-GO
Tadeu;
David Duarte, Iago Mendonça e Heron;
Shaylon (Índio), Breno (Taylon), Henrique Lordelo, Daniel Oliveira e Jefferson (Vinícius);
Fernandão (Douglas Baggio) e Rafael Moura.
Técnico: Glauber Ramos