Fortaleza 0 x 0 Grêmio - Ficou justo, mas não foi bom para nenhum deles

Tricolor cearense segue ameaçado pela degola, enquanto o Tricolor Gaúcho fica longe do líder São Paulo

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 9 (AFI) - Para o Grêmio que ainda luta pelo título do Campeonato Brasileiro o empate sem gols com o Fortaleza, nesta noite na Arena Castelão, não foi um bom resultado pela 29.ª rodada. De qualquer forma, o time gaúcho agora está 14 jogos invicto na competição, enquanto o time cearense completou sete jogos sem vencer, mesmo agora sob o comando do técnico Enderson Moreira.

Na corrida pelas primeiras posições, o tricolor gaúcho aparece com 49 pontos, em quinto lugar. Não vai perder esta posição na rodada, porém, pode ver alguns concorrentes se distanciarem um pouco como Flamengo, Atlético-MG e Internacional.

O Fortaleza segue na sua luta para se manter na Série B. Com 32 pontos ocupa a 15.ª posição, porém, com um jogo a mais do que seus concorrentes contra a degola.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS PELA DAZN

FORMAÇÃO DIFERENTE
O Grêmio, em alta, mais uma vez entrou em campo com uma formação diferente, embora só vá participar das finais da Copa do Brasil no final do mês. Mas o técnico Renato Gaúcho garantiu a disposição para vencer e ainda buscar o título. Tanto que aos oito minutos após rebote do goleiro Felipe Alves, a bola sobrou para a virada de Churín que acabou bloqueado por Wanderson.

O Fortaleza entrou em campo ‘sob nova direção’ com Enderson Moreira no lugar de Marcelo Chamusca. A sua ideia de jogo, além de compactar mais o time na marcação, era explorar a velocidade de Romarinho e Osvaldo. Mas pecou muito nos passes, dificultando as chegadas ao ataque.

CHANCES E
Aos 12 minutos, Romarinho, pelo lado esquerdo, criou a primeira boa chance, chutando à maia altura. Paulo Victor rebateu e Gabriel Dias isolou por cima. Num jogo aberto, um fato curioso.

O técnico Renato Gaúcho recebeu o cartão amarelo quando segurou o lateral Carlinhos, que estava caindo. Ao mesmo tempo, porém, o técnico segurou a volta a campo do cearense. Até Renato riu do lance.

Pepê marcou golaço, mas que foi anulado pelo VAR após cinco minutos
Pepê marcou golaço, mas que foi anulado pelo VAR após cinco minutos

EMOÇÕES E VAR DEMORADO
As emoções maiores ficaram para o final do primeiro tempo. Aos 44 minutos, a bola sobrou para o chute à queima roupa de Osvaldo e que Paulo Victor rebateu. Na sequência a bola caiu nos pés de Churín, ainda no campo defensivo e com um lançamento ele ligou Pepê em velocidade.

O baixinho invadiu a área e deu um leve toque por cobertura sobre o goleiro Felipe Alves. Um golaço, mas anulado pelo VAR após a inexplicável demora de cinco minutos.

FALTA DE OPÇÕES
Os dois técnicos não mudaram no intervalo e demoraram para iniciar o processo de trocas, ambos por falta de peças. O Fortaleza por ter muitos jogos de quarentena devido a Covid-19 e o Grêmio por manter o processo de revezamento dentro do elenco.

O time casa, apesar da disposição, não ameaçou mais no ataque. O visitante também foi mais tímido, pouco se arriscando. Aos 25 minutos, após receber passe diagonal, Thaciano chutou de virada e Felipe Alves defendeu apenas com a mão direita, dando um murro na bola e evitando o gol gremista.

PRÓXIMOS JOGOS
O Fortaleza volta a campo no domingo, dia 17, diante do Internacional no Beira-Rio, às 20h30. O Grêmio vai jogar antes, no dia 15, sexta-feira, às 21h30, diante do Palmeiras no Allianz Arena, na capital paulista.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
29ª rodada
Data
09/01/2021
Horário
21h00
Local
Arena Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Jefferson Ferreira de Moraes (GO)

Assistentes
Leone Carvalho Rocha (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

Cartões Amarelos
Fortaleza-CE: Felipe, Derley, Wellington Paulista, João Paulo
Grêmio-RS: Lucas Silva, Paulo Miranda

Fortaleza-CE
Felipe Alves;
Gabriel Dias, Paulão, Wanderson e Carlinhos;
Ronald (Derley), Felipe e João Paulo (Yuri César);
Romarinho, Wellington Paulista (Igor Torres) e Osvaldo (Bruno Melo).
Técnico: Enderson Moreira.
Grêmio-RS
Paulo Victor;
Victor Ferraz, Rodrigues, Paulo Miranda e Bruno Cortez;
Lucas Silva (Darlan), Matheus Henrique e Pinares (Thaciano);
Pepê, Diego Churín (Ferreira) e Alisson.
Técnico: Renato Gaúcho.