Grêmio 2 x 1 Bahia - Imortal afunda Esquadrão e dorme no G4

O time comandado por Renato Gaúcho não fez uma boa partida, mas contou mais uma vez com o artilheiro Diego Souza

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 06 (AFI) - O Grêmio não fez uma boa partida, mas contou com um gol do artilheiro Diego Souza para ganhar do Bahia, por 2 a 1, na Arena do Grêmio, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado aumenta a invencibilidade no Brasileirão para 13 jogos e faz o Grêmio dormir no G4, com 48 pontos, passando o rival Internacional, que entra em campo nesta quinta-feira contra o Ceará, fora de casa.

Por sua vez, o Bahia perdeu a sétima seguida no campeonato e estacionou nos 28 pontos, em 16º lugar. O Esquadrão corre o risco de entrar na zona de rebaixamento, desde que o Vasco empate com o Atlético-GO, em Goiânia, nesta quinta.

VEJA OS GOLS DA PARTIDA


IMORTAL NA FRENTE
A primeira chance do jogo foi criada pelo Grêmio logo aos seis minutos. Alisson cruzou, Diego Souza se antecipou a Douglas e cabeceou com muito perigo. A pressão tricolor surtiu efeito e o placar foi aberto aos 15.

Diego Barboza cruzou e Vanderson, livre de marcação, cabeceou colocado. Esse foi o primeiro gol do lateral de 19 anos como profissional. O Bahia precisou ficar atrás do placar para acordar e criar duas chances seguidas.

Grêmio conseguiu uma boa vitória sobre o Bahia (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Grêmio conseguiu uma boa vitória sobre o Bahia (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

PRESSÃO DO BAHIA E GOL ANULADO
Ernando apareceu como elemento surpresa e, de voleio, mandou nas mãos de Vanderlei. Daniel arriscou de fora da área e o goleiro espalmou.

O Bahia chegou a empatar com um golaço de Gilberto aos 26 minutos, mas o gol foi anulado pelo VAR porque o atacante estava impedido.

O Grêmio não conseguia mais ficar com a posse da bola. Aos 34 foi a vez de Ronaldo fazer Vanderlei trabalhar. Já nos acréscimos, Diego Souza passou errado e armou contra-ataque para o Bahia. Gilberto saiu na cara do goleiro e mandou para fora.

RENATO GAÚCHO FALA DA ENTREGA DOS JOGADORES

INÍCIO ARRASADOR
O Bahia começou o segundo tempo da mesma forma que terminou a etapa inicial e empatou logo no primeiro minuto. Após sobra do escanteio, Anderson Martins chutou, Rodríguez desviou de cabeça e tirou do alcance de Vanderlei. Antes, o goleiro havia defendido chute de Daniel.

A alegria do Bahia, porém, durou até os nove minutos. Em cobrança de falta em dois lances, Diego Souza soltou a bomba, a bola desviou no meio do caminho e mesmo assim Douglas Friederich conseguiu espalmar, mas não o bastante para evitar o gol gremista.

Diego Souza marcou o gol da vitória gremista (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Diego Souza marcou o gol da vitória gremista (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

FILME REPETIDO?
Assim como aconteceu no primeiro tempo, o Imortal recuou demais depois de ficar na frente do placar e deu a bola para o Bahia. Dessa vez, porém, o time visitante tinha dificuldades para criar lances de perigo.

Aos 39 minutos, Rossi ganhou dividida dentro da área e cruzou. Vanderlei chegou antes de Gilberto e tirou a bola com um soco. O Grêmio tinha o contra-ataque, mas não conseguia aproveitar para matar a partida. Já nos minutos finais, Pepê bateu colocado da entrada da área e assustou Douglas Friederich.

PRÓXIMOS JOGOS
O Grêmio volta a campo no sábado, contra o Fortaleza, às 21 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza. No domingo, o Bahia encara o Atlético-GO, às 18h15, no Antônio Accioly, em Goiânia. Os jogos são válidos pela 29ª rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
28ª rodada
Data
06/01/2021
Horário
19h15
Local
Arena do Grêmio - Porto Alegre (RS)
Árbitro
Ramon Abatti Abel (SC)

Assistentes
Kleber Lucio Gil (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)

Cartões Amarelos
Grêmio-RS: Matheus Henrique, Vanderlei
Bahia-BA: Ramon, Thiago Andrade, Rossi, Gilberto

Gols
Grêmio-RS: Vanderson 15' 1T, Diego Souza 9' 2T
Bahia-BA: Anderson Martins 1' 2T
Grêmio-RS
Vanderlei;
Vanderson (Thaciano), Rodrigues, Kannemann e Diogo Barbosa;
Lucas Silva (Darlan), Matheus Henrique e Jean Pyerre (Pinares);
Alisson (Everton), Diego Souza (Churín) e Pepê.
Técnico: Renato Gaúcho
Bahia-BA
Douglas Friederich;
Nino Paraíba, Ernando, Anderson Martins e Matheus Bahia (Zeca);
Ronaldo, Ramon (Clayson), Daniel (Gabriel Novaes) e Juan Ramírez;
Thiago Andrade (Rossi) e Gilberto.
Técnico: Dado Cavalcanti