Godói fala em matar ex-zagueiro de Palmeiras e Fla, que responde: "Fanfarrão"

O ex-árbitro falou que perdeu a chance de meter um tiro na cabeça de Júnior Baiano

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 22 (AFI) - O ex-árbitro Oscar Roberto Godói deu duras declarações voltadas ao ex-zagueiro Júnior Baiano. Durante o 'Arena SBT', o ex-parceiro de Milton Neves chegou a lamentar o fato de não ter atirado no defensor e declarou, em alto bom som, que preferia ele morto.

"Esse não perde a chance de ser babaca. Se eu tivesse dado um tiro na cara dele, eu resolveria o problema. Ele foi pego no doping, envergonhou a família e os filhos dele. Doping de cocaína, ele se drogou. Eu provei que não tinha nada. Morto seria bem melhor", disse Godói.

 Oscar Roberto Godói disparou contra Júnior Baiano
Oscar Roberto Godói disparou contra Júnior Baiano
Júnior Baiano se esquivou da polêmica, mas chamou o ex-árbitro de 'fanfarrão. "Godói é um fanfarrão, mas está tranquilo. Não tenho raiva dele quando ele fala essas merdas, a pessoa tem que aparecer de alguma forma. Ele está querendo aparecer, esse tempo todo sem trabalhar na TV. Não tenho raiva dele não, só acho ele um pobre coitado", respondeu.

JÚNIOR BAIANO!
Júnior Baiano, 50 anos, começou a carreira no Flamengo e pasou por clubes como São Paulo, Palmeiras, Vasco da Gama, Internacional, América-RJ, Brasiliense, Volta Redonda, Macapá e Miami FC. Jogou também na Alemanha, China, e na seleção brasileira, sendo multicampeão por quase todos os clubes que passou.