Coritiba 3 x 3 Fluminense - Coxa cede empate, não reage e segue na degola

O time paranaense sentiu o gosto da vitória, mas a deixou escapar em duas oportunidades

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 20 (AFI) - O Coritiba sentiu o gostinho da vitória em duas oportunidades, mas acabou cedendo empate ao Fluminense por 3 a 3, na noite desta quarta-feira, no estádio Couto Pereira, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado acaba sendo pior para o time paranaense, que tem a reação freada e segue em situação delicada dentro da zona de rebaixamento.

Espaço incorporado por HTML (embed)

Com o resultado, o Coritiba subiu provisoriamente para a 18ª colocação, mas com apenas 26 pontos, a seis de deixar a zona de rebaixamento. O Fluminense, que ainda sonha com vaga na Libertadores, soma 47, em sétimo lugar. Em sexto, o Grêmio tem 51.

SÓ DEU COXA!
O Coritiba fez um grande primeiro tempo nesta quarta-feira, sob o comando de Júlio Sérgio, já que Gustavo Morínigo testou positivo para covid-19. O time paranaense não demorou para envolver o adversário e precisou de apenas dois minutos para abrir o marcador.

Hugo Moura achou Luiz Henrique livre de marcação. Ele avançou pelo meio, em liberdade, e arriscou de fora da área para abrir o marcador.

Após o gol, o Fluminense precisou se atirar ao ataque e desperdiçou boas oportunidades com Lucca e Calegari, mas o Coritiba foi mais efetivo. Em mais uma chegada bem trabalhada, Natanael recebeu de Hugo Moura, invadiu a área e chutou para o fundo da rede, impedindo uma reação imediata do adversário, que foi para o intervalo em total desvantagem.

Fluminense empata com Coritiba
Fluminense empata com Coritiba

FLU REAGIU!
No segundo tempo, o Fluminense voltou mais ligado e contou com o talento de John Kennedy, em sua estreia no time profissional, para diminuir.

Michel Araújo fez boa jogada e arriscou. Wilson soltou nos pés da jovem promessa tricolor, que só empurrou. Mais cauteloso, o Coritiba só arriscou em tiros de longe.

Em um deles, Marcos Felipe teve trabalho para defender a tentativa de Matheus Galdezani.

EM BAIXA
O Coritiba não conseguiu repetir a atuação da primeira etapa e não demorou para levar o empate. Aos 26 minutos, Egídio colocou a bola na cabeça de Fred, que testou firme para fazer 2 a 2.

Quando tudo indicava que o Fluminense tomaria conta do jogo, o time paranaense reagiu. Aos 30, Robson, em um chute de fora da área, recolocou sua equipe na frente.

No entanto, a festa também durou pouco. O Fluminense foi para o abafa e contou com uma falha de Wilson para decretar o empate. Aos 45 minutos, Wellington Silva avançou em velocidade e tocou para Caio Paulista. O chute passou por debaixo do goleiro e entrou. Wellington Silva ainda teve a chance de fazer o quarto, mas jogou para fora.

Antes do apito final, ainda deu tempo de Robson e Caio Paulista se estranharam dentro de campo e foram expulsos. Cada time ficou com dez, mas já não havia tempo para mais nada.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o São Paulo no sábado, às 19h, no estádio do Morumbi, em São Paulo (SP). No domingo, o Fluminense faz o clássico contra o Botafogo, às 20h30, em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
31ª rodada
Data
20/01/2021
Horário
20h30
Local
Couto Pereira - Curitiba (PR)
Árbitro
Felipe Fernandes de Lima (MG)

Assistentes
Guilherme Dias Camilo (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

Cartões Amarelos
Coritiba-PR: Neílton
Fluminense-RJ: Fred, Yago Felipe, Calegari, Martinelli

Gols
Coritiba-PR: Luiz Henrique 2' 1T, Natanael 32' 1T, Robson 30' 2T
Fluminense-RJ: John Kennedy 13' 2T, Fred 26' 2T, Caio Paulista 45' 2T
Coritiba-PR
Wilson;
Natanael, Nathan Ribeiro, Henrique Vermudt e Guilherme Biro;
Nathan Silva, Hugo Moura (Ricardo Oliveira), Matheus Bueno (Matheus Galdezani) e Luiz Henrique;
Neilton (Sarrafiore) e Robson
Técnico: Júlio Sérgio (auxiliar)
Fluminense-RJ
Marcos Felipe;
Calegari, Luccas Claro, Matheus Ferraz e Egídio;
Martinelli, Yago Felipe (Nenê) e Michel Araújo (Caio Paulista);
Luiz Henrique (John Kennedy), Fred (Felippe Cardoso) e Lucca (Wellington Silva)
Técnico: Marcão