CHANCES DE LIBERTADORES: G6 praticamente definido e três com chances remotas

Tudo pode mudar, lógico, se Palmeiras ou Grêmio for campeão da Copa do Brasil e Palmeiras ou Santos faturar a própria Liberta

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 22 (AFI) - De acordo com as contas do Chance de Gol, os classificados para a Libertadores através do Campeonato Brasileiro estão praticamente definidos. O G6 de hoje estará no torneio sul-americano. Tudo pode mudar, lógico, se Palmeiras ou Grêmio for campeão da Copa do Brasil e Palmeiras ou Santos faturar a própria Liberta.

Nesse cenário, o G6 aumentaria e viraria G7 ou até mesmo G8. Assim, Fluminense e Corinthians teriam chances maiores. O Tricolor carioca aparece com 10,8%, enquanto o Timão tem 8,1%. O Santos, se não levar a Libertadores, terá que correr atrás, uma vez que a chance do Peixe é de apenas 6,2%.

Na briga pela Libertadores. (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Na briga pela Libertadores. (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Os seis primeiros colocados, enquanto isso, estão tranquilos. Só um desastre tiraria a vaga do sexteto. Perto do título, o Internacional tem chances de 99,93%. Se a taça ficou longe, a vaga para o torneio da Conmebol está mais fácil para o São Paulo (98,8%).

Atlético-MG (98,4%), Palmeiras (95,7%) e o atual campeão Flamengo (94,7%) também superaram os 90%, enquanto o Grêmio vem logo atrás (86,2%) e com um pé na Libertadores 2021.

EXPLICAÇÃO:
"As probabilidades de título, classificação, rebaixamento etc. publicadas neste site são obtidas com base nas probabilidades de vitória, empate e derrota calculadas para cada um dos jogos ainda não realizados só campeonato em questão.

A partir de milhares de simulações de todos esses jogos, são contabilizadas todas as possibilidades de cada uma das equipes se classificar à fase seguinte, ir para a repescagem etc.. As probabilidades de cada resultado de cada jogo dependem basicamente da força de cada oponente
", informa o Chance de Gol.

CONFIRA OS CLUBES COM CHANCES DE LIBERTADORES ACIMA DE 1% NO BRASILEIRÃO:

Internacional
(99,93%)
São Paulo (98,8%)
Atlético-MG (98,4%)
Palmeiras (95,7%)
Flamengo (94,7%)
Grêmio (86,2%)
Fluminense (10,8%)
Corinthians (8,1%)
Santos (6,2%)