Ceará x Palmeiras - Focado na Libertadores, Alviverde ainda sonha com título nacional

Porém não será uma missão fácil já que o Vozão vem embalado após golear o Goiás e quer seguir subindo na tabela

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 22 (AFI) - Com foco claro na grande final da Libertadores contra o Santos que acontece no próximo dia 30 de janeiro no Estádio do Maracanã, o Palmeiras tenta não deixar o Brasileirão de lado para seguir na briga pelo título. Depois de ser derrotado pelo Flamengo por 2 a 0 na última quinta-feira (21), o time alviverde busca a reabilitação diante do Ceará, fora de casa, na Arena Castelão, às 16h, pela 32ª rodada. Porém não será uma missão fácil já que o Vozão vem embalado após golear o Goiás e quer seguir subindo na tabela.

Atualmente, o Ceará aparece na 10ª colocação com 42 pontos somados, dez na frente do Vasco, que tem 32 e é o primeiro dentro da zona de rebaixamento e a nove do Grêmio, que tem 51 e é o primeiro dentro da zona de acesso para Pré-Libertadores. Já o Palmeiras está na quinta posição, com 51, oito atrás do líder Internacional que tem 59, mas disputou um jogo a mais.

CEARÁ
Para o duelo contra o Palmeiras, o técnico Guto Ferreira, do Ceará, conta com o retorno do lateral-esquerdo Bruno Pacheco, que cumpriu suspensão e deve voltar ao time titular na vaga que foi de Alyson, que não agradou muito, tanto que foi substituído no segundo tempo por Kelvyn, contra o Goiás. O atacante Felipe Vizeu que se recuperou de uma lesão muscular e jogou alguns minutos nesta quinta-feira, pode beliscar uma vaga entre os titulares.

Ceará e Palmeiras duelam pela 32ª rodada do Brasileirão
Ceará e Palmeiras duelam pela 32ª rodada do Brasileirão
Por outro lado, atacante Leandro Carvalho segue sendo desfalque no setor ofensivo. Ele foi julgado pela expulsão contra o Palmeiras, na Copa do Brasil, e pegou seis jogos de suspensão por ofender o árbitro. Esse é o segundo jogo fora, o Ceará ainda tenta recorrer. De qualquer forma, o Guto Ferreira espera um resultado positivo jogando em casa para almejar coisas maiores no Brasileirão.

"O compromisso é atingir uma competição internacional. Estamos próximos de conseguir. Temos que fazer partidas como essa, com nível de concentração alto, só assim vamos conseguir jogar de igual para igual contra o Palmeiras. Temos que voltar a vencer no Castelão e retomar o mando de campo. Nos impor dentro de casa. É um trabalho mental para fazer com os jogadores", disse o comandante.

PALMEIRAS
Focado nas disputas das finais da Libertadores e também da Copa do Brasil, o Palmeiras segue tendo que se preparar para a maratona de jogos no Brasileirão e neste sábado (23) finalizou a sua preparação para encarar o Ceará, fora de casa, com um treino já em Fortaleza. Recuperado de uma lesão na virilha esquerda, o zagueiro Gustavo Gomez voltou a treinar normalmente.

Mesmo caso dos jovens Patrick de Paula e Gabriel Veron, que também se recuperaram de dores na coxa direita e viajaram com o restante do elenco. Por outro lado, o meia Raphael Veiga está fora, já que levou o terceiro cartão amarelo contra o Flamengo e agora cumpre suspensão automática. No mais, o técnico Abel Ferreira deve mandar uma formação alternativa, preservando seus principais jogadores.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
32ª rodada
Data
24/01/2021
Horário
16h00
Local
Arena Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Braulio da Silva Machado (SC)

Assistentes
Helton Nunes (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)

Cartões Amarelos
Ceará-CE: Eduardo, Léo Chú , Eduardo, Charles
Palmeiras-SP: Patrick de Paula, Lucas Lima, Emerson Santos, Felipe Melo, Esteves, Alan Empereur

Cartões Vermelhos
Ceará-CE: Eduardo
Gols
Ceará-CE: Lima 9' 1T, Vina 28' 1T
Palmeiras-SP: Gabriel Verón 32' 1T
Ceará-CE
Richard;
Samuel Xavier, Tiago Pagnussat, Luiz Otávio e Bruno Pacheco;
Fabinho (William Oliveira), Fernando Sobral, Lima e Vina (Felipe Vizeu);
Léo Chú (Charles) e Cléber (Saulo Mineiro).
Técnico: Guto Ferreira
Palmeiras-SP
Jailson;
Mayke, Alan Empereur, Gustavo Gómez e Gustavo Scarpa (Pedro Acácio);
Emerson Santos, Patrick de Paula (Felipe Melo) e Lucas Lima;
Gabriel Silva (Fabrício), Gabriel Veron (Esteves) e Breno Lopes.
Técnico: Abel Ferreira