Ceará 2 x 2 Atlético-MG - Galo arranca empate e retoma liderança

O time mineiro chegou aos mesmos 39 pontos do Flamengo, mas leva vantagem no número de vitórias (12 contra 11)

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 22 (AFI) - Apesar dos inúmeros desfalques por conta da Covid-19 e jogando com um a menos nos 20 minutos finais, o Atlético-MG conseguiu retomar a liderança do Brasileirão ao empatar com o Ceará, por 2 a 2, na Arena Castelão, pela 22ª rodada.

O Galo chegou aos mesmos 39 pontos do Flamengo, mas leva vantagem no número de vitórias (12 contra 11). Por sua vez, o Vozão aumentou o jejum de vitórias para quatro jogos e segue perto da zona de rebaixamento, na 14ª colocação, com 25 pontos.

VEJA OS GOLS NO CASTELÃO


GALO NA FRENTE
O Atlético-MG começou com mais posse de bola, mas com muitas dificuldades para criar. Tanto que a primeira chegada foi do Ceará. Após cobrança de escanteio, Tiago Pagnussat subiu e cabeceou nas mãos de Rafael. Na sequência, Felipe Vizeu bateu torto.

Mas o Galo foi mortal e abriu o placar aos 28 minutos. Igor Rabello cabeceou, Fernando Prass defendeu e o próprio zagueiro mandou para a área. Eduardo Sasha, de bicicleta, completou. O gol, porém, só foi validado após três minutos.

O Ceará sentiu o gol marcado pelo Atlético-MG e a partida caiu de ritmo. No final do primeiro tempo, Léo Chú recebeu em boas condições e preferiu o chute, mas dois jogadores entravam livres dentro da área.

Ceará e Atlético-MG ficaram no empate (Foto: Pedro Souza/Agência Galo)
Ceará e Atlético-MG ficaram no empate (Foto: Pedro Souza/Agência Galo)

VOZÃO ACORDOU
O intervalo fez bem para o Vozão, que empatou logo aos dois minutos. Léo Chú deu passe preciso para Lima bater na saída de Rafael. O Atlético-MG teve duas chances seguidas na sequência, com Savarino e Borrero, mas não marcou.

E isso custou caro, porque a virada cearense veio aos dez. Samuel Xavier cruzou rasteiro e Felipe Vizeu completou de carrinho para o gol. No lance, o atacante sentiu uma lesão muscular e pediu para ser substituído.

Quase que o Vozão marca o terceiro cinco minutos depois. Léo Chú cruzou e Vina desviou de carrinho. Rafael fez grande defesa. A situação atleticana ficou ainda mais complicada aos 24, quando Borrero acertou uma cotovelada no adversário e foi expulso após aviso do VAR.

EMPATE DO GALO
Mesmo com um a menos, o Atlético-MG conseguiu empatar aos 28 minutos, quando Marrony foi derrubado por Fernando Prass dentro da área e Keno converteu o pênalti. Na sequência, Marrony escapou em velocidade e na hora de bater foi travado.

O Vozão sentiu o gol e o Galo começou a achar espaços. Keno invadiu a área e bateu para a defesa de Fernando Prass. A partida terminou mesmo empatada.

PRÓXIMOS JOGOS
O Atlético-MG volta a campo na quarta-feira, contra o Botafogo, às 21h30, no Mineirão, em Belo Horizonte. Já o Ceará tem pela frente o Vasco da Gama só na segunda-feira da outra semana, às 18 horas, em São Januário, no Rio de Janeiro.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
22ª rodada
Data
22/11/2020
Horário
16h00
Local
Arena Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Raphael Claus (SP)

Assistentes
Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

Cartões Amarelos
Ceará-CE: Tiago , Bruno Pacheco, Eduardo Brock
Atlético-MG: Guilherme Arana

Cartões Vermelhos
Atlético-MG: Dylan Borrero
Gols
Ceará-CE: Lima 2' 2T, Felipe Vizeu 11' 2T
Atlético-MG: Eduardo Sasha 28' 1T, Keno 28' 2T
Ceará-CE
Fernando Prass;
Samuel Xavier, Tiago Pagnussat (Klaus), Eduardo Brock e Bruno Pacheco;
Fabinho, Charles (Léo Chu), Lima (Leandro Carvalho) e Vina;
Fernando Sobral e Felipe Vizeu (Cléber).
Técnico: Guto Ferreira.
Atlético-MG
Rafael;
Talison (Bueno), Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana;
Borrero, Calebe (Nathan) e Zaracho;
Savarino (Marquinhos), Eduardo Sasha (Hyoran) e Keno.
Técnico: Leandro Zago (interino).