Botafogo x Red Bull Bragantino - Juntinhos na briga contra a Série B!

Botafogo caiu para a penúltima colocação com apenas 20 pontos, a mesma pontuação do rival paulista que aparece no 18º lugar

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 15 (AFI) - Uma decisão! Um confronto direto! Um duelo de seis pontos! Uma chance de deixar a zona de rebaixamento! Tudo isso estará em jogo na próxima segunda-feira, às 20 horas, quando Botafogo e Red Bull Bragantino entrarem em campo no Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sem vencer há quatro jogos após ter perdido para o Bahia (1 a 0), o Botafogo caiu para a penúltima colocação com apenas 20 pontos, a mesma pontuação do rival paulista que aparece no 18º lugar por causa do número de vitórias (4 a 3). O Red Bull Bragantino empatou com o Santos (1 a 1) e completou o segundo duelo sem triunfar. O primeiro clube fora da degola é o Athletico-PR com 22 pontos.

NA SECA!
Apenas RB Braga e o lanterna Goiás seguem sem triunfar como visitante. O time de Bragança Paulista fez dez jogos longe do seu estádio com cinco empates e cinco derrotas. Aproveitamento de 20%.

"Sabemos que precisamos melhorar o rendimento fora de casa. Temos conversado bastante sobre isso e a ideia é que neste returno tenhamos um desempenho melhor", avaliou o técnico Maurício Barbieri.

AUXILIAR NO BOTA!
O auxiliar Emiliano Díaz, filho de Ramón Díaz, comandará o Botafogo nesta segunda-feira. O recém-contratado técnico realizou uma cirurgia no Paraguai no sábado e ficará em recuperação por uma semana

"Quero agradecer de coração à clínica La Costa e aos médicos Dorcas Sanabria e Luis Alberto Bogado, toda a equipe médica, ao meu amigo Miguel Figueiredo, a minha nova casa, o Botafogo, que teve um gesto inigualável de nos apoiar neste momento. A operação foi perfeita. Obrigado por todas as mensagens de carinho", escreveu Ramón Díaz.

Filho no comando do Bota. (Foto: Gabriel Baron/Botafogo)
Filho no comando do Bota. (Foto: Gabriel Baron/Botafogo)
O Botafogo também poderá ter novidades em campo. O goleiro Gatito Fernández foi suspenso por três jogos pelo STJD, pelo chute desferido no equipamento do VAR. Com isso, Diego Cavalieri, recuperado da covid-19, deverá assumir o gol. O atacante Kelvin, com edema muscular, está entregue ao departamento médico e não jogará. Já o volante Rentería deixou o DM e está à disposição. Honda e Pedro Raul, poupados por desgaste, também estão aptos a jogar.

MUDANÇA PAULISTA!
É fato que o comandante irá mexer no time em relação aos 11 do jogo passado. Barbieri não gostou de ter escalado dois centroavantes juntos. Assim, o recém-contratado Helinho poderá ganhar uma chance. Ele briga pela vaga com Cuello.

Artur e Ytalo seguem como titulares, enquanto Jan Hurtado está com a Venezuela disputando a Eliminatória Sul-americana. Outra novidade será vista no meio-campo. Com Lucas Evangelista suspenso, Claudinho retoma sua posição. Ele cumpriu suspensão na rodada passada.

Hora de vencer fora de casa. (Foto: Divulgação)
Hora de vencer fora de casa. (Foto: Divulgação)

"Não vamos mudar a maneira de atuar, entendemos que temos que atuar assim dentro e fora de casa. É o que a gente acredita que vai nos aproximar cada vez mais dos resultados. Isso que vamos fazer nos próximos confrontos fora de casa, tentando ajustar todos esses detalhes que temos conversado aqui para chegar melhor, chegar mais forte nesses jogos de confronto direto que são fundamentais para nós", completou Barbieri.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
21ª rodada
Data
16/11/2020
Horário
20h00
Local
Engenhão - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro
Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes
Guilherme Dias Camilo (MG) e Ivan Carlos Bohn (PR)

Cartões Amarelos
Red Bull Bragantino-SP: Léo Ortiz, Cuello, Helinho

Gols
Botafogo-RJ: Matheus Babi 43' 1T
Red Bull Bragantino-SP: Ytalo 45' 1T, Claudinho 40' 2T
Botafogo-RJ
Diego Cavalieri;
Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luís;
Zé Wellison, Caio Alexandre (Pedro Raul), Honda, Eber Bessa (Davi Araujo) e Bruno Nazário (Rhuan);
Matheus Babi (Kalou)
Técnico: Emiliano Díaz (auxiliar)
Red Bull Bragantino-SP
Cleiton;
Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Weverson (Luan Candido);
Ricardo Ryller (Matheus Jesus), Raul e Cuello (Helinho);
Artur, Ytalo (Chrigor) e Claudinho (Fabricio Bruno).
Técnico: Maurício Barbieri