Corinthians 1 x 2 Atlético-MG - De virada, Galo vence e é o novo líder do Brasileirão

Mesmo após começar atrás no placar, Atlético-MG teve paciência para empatar e garantir mais três pontos no campeonato

por Agência Estado

São Paulo, SP, 14 - O Corinthians começou bem e terminou mal. Após um bom primeiro tempo, quando não deixou o Atlético-MG criar quase nada, o time cansou na etapa final, afrouxou a marcação e acabou perdendo de virada, por 2 a 1, neste sábado à noite, na Neo Química Arena. Com isso, continua no meio da tabela, com 25 pontos, enquanto o Galo reassumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, com 38 pontos.

VEJA OS GOLS DA VIRADA DO GALO

DESFALQUES NO TIMÃO

O fato de não poder contar com vários jogadores - Jô e Mateus Vital estão com covid, Otero serve à seleção venezuelana, Xavier cumpriu suspensão, Fábio Santos não pôde jogar por força de contrato, e Cazares, Danilo Avelar e Mantuan estão contundidos -, não levou o técnico Vagner Mancini a montar o time de maneira predominantemente defensiva.

Claro que o Corinthians se esmerou na marcação, em todos os setores do campo, para impedir o Atlético de ter conforto para criar jogadas. E também para inibir a costumeira pressão que o time de Jorge Sampaoli faz sobre os adversários em grande parte dos jogos. Muitas vezes, dois corintianos estavam em cima do adversário que tinha a bola. O Corinthians, no entanto, foi mais do que isso.

O time jogou com rapidez, objetividade e trocou os passes laterais, que normalmente são poucos eficientes, por um jogo vertical. Com isso, incomodou o time mineiro, forçando vários erros de seus jogadores. E explorou sobretudo o lado direito, aproveitando os espaços dados por Guilherme Arana, velho conhecido dos corintianos

PROTESTO NA ARENA
Antes do início da partida, um protesto: os jogadores dos dois times entraram em campo segurando camisas com o número 23, para lembrar que a cada 23 minutos, em média, morre um jovem negro no Brasil.

Os dois times marcaram muito durante os 90 minutos de jogo
Os dois times marcaram muito durante os 90 minutos de jogo

GOL LOGO NO INÍCIO
O gol do Corinthians saiu logo no início do jogo, 5 minutos, em consequência de uma jogada bem trabalhada. Luan, da meia esquerda, lançou Ramiro do outro lado. Dentro da área, ele tocou para Davó, que penetrava em velocidade, marcar.

A vantagem corintiana saiu logo depois de um erro do árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira, que na jogada anterior ignorou um pênalti em Gil no estreante Vargas - o zagueiro puxou o chileno na área, após perder na corrida. Dalonso mandou o lance seguir e o VAR não se manifestou.

A intensidade do Corinthians surpreendeu o Atlético, que teve mais posse de bola e até chegou algumas vezes, mas errou o alvo. O Corinthians teve outras chances também, mas não soube ampliar.

O jogo não mudou taticamente na parte inicial do segundo tempo. O Corinthians continuou marcando forte, impedindo o Atlético de fazer o jogo em velocidade que gosta. Sampaoli inverteu seus jogadores de frente, colocando Vargas pelo lado esquerdo e Keno pela direita, mas nem isso dava resultado. O problema é que o time paulista também não conseguia mais chegar ao gol adversário.

Vargas deu a assistência para o gol de Guilherme Arana
Vargas deu a assistência para o gol de Guilherme Arana

GALO VOLTA PARA O JOGO
Até que aos 15 minutos, numa jogada que começou com cobrança de lateral, Fagner afastou mal, Arana ganhou o rebote, tabelou com Vargas e bateu cruzado, rasteiro, para empatar.

Isso encorajou o Atlético. Sampaoli tornou o time mais ofensivo, ao mesmo tempo em que o Corinthians dava sinais de desgaste, o que teve como consequência um afrouxamento da marcação. O time mineiro, melhorou no jogo, passou a pressionar e a criar chances.

Mancini reagiu, com Éderson e o estreante Jonathan Cafu, que entrou pelo lado esquerdo do ataque, para tentar voltar a incomodar o Atlético. Não deu certo, e o time mineiro virou quando Keno passou como quis por Cafu e cruzou para Marrony virar o jogo com um toque certeiro.

Depois, o Atlético-MG tratou de segurar o bom resultado e o Corinthians, mais uma vez, não teve forças para reagir.

PRÓXIMOS JOGOS
O Corinthians voltará a campo no domingo, dia 22, quando receberá o Grêmio, às 20h30, na Neo Quimica Arena, em São Paulo. Já o Atlético-MG jogará já na quarta-feira contra o Athletico-PR, às 19 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte, em partida adiada da competição.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
21ª rodada
Data
14/11/2020
Horário
19h00
Local
Neo Química Arena - São Paulo (SP)
Árbitro
Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)

Assistentes
Alex dos Santos (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)

Cartões Amarelos
Corinthians-SP: Roni, Matheus Davó, Ramiro
Atlético-MG: Jair, Keno, Vargas, Réver

Gols
Corinthians-SP: Matheus Davó 5' 1T
Atlético-MG: Guilherme Arana 15' 2T, Marrony 37' 2T
Corinthians-SP
Cássio;
Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton;
Gabriel (Cantillo), Roni (Éderson), Luan e Ramiro (Araos);
Everaldo (Léo Natel) e Matheus Davó (Jonathan Cafu).
Técnico: Vagner Mancini
Atlético-MG
Everson;
Guga, Réver, Igor Rabello e Guilherme Arana;
Allan, Jair e Zaracho (Nathan);
Vargas (Bueno), Keno (Hyoran) e Eduardo Sasha (Marrony).
Técnico: Jorge Sampaoli