CBF aumenta limite de inscrição de atletas no Brasileirão e veta público no estádio

A entidade, em acordo com os clubes, tomou algumas decisões nesta sexta-feira

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 16 (AFI) - Em reunião virtual realizada nesta sexta-feira entre clubes e integrantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ficou definido o aumento do número de inscrições de jogadores no Campeonato Brasileiro. Agora, cada equipe poderá registrar 50 atletas, mais dez do que era permitido.

A justificativa do aumento foi a Covid-19. Muitos times se sentiram prejudicados por desfalques de atletas contaminados. Além disso, a nova janela de transferência que se abriu fará com que as equipes possam se reforçar, isso também foi levado em conta ao permitir o aumento de inscrições.

Sede da CBF
Sede da CBF
No entanto, a medida é exclusiva da Série A do Campeonato Brasileiro. O aumento de registros não foi aprovado nas Séries B e C do torneio nacional.

PÚBLICO NO ESTÁDIO
Os dirigentes debateram, desta vez, sem conflito, sobre a presença de público nos estádios. Os times de São Paulo deixaram claro que ainda não receberam a permissão do governo para ter torcedores nos jogos e, por isso, o debate teria que ficar para uma próxima oportunidade.

Os times, em sua maioria, concordaram. Com isso, o debate só será retomado quando todas equipes tiverem permissão para colocarem público nos estádios.