Fluminense 1 x 2 Flamengo - Mengão engata 4ª vitória e já é vice-líder

Com um primeiro tempo muito superior ao rival, o Rubro-Negro abriu boa vantagem e venceu mais uma vez no Maracanã

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 09 (AFI) - Sem fazer muita força, o Flamengo dominou e venceu o Fluminense por 2 a 1 nesta quarta-feira, no Maracanã, em duelo da nona rodada do Campeonato Brasileiro. O time rubro-negro decidiu o clássico com dois gols no primeiro tempo e ampliou a boa fase ao chegar à quarta vitória consecutiva no campeonato.

Há sete jogos sem perder, o Flamengo foi aos 17 pontos e subiu para a vice-liderança do Brasileirão. Tem a mesma pontuação que o líder Internacional, mas o time gaúcho possui saldo de gols superior e ainda entra em campo nesta quinta-feira.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS

FLU SEM VENCER
O Fluminense, por outro lado, chegou à terceira partida sem vencer, sendo dois reveses seguidos, e parou nos 11 pontos, na nona colocação. Deve perder mais posições ao final da rodada.

O Fla-Flu desta quarta foi o mais desequilibrado disputado neste ano. Ao contrário dos duelos anteriores pelo Campeonato Carioca, o Flamengo sobrou diante de um frágil e inócuo Fluminense e definiu o triunfo ainda no primeiro tempo, na base do talento, da organização tática e da sintonia ofensiva.


Filipe Luis comemora o primeiro gol (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Filipe Luis comemora o primeiro gol (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

MENGÃO COMEÇA DOMINANDO
Aos sete minutos, Isla cruzou na área e Arrascaeta cabeceou para a defesa de Muriel. No rebote, Filipe Luís, bem colocado, mandou para as redes e abriu o placar. O lateral marcou seu segundo gol no ano.

Bem compacto, o time rubro-negro, não deu espaço ao rival e continuou atacando. Destaque, na primeira etapa, para a atuação de Thiago Maia, que comandou o meio de campo e cobriu as subidas de Isla.

SÓ UMA CHEGADA
A única chegada com perigo da equipe tricolor saiu dos pés de Wellington Silva. O atacante finalizou de primeira e a bola raspou a trave direita. Os anfitriões ficaram pouco com a bola, tiveram muita dificuldade para criar e não encontraram espaços na defesa adversária.

Gabigol fez cinco gols em cinco jogos
Gabigol fez cinco gols em cinco jogos
O Flamengo chegou ao segundo gol mesmo sem acelerar muito. Contou com a falha de Muriel para ampliar.

No lance, Arrascaeta cobrou falta na área, o goleiro saiu mal e espalmou a bola nos pés de Gabriel, que concluiu com precisão e aumentou a vantagem.

NÃO DEU PARA O FLU
No segundo tempo, o time rubro-negro teve possibilidades para transformar o placar em goleada e impor um derrota dolorida ao rival.

No entanto, o time do técnico Domènec Torrent reduziu o ritmo e, em muitos momentos, foi displicente e não teve eficiência e nem objetividade para marcar mais vezes.

O Flamengo terminou a partida com 14 conclusões, sete no gol, e contou com muito espaço em campo para chegar ao ataque e balançar as redes outras vezes. Porém, mostrou-se desconcentrado e quis caprichar demais. Everton Ribeiro chegou a fazer o terceiro, mas Isla, autor da assistência, estava impedido e a arbitragem invalidou o tento.

TÉCNICO DO MENGO FALA SOBRE ESQUEMA TÁTICO

A conduta pouco competitiva do Flamengo nos últimos 45 minutos quase colocou tudo a perder, já que, no final, o Fluminense, que não tinha assustado o goleiro Gabriel Baptista uma vez sequer na etapa final, conseguiu diminuir com Digão.

Após cobrança de escanteio, o zagueiro cabeceou livre e reduziu a desvantagem aos 46 minutos. Não havia, porém, tempo para mais nada.

PRÓXIMOS JOGOS
As duas equipes entram em campo no próximo domingo. Às 16 horas, o Fluminense recebe o Corinthians, no Maracanã. Às 18 horas, o Flamengo visita o Ceará no Castelão, em Fortaleza. Os dois jogos são válidos pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
9ª rodada
Data
09/09/2020
Horário
21h30
Local
Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro
Raphael Claus (SP)

Assistentes
Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back (SP)

Gols
Fluminense-RJ: Digão 47' 2T
Flamengo-RJ: Filipe Luís 7' 1T, Gabigol 33' 1T
Fluminense-RJ
Muriel;
Calegari, Digão, Luccas Claro e Egídio;
Yuri Lima (Yago Felipe), Dodi, Michel Araújo (Caio Paulista), Fernando Pacheco (Fred) e Nenê (Luiz Henrique);
Wellington Silva (Marcos Paulo).
Técnico: Odair Hellmann
Flamengo-RJ
Gabriel Batista;
Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís;
Thiago Maia (Michael), Gerson, Diego (Willian Arão), Arrascaeta (Vitinho) e Everton Ribeiro (Ramon);
Gabigol.
Técnico: Domènec Torrent