Coritiba 0 x 1 Atlético-MG - Sasha deixa Galo a dois pontos da liderança!

Segundo triunfo seguido colocou o Galo na terceira colocação com 15 pontos, a dois do Internacional

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 06 (AFI) - O Atlético-MG venceu o Coritiba, por 1 a 0, neste domingo, em pleno Estádio Couto Pereira, em Curitiba, e ficou a dois pontos da liderança do Campeonato Brasileiro. Eduardo Sasha fez o gol da vitória pela oitava rodada.

O segundo triunfo seguido colocou o Galo na terceira colocação com 15 pontos, a dois do Internacional. Os mineiros, no entanto, têm um jogo a menos. O Coritiba, por outro lado abre a zona de rebaixamento, na 17ª colocação com sete pontos.

VEJA O GOL DA VITÓRIA

NAS ONDAS...
A partida em Curitiba teve transmissão da Rádio Futebol Interior em parceria com a Rádio Super FM 91,7 de Belo Horizonte. A narração foi de Pedro Abílio, com comentários de Lélio Gustavo e reportagem de Roberto Abras. A apresentação ficou a cargo de Léo Campos.

PROTESTO!
Jogadores de Coritiba e Atlético-MG cruzaram os braços por alguns segundos após o apito inicial do árbitro Diego Pombo Lopes (BA) em protesto aos atos de violência cometidos por alguns vândalos a jogadores e profissionais do Figueirense.

CONFUSÃO!
Antes do jogo, já com os times em campo, o árbitro pediu para que um dos dois times trocasse de uniforme com receio de dar confusão nas cores. O Coritiba alegou que era o mandante e poderia atuar com sua camisa. O Galo, porém, não quis trocar. Se o Coxa jogou com seu uniforme tradicional - branco com faixa verde no peito -, o Atlético atuou com a camisa listrada, shorts branco e meião preto.

BOLA EM JOGO...

Depois de tudo isso, a bola rolou, mas demorou para os times acordarem. A primeira boa chance veio só aos 18 minutos. Savarino cruzou na medida para Keno que, mesmo livre, errou a cabeçada e perdeu a primeira oportunidade do Galo.

É gol do Galo! Gol de Sasha! (Foto: Divulgação)
É gol do Galo! Gol de Sasha! (Foto: Divulgação)

Aos 22 minutos, Guga pegou a bola na entrada da área e mandou um petardo no travessão do Coxa. A bola ainda tocou em cima da risca, mas não entrou totalmente. De tanto pressionar, o Galo abriu o marcador. Aos 30 minutos, Eduardo Sasha pegou rebote da cabeçada de Igor Rabello na trave e meteu pra dentro.

TROCA DE CAMISAS!
No segundo tempo não teve polêmica. O Coritiba voltou com a camisa verde, enquanto o Atlético colocou a camisa branca. Mudança de camisa e de atitude. O Coritiba acordou e foi em busca do empate.

Aos 9 minutos, Robson cabeceou firme, mas Rafael fez grande defesa. No rebote, Sassá chutou com o gol aberto, mas Guga conseguiu evitar o empate. A resposta do Galo veio aos 11 minutos. Keno recebeu nas costas da zaga e, mesmo livre, errou o alvo.

Aos 23 minutos, Hugo Moura mandou um petardo e a bola assustou Rafael. Quase o empate do Coxa. Quatro minutos depois, o Coxa criou mais uma chance. Robson fez boa jogada e chutou com perigo. Aos 46 minutos, o goleiro Wilson foi ao ataque e, no contra-ataque, Marrony chutou fraca para o gol. Savarino ficou com a bola e conseguiu perder o gol sem goleiro.

SAMPAOLI VÊ PRESSÃO NO FINAL

PRÓXIMOS JOGOS
Na nona rodada, o Coritiba visitará o Goiás na Serrinha na próxima quarta-feira, às 18 horas. O Atlético, por sua vez, fará o duelo de alvinegros contra o Santos, no mesmo dia, mas às 21h30, na Vila Belmiro.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
8ª rodada
Data
06/09/2020
Horário
20h30
Local
Couto Pereira - Curitiba (PR)
Árbitro
Diego Pombo Lopes (BA)

Assistentes
Alessandro Rocha de Matos (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)

Cartões Amarelos
Coritiba-PR: Robson
Atlético-MG: Jair, Júnior Alonso, Savarino

Gols
Atlético-MG: Eduardo Sasha 30' 1T
Coritiba-PR
Wilson;
Jonathan (Natanael), Sabino, Rodolfo Filemon e William Matheus;
Matheus Sales, Matheus Galdezani (Igor Jesus), Matheus Bueno (Giovanni) e Giovanni Augusto (Hugo Moura);
Robson e Sassá e Yan Sasse
Técnico: Jorginho
Atlético-MG
Rafael;
Guga, Igor Rabello, Junior Alonso e Allan;
Jair, Alan Franco (Bueno) e Hyoran (Guilherme Arana);
Savarino, Keno (Marquinhos) e Eduardo Sasha (Marrony).
Técnico: Jorge Sampaoli