Corinthians 0 x 2 Palmeiras - Será a despedida de Tiago Nunes?

Verdão chegou ao 13º jogo de invencibilidade em 2020 e encerrou um jejum de dois anos sem ganhar do maior rival

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 10 (AFI) - O Palmeiras manteve a invencibilidade de 13 jogos na temporada e encerrou um jejum de dois anos sem ganhar do seu maior rival na noite desta quinta-feira ao vencer o Corinthians, por 2 a 0, na Neo Química Arena, pela nona rodada do Brasileirão.

Invicto, o Palmeiras chegou aos 16 pontos e encostou nos líderes, pulando para o quarto lugar. Por outro lado, o Corinthians estacionou nos nove e é o 13º colocado. Ambos ainda estão com um jogo pendente.

CHANCE LÁ E CHANCE CÁ
Os dois times começaram o clássico se estudando, mas não demorou para aparecer a primeira chance real de gol. Aos 11, Luiz Adriano cortou parcialmente cobrança de escanteio e Otero pegou de primeira. A bola explodiu no travessão de Weverton. Na sequência, o venezuelano cobrou falta com força e o goleiro palmeirense segurou.

Aos 23, Zé Rafael arriscou de fora da área e mandou para fora. Depois foi a vez de Gustavo Gómez subir e cabecear para defesa em dois tempos de Cássio. A melhor chance do Palmeiras viria aos 29 minutos em contra-ataque puxado por Zé Rafael. Wesley bateu rasteiro e o goleiro corintiano salvou.

Jogadores do Palmeiras comemoram o gol de Luiz Adriano (Foto: Cesar Greco)
Jogadores do Palmeiras comemoram o gol de Luiz Adriano (Foto: Cesar Greco)
MUDOU O JOGO
Quando parecia que o primeiro tempo terminaria empatado, Wesley foi lançado e bateu em cima de Cássio. No rebote, Matías Viña chutou e a bola ia para fora, mas Fagner achou que entraria e tirou com a mão. O árbitro assinalou pênalti e expulsou o lateral. Luiz Adriano cobrou bem, deslocando Cássio.

FECHOU O CAIXÃO

Na volta do intervalo, o Palmeiras pressionou o Corinthians e criou duas boas chances nos primeiros dez minutos. Lucas Lima arriscou de fora da área e Cássio espalmou para escanteio. Na sequência, Gabriel Menino recebeu em boas condições e foi travado na hora do chute.

A resposta do Corinthians veio em falta cobrada por Otero e defendida por Weverton. No entanto, aos 19 minutos, Willian recebeu lançamento de Lucas Lima e bateu cruzado. Com o gol aberto, Gabriel Verón ampliou para o Palmeiras.

O Corinthians ainda tentou diminuir com Michel Macedo, mas a bola foi na rede pelo lado de fora. Nos minutos finais, Danilo Avelar recebeu o segundo amarelo e deixou o time alvinegro com dois a menos.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no domingo, pela décima rodada. O Corinthians enfrenta o Fluminense, às 16 horas, no Maracanã, e Palmeiras recebe o Sport, às 19h45, no Allianz Parque.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
9ª rodada
Data
10/09/2020
Horário
19h15
Local
Neo Química Arena - São Paulo (SP)
Árbitro
Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes
Alessandro Rocha de Matos (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)

Cartões Amarelos
Corinthians-SP: Ramiro, Otero, Danilo Avelar
Palmeiras-SP: Zé Rafael, Mayke

Cartões Vermelhos
Corinthians-SP: Fagner, Danilo Avelar
Gols
Palmeiras-SP: Luiz Adriano 41' 1T, Gabriel Verón 19' 2T
Corinthians-SP
Cássio;
Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton;
Camacho, Cantillo, Ramiro, Araos e Otero;
Jô.
Técnico: Tiago Nunes
Palmeiras-SP
Weverton;
Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña;
Patrick de Paula, Gabriel Menino, Lucas Lima e Zé Rafael;
Gabriel Veron (Wesley) e Luiz Adriano.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo