Ceará 2 x 0 Flamengo - Vozão freia reação do Rubro-Negro e volta a vencer no Brasileirão

Em duas jogadas aéreas bem parecidas, Luiz Otávio e Charles fizeram os gols que deram a vitória para os donos da casa

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 13 (AFI) - Com um começo de segundo tempo avassalador com dois gols em dez minutos, o Ceará conseguiu voltar a vencer no Brasileirão. No começo da noite deste domingo (13), em partida válida pela 10ª rodada, o Vozão recebeu e venceu o Flamengo, pelo placar de 2 a 0, na Arena Castelão em Fortaleza.

O resultado freia a reação do Rubro-Negro que vinha de quatro vitórias seguidas.

Com o resultado, o Flamengo segue no G4, mas perde a vice-liderança, ficando na terceira colocação com 17 pontos ganhos. Já o Ceará, que vinha de duas derrotas seguidas, conseguiu se reabilitar para subir na tabela. Agora com 13 pontos, o time alvinegro aparece na nona colocação.

VEJA MELHORES MOMENTOS E GOLS

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o Ceará começou a partida com mais posse de bola e tomando as rédeas do duelo. Tanto que logo aos oito minutos, criou a primeira chance real de gol.

Charles aproveitou a sobra e arriscou uma bomba de fora da área, mas a bola acabou pegando muita força e saindo rente a trave direita. A resposta do Flamengo veio aos 11, quando Michael lançou Isla pela direita, que cruzou na área de primeira e encontrou Gabigol, que testou firme, mas mandou para fora.

De cabeça, Luiz Otávio marcou o primeiro gol da vitória
De cabeça, Luiz Otávio marcou o primeiro gol da vitória

BEM EQUILIBRADO
A partir daí, o duelo passou a ficar bastante equilibrado no meio-campo, mas ambas as equipes seguiram buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário.

Aos 32 minutos, Vinicius aproveitou um cruzamento, mas mesmo de frente para o gol, acabou cabeceando fraco, perdendo uma boa chance para o Ceará.

Minutos depois, aos 34, foi a vez do Flamengo ficar perto de tirar o zero do placar em um chute de Michael da entrada da área, que saiuà esquerda do gol de Prass. Por isso, o primeiro tempo terminou empatado sem gols.

SEGUNDO TEMPO
O Ceará voltou do intervalo avassalador e nos dez primeiros minutos do segundo tempo, marcou dois gols e ficou bem perto de ficar com os três pontos. Aos quatro minutos, depois de um escanteio cobrado na área, Luiz Otávio subiu entre os zagueiros do Flamengo e cabeceou no cantinho do goleiro César, que só viu a bola entrar.

Já aos 10, em uma jogada bem parecida, Charles aproveitou um cruzamento na área, se adiantou a defesa adversária e desviou de perna esquerda para o gol, ampliando para os donos da casa.

BOAS CHANCES
Depois disso, o Ceará passou a administrar bem o resultado, dominando o jogo no meio campo. Do outro lado, o Flamengo fez algumas substituições e passou a fazer pressão, buscando pelo menos o gol de honra.

A melhor chance veio aos 32. Diego fez pela jogada pelo meia e tocou para Vitinho que vinha pelo lado esquerdo. O atacante foi para cima dos marcadores, invadiu a área e finalizou de perna direita, mas acabou parando em uma boa defesa de Fernando Prass. No rebote, Diego cabeceou por cima do gol. Nos minutos finais, o time visitante seguiu em cima, mas o duelo terminou mesmo com a vitória dos mandantes por 2 a 0.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo em momentos destintos para a disputa da próxima rodada do Brasileirão. No sábado (19), o Ceará visita o Red Bull Bragantino, às 19h, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela 11ª rodada.

Já o Flamengo, que tem Libertadores no meio de semana, só volta a jogar a competição nacional no próximo dia 27 quando encara o Palmeiras, em São Paulo.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
10ª rodada
Data
13/09/2020
Horário
18h00
Local
Arena Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Marielson Alves Silva (BA)

Renda
--
Assistentes
Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
Ceará-CE: Ricardinho

Gols
Ceará-CE: Luiz Otávio 4' 2T, Charles 9' 2T
Ceará-CE
Fernando Prass;
Samuel Xaiver, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco;
Charles, Ricardinho (Marthã), Fernando Sobral, Vinicius (Lima) e Leandro Carvalho (Matheus Gonçalves);
Cléber (Bergson).
Técnico: Guto Ferreira
Flamengo-RJ
César;
Isla (Matheuzinho), Gustavo Henrique, Léo Pereira e Renê;
Willian Arão, Thiago Maia (Diego) e Everton Ribeiro;
Machael (Pedro), Gabigol e Vitinho (Lincoln).
Técnico: Domenec Torrent