Faixa de torcida contra o VAR paralisa clássico no Nordeste

Árbitro Flávio Rodrigues de Souza parou Clássico-Rei aos 21 do primeiro tempo

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 10 (AFI) – O clássico Fortaleza x Ceará teve uma linda festa da torcida com mosaicos antes da entrada das equipes. Além da festa, Clássico-Rei foi marcado por um fato curioso.

O árbitro Flávio Rodrigues de Souza paralisou a partida ainda no primeiro tempo, aos 21 minutos, após ver uma faixa da torcida do Fortaleza que protestava contra o VAR. A faixa tinha os dizeres "Parem! Var já chega!".

Torcida do Fortaleza protesta. Foto: Reprodução TV
Torcida do Fortaleza protesta. Foto: Reprodução TV

Ele pediu para a faixa ser retirada e, após isso, deu continuidade ao clássico, conforme orientação da CBF.

O Tricolor é o mandante do confronto, tendo direito a 70% da capacidade do estádio.

DUELO DE MOSAICOS

As duas torcidas fizeram uma bonita festa antes da partida. A torcida do Fortaleza fez três mosaicos. O primeiro com jornais com manchetes de grandes vitórias sobre o Ceará com a frase "A história conta". Outro com a frase "La Casa do Troféu", em alusão aos títulos da Copa do Nordeste, Campeonato Cearense e Série B.

O último com o símbolo da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF) nas cores vermelho, azul e branco.

A torcida do Ceará levou um mosaico intitulado "Supremacia", com histórico do Clássico-Rei, que tem vantagem do Vovô, além dos artilheiros Mota e Sérgio Alves. Também foi mostrado o nome da Torcida Organizada do Ceará (TOC) e caixões que lembravam os oito anos do Fortaleza na Série C.