CAIU! Depois de goleada, time da Série A anuncia demissão de treinador

Fabio Carille não resistiu a goleada sofrida para o Flamengo por 4 a 1 e deixa Timão

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 03 (AFI) - A derrota por 4 a 1 para o Flamengo colocou fim ao ciclo do técnico Fabio Carille no Corinthians. O treinador foi comunicado no vestiário que estava fora.

Com a goleada sofrida no Rio de Janeiro, o Corinthians chegou a oito jogos sem vencer (quatro derrotas e quatro empates) e o treinador não resistiu.

Treinador está fora após péssima sequencia
Treinador está fora após péssima sequencia

O presidente Andres Sánchez deixou claro que Carille foi demitido e não entregou o cargo.

"Nós tiramos. Foi uma conversa, toda conversa de demissão é triste, ainda mais de um treinador que tem história grande no Corinthians, mas tivemos de tomar essa decisão", disse o dirigente.

Carille tinha contrato com o Corinthians até dezembro do ano que vem e a multa para mandá-lo embora é de cerca de R$ 6 milhões. Andres admite a dívida, mas diz que depois vai resolver como pagá-la.

"Como ele disse, se precisar vamos de Casas Bahia (pagar em prestação). O Corinthians tem suas dificuldades financeiras, mas não era uma multa que segurava", completou.

MAIS SAÍDAS
O dirigente disse que mais gente deixar o clube esta semana;

"Vai ficar pouca gente. Nome não vou falar para especular. Vai sair três ou quatro nomes amanhã. Para amanhã vai ser difícil, mas vamos tentar. Vai ter mudanças drásticas", concluiu.

NÚMEROS
O treinador deixa o clube em sua segunda passagem, que teve início no começo desta temporada. Neste ano, foram 70 jogos, sendo 27 vitórias, 25 empates e 18 derrotas. No total, Carille tem pelo Corinthians 183 jogos, sendo 86 vitórias, 56 empates e 41 derrotas.

Na primeira passagem, Carille conquistou o Campeonato Brasileiro de 2017 e o Paulistão de 2017 e 2018. No meio do ano passado, ele deixou o clube e foi trabalhar na Arábia Saudita. No fim do ano passado, retornou ao Corinthians e conquistou mais uma vez o Paulistão.

MUDANÇA DO TREINADOR
Mas tudo mudou durante o Brasileirão, principalmente nas últimas rodadas. O treinador passou a criticar e cobrar publicamente o elenco corintiano, algo que desagradou os jogadores e membros da diretoria.

A situação do treinador era insustentável. Os jogadores não estavam insatisfeitos com sua conduta e sua prepotência era vista como um empecilho dentro do clube.

QUEM VEM?
A tendência é que o Corinthians seja comandado na quarta-feira, contra o Fortaleza, pelo auxiliar Fabinho ou por Dyego Coelho. Os dois trabalhavam como auxiliares de Carille. Andres não quis adiantar quem irá dirigir o time na sequência da temporada. "Vamos atrás de um treinador, mas não dá para chegar essa semana. Vamos atrás, mas vai sair bastante gente", avisou.

Sylvinho, revelado nas categorias de base do clube e recentemente demitido do Lyon, da França, surge como substituto. Thiago Nunes, do Athletico Paranaense, também agrada a diretoria.