Ceará x Athletico-PR - Com Argel Fucks, Vozão sonha com a permanência

Equipes se enfrentam na noite deste sábado, às 19h, no Castelão, em Fortaleza (CE), pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 29 (AFI) - O técnico Argel Fucks trocou o CSA pelo Ceará, na madrugada de quinta para sexta-feira, num dos movimentos mais curiosos dos últimos tempos no Campeonato Brasileiro. A estreia dele acontece na noite deste sábado, às 19h, no Castelão, em Fortaleza (CE), pela 36.ª rodada, diante do Athletico Paranaense.

Os donos da casa aparecem no 16.º lugar, com 37 pontos, quatro atrás do Fluminense, primeiro time à sua frente. A zona de rebaixamento, além do mais, é composta por Cruzeiro (36), CSA (32), Chapecoense (28) e Avaí (18).

Os visitantes, por outro lado, não almejam mais nada, já que venceu a Copa do Brasil, garantindo a vaga na fase de grupos da próxima Libertadores, enquanto o Flamengo conquistou o Brasileirão. Mesmo assim, o Furacão é quinto, com 59 pontos.

No primeiro turno, Athletico venceu o Ceará por 1 a 0 - Foto: Miguel Locatelli / CAP
No primeiro turno, Athletico venceu o Ceará por 1 a 0 - Foto: Miguel Locatelli / CAP
O VOZÃO
“Com todo respeito ao CSA, o Ceará está um degrau acima. O CSA era um clube que estava há 30 anos sem jogar Série A, menor investimento. A gente passa para um patamar diferente. No Ceará há estrutura operacional, vários campos, o roupeiro trabalhou comigo, o nutricionista, vários jogadores. A gente vai colocando na balança”.

Foi dessa forma que o técnico Argel Fucks justificou a escolha por trocar o CSA pelo Ceará na reta finalíssima do Campeonato Brasileiro. O comandante, inclusive, já trabalhou no novo clube nesta sexta-feira, quando optou por não fazer mistério e revelou a equipe que levará a campo.

O volante Willian Oliveira, o meia Lima e o atacante Leandro Carvalho entram no time nos lugares de Ricardinho, Pedro Ken e Chico. Além disso, o lateral-direito Samuel Xavier, suspenso, será substituído por Cristovam.

O FURACÃO
"Não tem segredo. Os jogadores estão focados em ajudar um ao outro. Sabemos que fora de casa não estamos produzindo muito, mas vamos tentar melhorar isso. Precisamos estar muito atentos porque o Ceará está jogando pela permanência e não será fácil. Vamos respeitar, mas também temos nosso objetivo, que é terminar no G4"
, disse o técnico Eduardo Barros.

Nesta partida, aliás, o comandante do Athletico Paranaense não terá o volante Wellington e o meia-atacante Nikão, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, o meia Thonny Anderson e o lateral-direito Madson retornam e devem ser titulares.

O setor ofensivo pode ser formado com Vitinho, Rony e Marco Ruben, pois Marcelo Cirino será poupado, assim como o lateral Márcio Azevedo, que dará lugar a Abner Vinícius e o zagueiro Léo Pereira, que será substituído por Bambu. Léo Cittadini também pode ganhar posição no meio, com Lucho González voltando para o banco.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
36ª rodada
Data
30/11/2019
Horário
19h00
Local
Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (PB)

Renda
R$ 172.676,00
Assistentes
Neuza Ines Back (SP) e Daniel Luis Marques (SP)

Público
23.687 pagantes (24.262 total)
Cartões Amarelos
Ceará-CE: Thiago Galhardo, Valdo, Willian Oliveira, Cristovam, João Lucas, Mateus Gonçalves
Athletico -PR: Robson Bambu, Vitinho

Cartões Vermelhos
Athletico -PR: Vitinho
Gols
Ceará-CE: Mateus Gonçalves 42' 2T
Athletico -PR: Madson 48' 2T
Ceará-CE
Diogo Silva;
Cristovam, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas;
Fabinho, William Oliveira (Ricardinho), Leandro Carvalho (Bergson), Felipe Baxola (Mateus Gonçalves) e Lima;
Thiago Galhardo.
Técnico: Argel Fucks
Athletico -PR
Santos;
Madson, Robson Bambu, Thiago Heleno e Abner Vinícius;
Camacho, Erick e Léo Cittadini (Vitinho);
Braian Romero, Marco Ruben (Lucho Gonzalez) e Thonny Anderson (Rony).
Técnico: Eduardo Barros