Athletico-PR 1 x 0 Botafogo - Furacão vence e complica rival na tabela

O único gol da partida foi marcado pelo jovem Thonny Anderson, já no segundo tempo da partida

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 17 (AFI) - O Athletico-PR voltou a confirmar a fama de mandante indigesto neste domingo à noite, quando venceu o Botafogo, por 1 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Tonny Anderson.

O resultado é importante para a manutenção do Athletico-PR na parte de cima da tabela. Mesmo após a saída de Tiago Nunes, que será treinador do Corinthians em 2020, o clube segue atuando bem e conquistando ótimos resultados sob o comando do interino Eduardo Barros. São oito jogos sem derrota.

A vitória deste domingo deixou o time paranaense na quinta posição, agora com 53 pontos ganhos. Lembrando que o Athletico, campeão da Copa do Brasil, já tem vaga garantida na Libertadores do ano que vem. Já o Botafogo, com a derrota permanece com os mesmos 36 pontos, agora em 14.º.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS DO JOGO !

SÓ DEU FURACÃO
Como esperado, o Athletico-PR entrou em campo com postura ofensiva e criou as melhores oportunidades do primeiro tempo. Aos 21 minutos, o VAR entrou em ação e acusou toque de mão de Igor Cássio, do Botafogo, dentro da área. Pênalti assinalado pelo árbitro. Na cobrança, Marcelo Cirino chutou para fora, desperdiçando a melhor chance do jogo.

O Botafogo criou muito pouco e teve sua melhor oportunidade aos 43 minutos, quando Léo Valencia levantou bola na área e o experiente Cícero cabeceou rente à trave direito do goleiro Diego Cavalieri, já batido no lance.

Furacão venceu com gol do jovem Tonny Anderson
Furacão venceu com gol do jovem Tonny Anderson
Furacão venceu com gol do jovem Tonny Anderson

VAR EM AÇÃO E GOL
No segundo tempo, o Athletico-PR aumentou o ritmo e logo aos cinco minutos perdeu chance incrível. Rony fez jogada individual e tocou para Nikão. O jogador, mesmo sem goleiro, pegou mal na bola e finalizou para fora. Lance inacreditável na Arena da Baixada.

Porém, aos 13 minutos os paranaenses abriram o placar. Novamente pelos pés de Rony, o atacante invadiu a área e tocou para Thonny Anderson, que finalizou com a perna esquerda e mandou a bola no canto de Diego Cavalieri, que até tocou na bola antes de entrar.

NÃO VALEU
O Athletico-PR chegou a marcar o segundo gol aos 25 minutos, porém, novamente com o VAR em ação, o juiz anulou gol do zagueiro Thiago Heleno, já que Marcelo Cirino, que interferiu no lance, estava em posição de impedimento.

Mesmo precisando reagir, o Botafogo não teve forças para sequer empatar a partida e ainda deixou o gramado com a torcida adversária gritando “olé”. Situação delicada do time carioca na reta final do campeonato.

PRÓXIMOS JOGOS
O Athletico-PR volta a campo no próximo domingo para enfrenta o Atlético-MG, às 16 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). No mesmo dia e horário, o Botafogo receberá o Corinthians, no Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
33ª rodada
Data
17/11/2019
Horário
18h00
Local
Arena da Baixada - Curitiba (PR)
Árbitro
Braulio da Silva Machado (SC)

Renda
R$ 456.905,00
Assistentes
Henrique Neu Ribeiro (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Público
18.091 pagantes
Cartões Amarelos
Athletico -PR: Robson Bambu, Thiago Heleno, Márcio Azevedo, Thonny Anderson
Botafogo-RJ: Joel Carli

Gols
Athletico -PR: Thonny Anderson 13' 2T
Athletico -PR
Léo;
Khellven, Robson Bambu, Thiago Heleno e Márcio Azevedo;
Wellington, Camacho, Tonny Anderson (Erick);
Nikão, Marcelo Cirino (Vitinho) e Rony (Marco Ruben).
Técnico: Eduardo Barros
Botafogo-RJ
Diego Cavalieri;
Fernando, Joel Carli, Gabriel e Lucas Barros;
Cícero, Alex Santana (Rhuan), João Paulo, Luiz Fernando (Marcus Vinicius) e Léo Valencia;
Igor Cássio (Diego Souza).
Técnico: Alberto Valentim