São Paulo 0 x 1 Athletico-PR – No final, Marcelo Cirino marca e derruba o São Paulo

Atacante do Furacão fez aos 44 do segundo tempo e garantiu a vitória no Morumbi

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 10 (AFI) – Com um gol aos 44 minutos do segundo tempo, o Athletico-PR bateu o São Paulo neste domingo por 1 a 0 no Morumbi. A partida foi válida pela 32º rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória foi marcado por Marcelo Cirino.

O público foi pequeno no Morumbi. Cerca de 13.795 acompanharam a partida. Foi a segunda derrota consecutiva do São Paulo em casa – na rodada passada o time tinha sido derrotado para Fluminense. Após a partida, a torcida são-paulina ecoou uma sonora vaia protestando contra os jogadores.

CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS


Com a derrota, o São Paulo estaciona nos 52 pontos, na quinta colocação, perde a oportunidade de ultrapassar o Grêmio e termina a rodada fora do G4, zona de classificação que garante uma vaga diretamente à fase de grupos da Copa Libertadores.

O Athletico-PR, que completou sete jogos invictos, chegou aos 50 pontos, na sexta colocação, mas já tem vaga garantida na competição continental por ter faturado o título da Copa do Brasil nesta temporada. Essa também foi a oitava derrota do São Paulo no Campeonato Brasileiro, sendo a terceira sofrida no Morumbi. O time do Paraná chega ao 14º triunfo na competição, e o quinto como visitante.

RÁDIO FI COM NOVA ESTAÇÃO FM
Mais uma vez a Rádio Futebol Interior-Rádio FI- transmitiu este grande duelo ao vivo em parceria com a Rádio Nova Estação FM.

A narração foi de Roberto Andrade, comentários de Rafael Prado, reportagens de Adyel Marrichi e Fernando Morales. A ancoragem foi do experiente Célio Mendes.

O JOGO
O São Paulo criou as melhores chances no primeiro tempo e chegou pelo menos três vezes com perigo, mas parou todas elas em defesas do goleiro Santos. O Athletico-PR apostou em jogar na base do contra-ataque.

Cirino marcou no final. Foto: Divulgação
Cirino marcou no final. Foto: Divulgação

A primeira chance criada aconteceu aos sete minutos. Reinaldo chutou de fora da área, a bola desvia em Bambu e o goleiro Santos faz excelente defesa. O Furacão respondeu dois minutos depois em um contra-ataque, mas Tiago Volpi conseguiu antecipar Marcelo Cirino e salvou o São Paulo.

Aos 21 minutos, o São Paulo desperdiçou sua melhor chance. Após Santos sair jogando errado, Vitor Bueno deixa Pablo na cara do gol, mas o atacante parou na defesa do goleiro adversário.

Aos 34, foi a vez de Antony não conseguir passar pelo goleiro. Ele recebeu de Igor Gomes e da entrada da área bateu para o goleiro defender. Aos 42, o Athletico teve ótima chance com Marcelo Cirino, mas Volpi defendeu. No rebote, Arboleda tirou.

ETAPA FINAL
No segundo tempo, as duas equipes produziram pouco. O São Paulo apostava em jogadas pelas laterais com o veloz Antony. Aos 12 minutos, o atacante cortou para a esquerda e bateu colocado para Santos defender.

A melhor chance do Athletico no jogo surgiu aos 21 minutos. Rony tocou para Nikão que passou para Lucho González chegar batendo. A bola foi para fora.

O São Paulo teve a grande oportunidade para abrir o marcador aos 26. Reinaldo cruza forte na área, Santos dá o rebote e Gabriel Sara chega dividindo. A bola passou muito perto da trave.

O gol do Athletico saiu aos 44 do segundo tempo. Marcelo Cirino chuta forte de fora da área, a bola pinga na frente de Tiago Volpi, que falhou, e entrou.

PRÓXIMOS JOGOS
São Paulo joga no sábado diante do Santos, na Vila Belmiro. No domingo, o Athletico-Pr encara o Botafogo, na Arena da Baixada, às 16h.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
32ª rodada
Data
10/11/2019
Horário
16h00
Local
Morumbi - São Paulo (SP)
Árbitro
Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Renda
R$ 397.902,00
Assistentes
Luiz Claudio Regazone (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)

Público
13.795 total
Cartões Amarelos
São Paulo-SP: Reinaldo, Antony
Athletico -PR: Camacho, Wellington

Gols
Athletico -PR: Marcelo Cirino 44' 2T
São Paulo-SP
Tiago Volpi;
Daniel Alves, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo;
Jucilei (Gabriel Sara), Tchê Tchê, Vitor Bueno e Igor Gomes (Hernanes);
Antony e Pablo (Raniel).
Técnico: Fernando Diniz
Athletico -PR
Santos;
Madson, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Márcio Azevedo;
Wellington, Camacho (Erick), Nikão e Bruno Nazário (Lucho González);
Rony (Vitinho) e Marcelo Cirino.
Técnico: Eduardo Barros