Seleção FI do Brasileirão tem dupla decisiva no ataque e Luxa no comando

Gabigol e Willian Pottker são os jogadores mais à frente no 4-4-2 do Futebol Interior

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 16 (AFI) - O primeiro turno do Brasileirão terminou no último domingo e o Portal Futebol Interior acompanhou todos os jogos, sem perder um lance. Os jogos renderam grandes atuações e dificultaram a missão de montar mais uma Seleção da Rodada.

Neste edição, os times com mais representantes são Flamengo, Fluminense, Internacional e Avaí, cada um com dois jogadores. O escolhido para comandar a equipe é o professor Vanderlei Luxemburgo, que vem driblando as limitações para manter o Vasco fora do Z4.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 19ª RODADA DO BRASILEIRÃO:

Vladimir (Avaí);

Heitor (Internacional), Digão (Fluminense), Betão (Avaí) e Reinaldo (São Paulo);

Bruno Henrique (Palmeiras), Allan (Fluminense), Jean Pyerre (Grêmio) e Everton Ribeiro (Flamengo);

Gabigol (Flamengo) e Willian Pottker (Internacional);

Técnico: Vanderlei Luxemburgo (Vasco)

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Goleiro: Vladimir (Avaí)
Foi essencial para que o Avaí saísse da Arena da Baixada com uma vitória por 1 a 0 e três pontos na conta. Com atuações muito constantes, mais uma vez se destacou com a camisa avaiana e fez pelo menos três defesas difíceis contra o time de Curitiba.

Lateral-direito: Heitor (Internacional)
Aos 18 anos, vem provando que pode ser o titular do Colorado. Na vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-MG, se soltou bastante no ataque e ajudou bastante. Além de levar perigo em outras oportunidades, participou do gol de Neilton e deu a assistência para um dos gols de Pottker.

Zagueiro: Digão (Fluminense)
istema defensivo tricolor teve uma atuação perfeita na vitória sobre o Corinthians, por 1 a 0, em Brasília. Nem mesmo quando Fábio Carille encheou o Timão de atacantes - com as entradas de Boselli e Vagner Love -, o Fluminense encontrou dificuldades. Méritos para a dupla formada por Nino e Digão, que contribuiu muito com o espírito de liderança.

Zagueiro: Betão (Avaí)
Muito queiro pelo torcedor avaiano, o capitão é um símbolo de garra e liderança no elenco do Leão. Bem posicionado, comandou a defesa com maestria para segurar o ofensivo time do Athletico Paranaense e interceptou as jogadas adversárias de todas as maneiras possíveis.

Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras
Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras

Lateral-esquerdo: Reinaldo (São Paulo)
Poucos pontos positivos podem ser apontados no empate por 1 a 1 com o CSA, em pleno Morumbi. Entre os jogadores, Reinaldo destoou e fez uma grande partida. Ele foi o responsável pelas jogadas de mais perigo e também o autor do gol que evitou a derrota são-paulina.

Volante: Bruno Henrique (Palmeiras)
Depois de oscilar bastante, e chegar até a ser cobrado na rua por um torcedor, o capitão está se reencontrando dentro de campo. Na vitória sobre o Cruzeiro, cometeu poucos erros e foi decisivo ao marcar o gol da vitória palmeirense.

Volante: Allan (Fluminense)
O melhor jogador em campo na vitória sobre o Corinthians. Um dos acertos do ex-técnico Fernando Diniz, Allan comandou a partida com uma marcação precisa em cima de Pedrinho e Matheus Vital, além de ajudar muito na saída de bola, com o primeiro passe.

Meia: Jean Pyerre (Grêmio)
Tem demonstrado grande evolução e está cada vez mais à vontade para chamar a responsabilidade. Assim foi na vitória por 3 a 0 contra o Goiás, quando marcou um golaço e participou dos outros dois gols marcados pelo time gremista.

Meia: Everton Ribeiro (Flamengo)
Encontrou algumas dificuldades durante os primeiros minutos, mas quando embalou foi para decidir a partida, com muita qualidade técnica. Roubou a bola no meio de campo e deu o passe para Gabigol marcar o gol da vitória, além de ter feito outras jogadas de efeito.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Atacante: Gabigol (Flamengo)
“Hoje tem gol do Gabigol”. Já é a quinta rodada seguida em que a profecia, exibida em cartazes nas arquibancadas, é concretizada. Em fase alucinante, o centroavante flamenguista garantiu a vitória sobre o Santos com um golaço e marcou o 30º gol em 40 jogos na temporada.

Atacante: William Pottker (Internacional)
Vinha tendo poucas oportunidades e não balançava a rede desde fevereiro. Voltou a aparecer no time titular por causa da decisão da Copa do Brasil e mostrou que ainda pode contribuir muito, marcando dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético Mineiro.

Técnico: Vanderlei Luxemburgo (Vasco)
Vem fazendo o possível dentro das limitações do Vasco e vai deixando o time fora da zona de rebaixamento. Um dos principais méritos é a confiança em jogadores jovens, principalmente Talles Magno, que correspondeu e segue se destacando.