Avaí 0 x 3 Flamengo - Mané Garrincha de pé para ver líder Mengo de Gabriel e Reinier

São 39 pontos em 18 rodadas, o time voltou a se isolar na liderança e agora acumula cinco vitórias em sequência

por Agência Estado

Brasília, DF, 7 (AFI) - Diante de mais de 47 mil pagantes em Brasília, o Flamengo fez, neste sábado, o que se esperava do líder do Campeonato Brasileiro frente ao lanterna: atropelou. Mais que isso, o placar de 3 a 0 em um jogo - apenas teoricamente - fora de casa, mesmo com uma série de desfalques, diante do Avaí exibiu muito do que o time carioca ainda é capaz de fazer na competição.

VEJA AQUI OS MELHORES MOMENTOS !

NÚMEROS EXPRESSIVOS
São 39 pontos em 18 rodadas, o time voltou a se isolar na liderança e agora acumula cinco vitórias em sequência, com 41 gols marcados (média de 2,27 por jogo) e saldo que já chega a 23, onze a mais que o segundo colocado.

Além de um estilo de jogo que está longe de ser apenas pragmático, sempre agressivo e organizado, e mesmo diante de uma equipe catarinense que ficou com apenas dez pontos e ocupa a última colocação na tabela.

CAMPEÃO DO TURNO ?
Na próxima rodada, o Flamengo põe à prova seu poderio ofensivo e a confiança em alta ao fazer o jogo que tem tudo para definir o campeão simbólico do turno, contra o vice-líder Santos, no sábado, às 17h, no Maracanã. Já o Avaí, no domingo, vai à Arena da Baixada para enfrentar o Athletico-PR, às 11h.

Reinier roubou as atenções no Flamengo. Foto: Alexandre Vidal
Reinier roubou as atenções no Flamengo. Foto: Alexandre Vidal

PRESSÃO TOTAL
Na partida deste sábado, a história do confronto começou como mera repetição do que tem ocorrido nas últimas partidas da equipe treinada por Jorge Jesus.

Com uma posse de bola que ultrapassava os 70%, não obstante às ausências de Rodrigo Caio, suspenso, e Arrascaeta, Bruno Henrique e Berrío, convocados para atuar em amistosos por suas seleções.

PROMESSA COMANDA
Assim, coube ao garoto Reinier, joia de apenas 17 anos da base, comandar as ações ofensivas da equipe ao lado de Everton Ribeiro e Gerson. Este, por sinal, mais liberado da função de marcação com a presença do volante Piris da Motta ao lado de Willian Arão - fez outra partida excepcional pela equipe.

E a 12ª vitória dos cariocas na competição, a quarta fora de casa - o mando do jogo era do Avaí, mas foi vendido para ser realizado na capital federal - começou com mais um gol - o 15º - do artilheiro do campeonato, Gabriel Barbosa.

Logo aos dez minutos, recebendo ótimo passe de Reinier, o camisa 9 fugiu pela direita e bateu cruzado para abrir o placar.

ESBOÇO DE REAÇÃO
O time de Alberto Valentim ainda esboçou rápida reação, com Brenner perdendo uma chance que não se deve desperdiçar diante de um adversário tão embalado, aos 15 minutos, para ótima defesa, na base do reflexo, de Diego Alves.

Só que a bola no travessão de Willian Arão, aproveitando lindo passe de letra de Gerson, aos 20, tratou de mostrar que o relaxamento do líder do campeonato não era opção. C

Condição esta confirmada pela cabeçada do zagueiro Pablo Marí, que aproveitou cobrança de escanteio de Everton Ribeiro para ampliar o placar, mostrando que o leque de jogadas da equipe comportava ainda as bolas paradas ofensivas.

MUITA PERSONALIDADE
Na etapa final, com a boa vantagem no placar, a tal intensidade, tão propagada como marca da equipe de Jorge Jesus, só foi utilizada mesmo nos minutos iniciais, muito em função da personalidade exibida pelo garoto Reinier.

Aos cinco, ele quase fez um golaço de letra. Aos sete, para coroar sua ótima atuação, veio o primeiro gol pelo time profissional. Na saída de Vladimir, o camisa 19 completou bela triangulação com Arão e Gabriel Barbosa para fechar o placar.

PÉ NO BREQUE
Nitidamente com o pé tirado do acelerador, tal qual fizera diante do Palmeiras na rodada anterior após abrir 3 a 0, o Flamengo apenas aguardou o fim da partida, que ainda teve a expulsão do atacante Gustavo Ferrareis, do Avaí, devido a uma entrada dura e fora da bola em Rafinha, confirmada pelo VAR.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
18ª rodada
Data
07/09/2019
Horário
17h00
Local
Mané Garrincha - Brasília (DF)
Árbitro
Edina Alves Batista - SP

Renda
R$ 3.957.192,90
Assistentes
Emerson Augusto de Carvalho - SP e Neuza Ines Back - SP

Público
47.575 pagantes
Cartões Amarelos
Avaí-SC: João Paulo
Flamengo-RJ: Gabriel , Pablo Marí

Cartões Vermelhos
Avaí-SC: Gustavo Ferrarreis
Gols
Flamengo-RJ: Gabriel 10' 1T, Pablo Marí 31' 1T, Reinier 7' 2T
Avaí-SC
Vladimir;
Iury, Ricardo, Marquinhos Silva e Igor Fernandes;
Pedro Castro, Richard Franco e João Paulo (Matheus Barbosa);
Caio Paulista, Brenner (Jonathan) e Lourenço (Gustavo Ferrareis).
Técnico: Alberto Valentim
Flamengo-RJ
Diego Alves;
Rafinha, Rhodolfo, Pablo Marí e Filipe Luís (Renê);
Piris da Motta (Vitinho), Willian Arão, Everton Ribeiro, Gerson e Reinier (João Lucas);
Gabriel Barbosa.
Técnico: Jorge Jesus