CSA x Chapecoense – Duelo dos desesperados no Rei Pelé

Os dois times figuram na zona de rebaixamento e precisam da vitória neste domingo

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 07 (AFI) – Vencer ou vencer. É com este pensamento que CSA e Chapecoense se enfrentam neste domingo, às 19 horas, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. A dupla não só figura no Z4, como aparece entre os candidatos ao rebaixamento à Série B de 2020.

O CSA tem apenas duas vitórias na competição, situação que mantém o time na penúltima colocação com 12 pontos conquistados. Dois pontos a mais que o lanterna Avaí, que consegue fazer campanha ainda pior. O duelo é encarado como essencial para respirar e seguir sonhando com a permanência.

Também na zona da degola, a Chapecoense não conseguiu encontrar padrão de jogo e vem sofrendo para manter a escrita de nunca ter sido rebaixada em sua história. São apenas três vitórias em 17 partidas e um aproveitamento que deixa o time em 17º lugar com 14 pontos. Quatro pontos a menos que o Cruzeiro, primeiro time fora da zona do descenso.

ARGEL FECHA TREINO
O técnico Argel Fucks inovou no CSA ao fechar os treinos ao longo da semana. O treinador não tem esse costume, mas optou pelo mistério, após ter um áudio polêmico viralizado nas redes sociais.

"Nunca fui um treinador de fechar o treino, mas preciso fechar e conto com a compreensão de vocês (jornalistas). Mas é um adversário que nos conhece muito. A Chapecoense conhece nosso trabalho, e a gente conhece o trabalho da Chapecoense. Dez, doze jogadores da Chapecoense trabalharam com a gente, então por isso que a gente acabou fechando o treino para traçar uma estratégia", afirmou o treinador.

Argel fechou o treinamento do CSA para o confronto de domingo
Argel fechou o treinamento do CSA para o confronto de domingo
Argel Fucks tem alguns problemas para escalar o time titular. O treinador não poderá contar meia Euller e o atacante Bustamante, lesionados. Por outro lado, João Vitor retorna, após cumprir suspensão automática, e disputa posição com Dawhan e Didira. No ataque, Maranhão pode formar dupla com Alecsandro.

"A Chapecoense vive um momento parecido com o nosso, o time está brigando pra sair da zona incômoda. É um time com grandes jogadores, assim como tem grandes jogadores aqui. Nós temos que ter bastante atenção e não achar que porque a Chape está nessa situação, nós vamos ganhar. Muito pelo contrário, vai ser um jogo bastante difícil e temos que manter a concentração durante todo jogo", completou João Vitor.

CHAPE OFENSIVA FORA DE CASA

Sem poder contar com o meia Camilo, com uma lesão no joelho esquerdo, a Chapecoense enfrentará o CSA com um esquema ofensivo. Emerson Cris fechou a preparação da equipe, ensaiando um time com três atacantes.

Aylon ganhou a vaga de Léo Pereira, que formou o trio defensivo na partida frente ao Santos. O atacante formará o setor com Arthur Gomes e Everaldo. Outra novidade, mas no banco de reserva, é o lateral Roberto, que foi regularizado no BID.

Emerson Cris colocará a Chapecoense no ataque
Emerson Cris colocará a Chapecoense no ataque
"Todos os jogos serão decisões. A gente tem que se preparar forte, como estamos nos preparando para todos os jogos. Esse não vai ser diferente. É claro que muda a estratégia conforme o adversário, conforme os atletas que você tem à disposição para montar a equipe, mas independente disso a gente tem que fazer um bom jogo. Temos a necessidade dessa vitória”, afirmou o treinador.

Emerson Cris ainda exaltou as virtudes da equipe da Chapecoense:

"A gente melhorou muito a nossa postura e também em outros aspectos que nos incomodavam, como a posse de bola. O nosso poder de finalização também aumentou bastante, finalizamos muito. É no passo a passo. Corrigimos setor ofensivo, melhoramos posse de bola, melhoramos finalização. Agora, temos que fazer os gols, colocar a bola pra dentro, porque resolve uma partida é o gol”, finalizou.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
18ª rodada
Data
08/09/2019
Horário
19h00
Local
Rei Pelé - Maceió (AL)
Árbitro
Vinicius Gonçalves Dias Araujo - SP

Renda
R$ 88.587,00
Assistentes
Marcelo Carvalho Van Gasse - SP e Luiz Alberto Andrini Nogueira - SP

Público
6.768 pagantes (9.311 total)
Cartões Amarelos
CSA-AL: João Vitor, Jonatan Gomez, Alecsandro
Chapecoense-SC: Rafael Pereira

Cartões Vermelhos
Chapecoense-SC: Márcio Araújo, Gum
Gols
CSA-AL: Alecsandro 39' 1T, Jonatan Gomez 48' 2T
CSA-AL
Jordi;
Apodi, Alan Costa, Luciano Castan e Carlinhos;
Dawhan, Naldo (Jean Kleber), João Vitor e Jonatan Gómez;
Alecsandro (Ricardo Bueno) e Bustamante (Safira).
Técnico: Argel Fucks
Chapecoense-SC
Tiepo;
Eduardo, Gum, Maurício Ramos (Régis) e Bruno Pacheco;
Márcio Araújo; Arthur Gomes, Gustavo Campanharo (Rafael Pereira), Diego Torres e Aylon (Augusto);
Everaldo.
Técnico: Emerson Cris