Fortaleza 2 x 0 Avaí - Tricolor vence o lanterna em jogo histórico pela Série A

Enquanto o Fortaleza faz campanha mediana, o Avaí é o único time sem vencer no Brasileirão

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 13 (AFI) – No seu retorno à Arena Castelão, com o gramado reformado, o Fortaleza venceu o Avaí por 2 a 0, neste sábado à tarde, pela 10.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Este foi o primeiro duelo dos dois clubes válido pela elite nacional e deixou o time cearense com 13 pontos, em 11.º lugar.

De outro lado, o time de Santa Catarina continua com apenas quatro pontos, na lanterna e único sem vencer na competição. Se for considerado que os dois lutam, inicialmente, para não cair à Série B, o jogo foi típico de seis pontos.

ESTREANTE NO ATAQUE
O técnico estreante do Avaí, Alberto Valentim, que ocupou a vaga de Geninho, apostou nas experiências de alguns jogadores como o zagueiro Betão e o meia Douglas, de 37 anos, pela primeira vez titular, para impor seu estilo de jogo agressivo.

Tanto que começou pressionando no ataque, fato comprovado por cinco escanteios conquistados em dez minutos.

A melhor chance, porém, aconteceu logo aos três minutos, quando Pedro Castro dominou dentro da área, bateu de esquerda e o goleiro Felipe Alves espalmou para escanteio.

Aos poucos, porém, o Fortaleza foi se soltando e ganhando espaço, mesmo perdendo Osvaldo machucado. O atacante Kieza entrou em seu lugar.

Wellington Paulista fez os dois gols do Fortaleza
Wellington Paulista fez os dois gols do Fortaleza

CHANCES PELA VELOCIDADE
Na base da velocidade e pelas laterais o Fortaleza achou o seu gol. A primeira chance saiu aos 33 minutos, com um escanteio e uma dividida no alto. A bola sobrou para a virada de Roger Carvalho e que acabou bloqueado por Luanderson.

Aos 41 minutos, Carlinhos cruzou do lado esquerdo para André Luís, que ajeitou e bateu no alto. O zagueiro Betão salvou de cabeça quase em cima da linha. A bola tinha o endereço certo para as redes.

GOL MADURO
O gol estava maduro e saiu aos 42 minutos. Outra vez o lance começou de um cruzamento do lado esquerdo. O atacante Wellington Paulista ganhou de cabeça de Luanderson e o goleiro Vladimir defendeu. Mas o rebote caiu nos pés do oportunista paulista que tocou de leve para as redes com o pé esquerdo.

Para o segundo tempo, Alberto Valentim voltou com uma mudança radical. Tirou o lateral-direito Léo para a entrada do atacante Caio Paulista. Manteve a mesma pressão do início do segundo tempo e teve duas chances para empatar em chutes de longe.

No primeiro minuto numa finalização diagonal de Juninho e aos sete minutos num chute de fora da área de Caio Paulista, que exigiu toda elasticidade de Felipe Alves para espalmar.

ATAQUE E ESPAÇOS
Ao mesmo tempo em que ia para frente, o Avaí deixava espaços para os contra-ataques do Fortaleza. Mas o time cearense foi cauteloso, pelo menos, até os 20 minutos. Fez a opção por apenas se defender.

Mas era só mesmo uma estratégia, porque o segundo gol saiu aos 21 minutos. Romarinho levantou da esquerda em direção ao segundo pau e Wellington Paulista, outra vez, apareceu para testar de cima para baixo. A bola ainda passou entre as pernas do goleiro Vladimir.

TROCAS PARA SEGURAR
Com a boa vantagem, o técnico Rogério Ceni reforçou sua marcação com a entrada do volante Paulo Roberto no lugar do atacante André Luís. E também poupou Wellington Paulista para a entrada de Marlon.

Desta forma, administrou bem o placar, mesmo porque nesta altura o Avaí já tinha perdido a esperança de brigar pela reação.

O Fortaleza quase ampliou aos 43 minutos num chute de Carlinhos que tirou tinta da trave direita de Vladimir. Depois, o Avaí desperdiçou a chance de diminuir quando Douglas deixou João Paulo na frente de Felipe Alves, mas o goleiro conseguiu desviar a bola e evitar o gol.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times só voltam a campo no outro domingo, dia 21. O Fortaleza vai sair diante do Atlético Mineiro, às 16 horas, enquanto o Avaí vai receber o Goiás, na Ressacada, às 19 horas, atrás da primeira vitória diante de sua torcida.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
10ª rodada
Data
13/07/2019
Horário
17h00
Local
Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Thiago Duarte Peixoto (SP)

Renda
R$ 198.533,00
Assistentes
Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

Público
24.210 pagantes (24.864 total)
Cartões Amarelos
Fortaleza-CE: Felipe, André Luís
Avaí-SC: Gustavo Ferrarreis, Julinho

Gols
Fortaleza-CE: Wellington Paulista 42' 1T, Wellington Paulista 21' 2T
Fortaleza-CE
Felipe Alves;
Gabriel Dias, Quintero, Roger Carvalho e Carlinhos;
Juninho, Felipe, Romarinho, André Luís (Paulo Roberto) e Osvaldo (Kieza);
Wellington Paulista (Marlon).
Técnico: Rogério Ceni
Avaí-SC
Vladimir;
Léo (Caio Paulista), Betão, Luanderson e Igor Fernandes;
Pedro Castro, Julinho (Luan Pereira) e Douglas;
Lourenço, Gustavo Ferrareis (João Paulo) e Brenner
Técnico: Alberto Valentim