Corinthians 1 x 0 São Paulo - Pedrinho mantém a freguesia em Itaquera

Sem perder há cinco jogos, o Timão assumiu a terceira posição do campeonato

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 26 (AFI) - Em jogo de poucas emoções, o Corinthians venceu o São Paulo por 1 a 0 na Arena Corinthians, em Itaquera (SP), pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pedrinho marcou para o time da casa com apenas seis minutos do primeiro tempo e garantiu mais uma vitória em clássico na temporada. O resultado colocou o time de Fábio Carille no G4 da competição.

Sem perder há cinco jogos, o Corinthians assumiu a terceira posição do campeonato, com 11 pontos, enquanto o São Paulo conhece a sua primeira derrota na competição e segue com os mesmos 11 pontos. O Palmeiras segue na liderança, com 16.

COMECINHO

Em apenas seis minutos o Corinthians já abriu o placar dentro de casa. Fagner fez o cruzamento pela direita e Bruno Alves tenta afastar a bola, mas ela acaba nos pés de Pedrinho, que recebe na entrada da grande área e chuta forte de perna esquerda. A bola desvia na perna de Arboleda, tira Tiago Volpi do lance e morre no fundo das redes.

O São Paulo sentiu o gol no comecinho do jogo, mas aos poucos foi voltando ao ritmo normal. Aos 23 minutos, Reinaldo chutou forte para o gol e Cássio espalmou. No rebote, Arboleda mandou para o fundo das redes, mas o árbitro invalidou o gol de empate e marcou posição de impedimento do zagueiro na origem do lance.

Depois de suportar uma pequena pressão do adversário, o Corinthians voltou a tomar conta da partida. Com 31 minutos, Ralf teve liberdade pelo meio e arriscou o chute, mas Volpi fez a defesa. A resposta do São Paulo veio com Bruno Alves, aos 38 minutos. O zagueiro recebeu um cruzamento de Reinaldo e testou firme, mas por cima da meta.

Foto: Daniel Augusto Jr
Foto: Daniel Augusto Jr

JOGO MORNO

No segundo tempo o Corinthians entregou a bola para o São Paulo, mas o adversário não conseguia encontrar nenhum espaço para tentar o empate. Alexandre Pato e Vitor Bueno eram os jogadores mais avançados no esquema de Cuca, mas pouco participavam do jogo. Hernanes chegou a sair do banco no lugar de Everton, mas também foi bem marcado.

O Corinthians tinha a sua disposição o contra-ataque, mas também não conseguia organizar um ataque em velocidade. Em mais de uma oportunidade, o time da casa encontrava espaço e tinha superioridade no campo de ataque, mas errava o último passe ou tomava a escolha errada, passando a ser presa fácil para a marcação do São Paulo.

Já nos acréscimos da partida, Sornoza puxou a camisa de Hernanes no meio de campo e o jogador, ao proteger a bola, acerta o braço no adversário. Em um primeiro momento o árbitro expulsou o meia do São Paulo, alegando agressão, mas depois de rever a jogada com o auxílio do árbitro de vídeo, tirou o cartão vermelho e mostrou apenas o amarelo.

PRÓXIMOS JOGOS

Na quinta-feira, às 17 horas, o Corinthians enfrenta o Deportivo Lara no estádio Metropolitano de Lara, na Venezuela, no segundo jogo da segunda fase da Copa Sul-Americana – venceu o primeiro confronto por 2 a 0. Já o São Paulo viaja para Salvador enfrentar o Bahia na quarta-feira, às 21h30, na Arena Fonte Nova, no segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. No primeiro encontro o time de Cuca perdeu por 1 a 0 no Morumbi.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
6ª rodada
Data
26/05/2019
Horário
19h00
Local
Arena Corinthians - São Paulo (SP)
Árbitro
Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Renda
R$ 1.916.228,30
Assistentes
Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Daniel Luis Marques (SP)

Público
39.378 pagantes
Cartões Amarelos
Corinthians-SP: Danilo Avelar, Júnior Urso, Sornoza
São Paulo-SP: Antony, Igor Gomes, Igor Vinícius, Hernanes

Gols
Corinthians-SP: Pedrinho 6' 1T
Corinthians-SP
Cássio;
Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar;
Ralf, Júnior Urso e Sornoza;
Pedrinho (Mateus Vital), Clayson (Ramiro) e Vagner Love (Gustavo).
Técnico: Fábio Carille
São Paulo-SP
Tiago Volpi;
Igor Vinícius (Igor Gomes), Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo;
Hudson, Tchê Tchê e Vitor Bueno (Helinho);
Antony, Pato e Everton (Hernanes).
Técnico: Cuca