Atlético-MG x Palmeiras – A primeira final do Brasileirão

Confronto coloca os dois primeiros colocados frente à frente nesse domingo

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 10 (AFI) – Há quem diga que o Campeonato Brasileiro não tem uma única final, mas várias delas espalhadas ao longo da competição. Se esse é o caso, a primeira já acontece na terceira rodada, quando Atlético-MG e Palmeiras se enfrentam no Mineirão, nesse domingo, às 16 horas.

O time mineiro é o único com 100% de aproveitamento na competição e nove pontos após três rodadas. Também invicto, mas com duas vitórias e um empate, o Palmeiras é o segundo colocado com sete pontos.

DÚVIDAS NO GALO
O técnico Rodrigo Santana afirmou que ainda está em dúvida entre Zé Welison e Adilson como primeiro volante. Os dois vem de recuperação física e ainda não estão 100%.

Outra indefinição é a presença do meia Cazares, que está recuperado de edema na coxa. O jogador deve ir para jogo, mas apenas como opção no banco de reservas.

A tendência é que Geuvânio e Chará sejam escalados pelas pontas, ainda com Luan e Ricardo Oliveira compondo o setor ofensivo.

DESFALQUES NO VERDÃO
Para essa partida, o técnico Luiz Felipe Scolari tem três desfalques. Além de Ricardo Goulart e Willian Bigode, que já estavam afastados, o meia Gustavo Scarpa sofreu lesão no tendão da perna direita na última partida e também foi entregue ao departamento médico.

Com essa ausência, Raphael Veiga e Lucas Lima disputam uma vaga no meio de campo, enquanto a outra pode ficar com Zé Rafael. Ele, no entanto, é dúvida por desgaste físico e, caso não tenha condições de jogo, dá lugar a Felipe Pires.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
4ª rodada
Data
12/05/2019
Horário
16h00
Local
Independência - Belo Horizonte (MG)
Árbitro
Anderson Daronco (Fifa/RS).

Renda
R$ 503.695,00.
Assistentes

Público
24.368 pagantes.
Cartões Amarelos
Atlético-MG: Igor Rabello
Palmeiras-SP: Diogo Barbosa, Felipe Melo, Raphael Veiga

Gols
Palmeiras-SP: Bruno Henrique 44' 1T, Bruno Henrique 6' 2T
Atlético-MG
Victor;
Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos;
Adilson (Nathan), Elias e Luan;
Geuvânio (Vinícius), Chará e Ricardo Oliveira (Alerrandro).
Técnico: Rodrigo Santana
Palmeiras-SP
Weverton;
Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa;
Felipe Melo, Bruno Henrique e Zé Rafael (Hyoran);
Raphael Veiga (Moisés), Dudu (Felipe Pires) e Deyverson.
Técnico: Felipão