Chapecoense x Sport – Final antecipa na luta contra o rebaixamento

Separados por apenas um ponto e a três jogos do fim, times decidem quem termina a rodada no Z4

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 21 (AFI) – A proximidade entre Chapecoense e Sport na tabela do Campeonato Brasileiro dará um tempero especial para o confronto direto entre os dois nesta quinta-feira. Em confronto da 36ª rodada, os times começam a duelas às 21h na Arena Condá, em Chapecó.

Derrotada nas duas últimas rodadas, a Chape está na 18ª colocação, com 37 pontos conquistados. Já o Sport tem um ponto a mais e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, na 16ª colocação. O Leão não vence há três jogos, tendo empatado dois e perdido um. O clube se prepara para uma sequência de dois jogos fora de casa.

MISTÉRIOS
Para o jogo, o técnico Claudinei Oliveira fez mistério e não confirmou a escalação que vai a campo, mas comentou sobre a disputa entre Doffo, Bruno Silva e Diego Torres no ataque.

(Foto: Sirli Freitas/ACF)
(Foto: Sirli Freitas/ACF)
“A questão dos centroavantes, vamos falar em números, o Leandro Pereira tem oito, o Wellington Paulista tem cinco e o Doffo tem três. São 16, a Chape tem 31 no campeonato, então mais da metade dos gols foram marcados por esses três atletas, não quer dizer que vão jogar, mas é lícito querer colocar em campo os que têm mais chances de balançar as redes”, disse.

Além da dúvida no ataque, o treinador não poderá contar com o lateral-esquerdo Bruno Pacheco, suspenso. Assim, Alan Ruschel e Roberto disputam a posição. A boa notícia é o retorno do volante Amaral, que cumpriu suspensão na última rodada. Com isso, Elicarlos deve voltar para o banco. O treinador comentou sobre o clima de mistério adotado na semana.

“Eu falei que não tenho hábito de fechar treinos, mas se fosse necessário, faríamos, temos que pensar na Chapecoense. É uma questão estratégica, uma decisão, temos que esconder. Ninguém vai fazer uma revolução na equipe, Alan Ruschel ou Roberto, Amaral ou Elicarlos, a questão do Doffo pensamos em alternativas”, completou o treinador.

Técnico quer reeditar bom futebol da equipe que ficou cinco jogos invicta (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)
Técnico quer reeditar bom futebol da equipe que ficou cinco jogos invicta (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)
DOIS EM UM
O técnico do Sport, Milton Mendes, já está pensando nas duas partidas fora de casa. O treinador deixou de fora apenas os jogadores lesionados e que não teriam condição de jogo. Rogério, com dores no púbis, Morato, tratando o joelho, Durval, ainda em reforço muscular, Max, com o cotovelo contundido, e Magrão, que fraturou o braço, seguem em Recife. A única exceção na lista de cortados está o lateral esquerdo Evandro, que tem treinado normalmente, mas aparamente está fora dos planos do clube.

A única dúvida que viaja com o grupo é o lateral esquerdo Sander. Ele vem se recuperando de um entorse no tornozelo esquerdo e ainda depende de reavaliação dos médicos para saber se tem condições de jogo. Se for vetado, Raul Prata deve ser improvisado no setor – ele já jogou três vezes na posição. No restante do time não deve ter mudanças, mantendo a base que perdeu para o Flamengo por 1 a 0 no último final de semana.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
36ª rodada
Data
22/11/2018
Horário
21h00
Local
Arena Condá - Chapecó (SC)
Árbitro
Leandro Pedro Vuaden - RS

Renda
R$ 187.190,00
Assistentes
Fabricio Vilarinho da Silva - GO e Jorge Eduardo Bernardi - RS

Público
12.384 torcedores
Cartões Amarelos
Chapecoense-SC: Diego Torres

Gols
Chapecoense-SC: Leandro Pereira 4' 1T, Leandro Pereira 7' 1T
Sport-PE: Michel Bastos 22' 2T
Chapecoense-SC
Jandrei;
Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Alan Ruschel (Roberto);
Amaral, Márcio Araújo e Canteros;
Wellington Paulista, Diego Torres (Elicarlos) e Leandro Pereira (Bruno Silva).
Técnico: Claudinei Oliveira
Sport-PE
Maílson;
Cláudio Winck (Andrigo), Adryelson, Ronaldo Alves e Ernando;
Marcão Silva (Matheus Peixoto), Jair, Gabriel, Mateus Gonçalves (Marlone) e Michel Bastos;
Hernane.
Técnico: Milton Mendes