Chapecoense 2 x 1 Sport – Lei do Ex empurra Leão para a degola

Leandro Pereira, que defendeu o time pernambucano no primeiro semestre, marcou os dois gols do Verdão do Oeste

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 22 (AFI) – A Lei do Ex deu as caras na Arena Condá na noite desta quinta-feira em um confronto direto contra o rebaixamento. Com dois gols de Leandro Pereira, a Chapecoense venceu o Sport, por 2 a 1, em partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Espaço incorporado por HTML (embed)

Ex-Palmeiras, Leandro Pereira não teve uma boa passagem pelo Sport no primeiro semestre. Os dois gols aconteceram antes mesmo dos dez minutos iniciais. Depois disso, a Chapecoense apenas administrou.

O resultado na Arena Condá fez os papéis se inverterem. A Chapecoense chegou aos 40 pontos e subiu para a 16ª colocação, enquanto o Sport estacionou nos 38 e caiu para o 17º lugar, entrando na zona de rebaixamento.

QUE COMEÇO
Nem mesmo o mais otimista da Chapecoense esperava um início tão arrasador. Logo aos quatro minutos, Leandro Pereira abriu o placar em cobrança de pênalti depois da bola ter batido na mão de Ernando dentro da área. Aos sete, Eduardo recebeu livre e cruzou na cabeça de Leandro Pereira, que desviou no cantinho de Maílson.

Leandro Pereira foi o autor dos dois gols da Chapecoense na vitória sobre o Sport (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)
Leandro Pereira foi o autor dos dois gols da Chapecoense na vitória sobre o Sport (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

E o terceiro só não veio aos dez porque Adryelson cortou cruzamento de Márcio Araújo. Leandro Pereira só ia ter o trabalho de empurrar a bola. Aos 22, o artilheiro da noite recebeu lançamento de Eduardo e bateu por cobertura de Mailson, que conseguiu fazer a defesa parcial. No rebote, Ronaldo Alves tirou.

A primeira chegada com perigo do Sport veio aos 37 minutos. Matheus Gonçalves finalizou rasteiro e Douglas tirou quase em cima da linha. Aos 40, Amaral cabeceou e Mailson evitou o terceiro da Chapecoense. O goleiro rubronegro ainda defendeu chute de Leandro Pereira.

LEÃO DIMINUI E PRESSIONA
O Sport voltou do intervalo com uma postura mais ofensiva – o meia Andrigo entrou no lugar do lateral Cláudio Winck – e a Chapecoense parecia disposta a matar o jogo no contra-ataque. E foi assim que quase saiu o terceiro gol.

Canteros fez boa jogada individual e cruzou rasteiro. Elicarlos chegou batendo de primeira e mandou em cima de Mailson. Aos 22, Michel Bastos chutou forte, a bola acertou na trave e depois nas costas de Jandrei antes de entrar.

O clima de apreensão tomou conta da Arena Condá com o gol do Sport. E o empate quase veio em cabeçada de Hernane nas mãos de Jandrei. Depois do susto, a Chapecoense conseguiu segurar a importante vitória para festa dos pouco mais de 12 mil pessoas.

PRÓXIMOS JOGOS
A Chapecoense volta a campo no próximo domingo, contra a Chapecoense, às 19 horas, na Arena Corinthians, enquanto o Sport enfrenta o São Paulo, na segunda-feira, às 20 horas, no Morumbi. Os jogos são válidos pela penúltima rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
36ª rodada
Data
22/11/2018
Horário
21h00
Local
Arena Condá - Chapecó (SC)
Árbitro
Leandro Pedro Vuaden - RS

Renda
R$ 187.190,00
Assistentes
Fabricio Vilarinho da Silva - GO e Jorge Eduardo Bernardi - RS

Público
12.384 torcedores
Cartões Amarelos
Chapecoense-SC: Diego Torres

Gols
Chapecoense-SC: Leandro Pereira 4' 1T, Leandro Pereira 7' 1T
Sport-PE: Michel Bastos 22' 2T
Chapecoense-SC
Jandrei;
Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Alan Ruschel (Roberto);
Amaral, Márcio Araújo e Canteros;
Wellington Paulista, Diego Torres (Elicarlos) e Leandro Pereira (Bruno Silva).
Técnico: Claudinei Oliveira
Sport-PE
Maílson;
Cláudio Winck (Andrigo), Adryelson, Ronaldo Alves e Ernando;
Marcão Silva (Matheus Peixoto), Jair, Gabriel, Mateus Gonçalves (Marlone) e Michel Bastos;
Hernane.
Técnico: Milton Mendes