​ São Paulo x Palmeiras – Clássico pesado na briga pela título

Duelo entre os rivais será realizado às 18 horas deste sábado, no Morumbi

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 05 (AFI) - O clássico entre São Paulo e Palmeiras vai ganhar mais um capítulo neste sábado, desta vez diante de um cenário de decisão, com ambos brigando pelo título do Campeonato Brasileiro. Os dois se encontram às 18 horas deste sábado, no Morumbi, em jogo válido pela 28ª rodada.

Depois de um grande primeiro turno, o Tricolor passa por um momento de queda de rendimento. Apesar de não perder há quatro rodadas empatou os últimos quatro jogos. Com 52 pontos, está apenas um atrás do Verdão, que vive uma grande fase e não sabe o que é perder há 12 jogos.

Muito da boa fase do Palmeiras é culpa do bom desempenho do time jogando como visitante, dado que preocupa o adversário. Os palmeirenses têm o melhor aproveitamento fora de casa, com seis vitórias e dois empates. O São Paulo tem ao seu favor o fato de ainda não ter perdido como mandante, com nove vitórias e quatro empates.

No primeiro turno, os dois times se enfrentaram na Arena Palmeiras, pela nona rodada, e os donos da casa levaram a melhor com uma vitória por 3 a 1, resultado que derrubou a invencibilidade dos são-paulinos no campeonato.

INCÔMODO
Bruno Peres ainda não sabe o que é perder uma partida pelo São Paulo. Em oito jogos disputados, venceu cinco e empatou três. E é justamente a sequência de três resultados iguais das últimas rodadas que ele espera ver a equipe encerrar neste contra o Palmeiras.

"É importante frisar a invencibilidade, mas faz alguns jogos que a gente não vence. Esses últimos empates incomodam um pouco. Queremos reencontrar a vitória, isso será muito importante", disse o jogador, ao site oficial do clube.

Nos dois últimos dias, o técnico Diego Aguirre fechou os treinos para os jornalistas. Apesar de a escalação já ser conhecida, o uruguaio vem buscando alternativas táticas para tentar levar a melhor sobre Felipão e seus comandados.

Foto: César Greco / Ag Palmeiras
Foto: César Greco / Ag Palmeiras
"É importante, o Aguirre tem focado na parte tática para a gente não ser surpreendido nos jogos. Creio que a equipe tem trabalhado alguns pontos que deixamos a desejar e não vamos cometer os mesmos erros para sair com os três pontos", afirmou Bruno Peres.

TABU
Após quebrar jejum de 17 anos sem chegar às semifinais da Copa Libertadores, o Palmeiras terá um outro tabu pela frente: ganhar do São Paulo no Morumbi. A última vez que isso aconteceu foi em 2002, pelo Torneio Rio-São Paulo, em uma partida que ficou marcada pelo lindo gol do meia Alex, aplicando um chapéu em Rogério Ceni, na vitória por 4 a 2. Foi no mesmo ano em que a seleção brasileira ganhou o penta.

"Não vamos jogar preocupados com isso, vamos preocupados em vencer porque o campeonato necessita disso. Estamos na liderança e queremos mantê-la. É isso que vai nos motivar a conquistar a vitória", aviou Moisés. "Eu me lembro bem disso. Em 2016, o que tinha de tabu para a gente quebrar... Meu Deus do céu. Todo jogo era tabu. De onde saía tanto tabu assim? Agora tem mais um", brincou o meia.

O principal jejum daquele ano foi quebrado com a conquista do título brasileiro após 22 temporadas. O Palmeiras ainda venceu o Corinthians no Pacaembu depois de 20 anos e voltou a ganhar do Internacional no Beira-Rio depois de 19 anos. Tudo isso dá confiança ao jogador, que espera acabar com a hegemonia do São Paulo no clássico no Morumbi.

Um dos trunfos do Palmeiras para esse jogo é o retorno do volante Felipe Melo, que estava suspenso diante do Colo-Colo pela Copa Libertadores. Experiente, o jogador gosta de partidas de grande pressão. Ele deve entrar no lugar de Thiago Santos ou do próprio Moisés, mas o técnico Luiz Felipe Scolari não dá pistas sobre a formação que vai utilizar contra o São Paulo para manter a liderança do Brasileirão e tentar derrubar mais uma marca.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
28ª rodada
Data
06/10/2018
Horário
18h00
Local
Morumbi - São Paulo (SP)
Árbitro
Wilton Pereira Sampaio (GO)

Renda
R$ 2.959.044,00
Assistentes
Kleber Lucio Gil (SC) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ)

Público
56.694 pagantes
Cartões Amarelos
São Paulo-SP: João Rojas, Rodrigo Caio
Palmeiras-SP: Victor Luis, Felipe Melo, Dudu

Gols
Palmeiras-SP: Gustavo Gómez 33' 1T, Deyverson 37' 1T
São Paulo-SP
Sidão;
Rodrigo Caio (Everton), Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo;
Jucilei, Hudson e Nenê (Carneiro);
Rojas, Diego Souza (Tréllez) e Bruno Peres.
Técnico: Diego Aguirre
Palmeiras-SP
Weverton;
Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis;
Felipe Melo, Lucas Lima (Bruno Henrique) e Moisés;
Hyoran (Willian), Dudu e Deyverson.
Técnico: Felipão
 
 
" />