Atlético-MG x Atlético-PR - Embalados e sonhando com algo mais no Brasileirão

Os dois times vem em bom momento e fecham a 24ª rodada buscando se aproximar ainda mais dos primeiros colocados

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 09 (AFI) – Atlético-MG e Atlético-PR se enfrentam nesta segunda-feira, às 20 horas, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, na partida que fecha a 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Galo, na sexta colocação com 38 pontos, tenta se aproximar ainda mais dos líderes e manter o embalo após bater o São Paulo, até então líder da competição, por 1 a 0, na última quarta-feira.

O Furacão, por sua vez, é o 13º com 27 pontos e vive grande momento. Após nove jogos sem perder pelo Campeonato Brasileiro, o time de Tiago Nunes foi derrotado pelo Palmeiras, por 2 a 0, em São Paulo, e quer retomar o caminho das vitórias.

MUDANÇA NA LATERAL
No Atlético-MG, a única mudança deve ser na lateral-direita, já que o titular Emerson está suspenso. Com isso, Patric ganha mais uma oportunidade para começar jogando. O restante do time deve ser o mesmo da última rodada.

Como Chará está servindo a seleção colombiana, o meio de campo segue com Luan, Cazares e Tomás Andrade, enquanto Ricardo Oliveira é o atacante de referência.

“É fundamental a vitória nesta partida. Nosso time sabe bem disso e a torcida também. Nosso time vem trabalhando forte para conseguir retribuir esse apoio da torcida. A gente acredita nessa sinergia para mais uma vitória segunda-feira”, explicou o técnico Thiago Larghi.

PROBLEMAS NO FURACÃO

O técnico Tiago Nunes tem problemas para montar a escalação titular do Atlético-PR. Depois de perder Marcelo Cirino, que segue se recuperando de lesão, foi a vez de Bruno Nazário ficar fora de combate.

O atacante rompeu o ligamento cruzado no jogo contra o Palmeiras e só volta na próxima temporada. Além disso, o voltante Wellington e o lateral-esquerdo Renan Lodi estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Por outro lado, o treinador conta com o retorno de Raphael Veiga, que assume a vaga de Bruno Nazário. Márcio Azevedo deve ser escalado na lateral e Bruno Guimarães ganha uma oportunidade no meio de campo.

“Estávamos em uma boa sequência e sabíamos que em algum momento isso ia acontecer. Mas olhando pelo lado bom, aconteceu com a equipe fora da zona de rebaixamento. Temos tempo para trabalhar e retomar aquilo que vínhamos fazendo” analisou o treinador.
______________________________________________________________________________________________________

CURIOSIDADES - ATLÉTICO-MG X ATLÉTICO-PR - OPTA FACTS

* O Atlético Mineiro derrotou o Atlético Paranaense em três dos últimos quatro duelos disputados na Série A, onde o Galo marcou cinco gols e sofreu apenas dois.

* O Atlético Mineiro venceu cinco de seus sete jogos mais recentes em casa no Brasileirão (1E 1D), e ficou sem tomar gols nos dois últimos.

* O Atlético Paranaense ainda não venceu fora de casa no Brasileirão 2018 (5E 6D), marcando apenas dois gols e sofrendo 12 nessas partidas.

* O Atlético Mineiro tem a maior posse de bola (61,4%) em casa no Brasileirão 2018.

* O Atlético Paranaense tem a maior posse de bola (57,0%) como visitante no Brasileirão 2018.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
24ª rodada
Data
10/09/2018
Horário
20h00
Local
Independência - Belo Horizonte (MG)
Árbitro
Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Renda
R$ 293.068,00
Assistentes
Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Público
20.922 torcedores
Cartões Amarelos
Atlético-MG: Patric, Fábio Santos, Leonardo Silva, Matheus Galdezani
Atlético-PR: Santos, Jonathan, Bergson, Marcinho, Lucho González

Cartões Vermelhos
Atlético-PR: Nikão
Gols
Atlético-MG: Leonardo Silva 25' 1T, Elias 22' 2T, Ricardo Oliveira 37' 2T
Atlético-PR: Iago Maidana 9' 1T (contra)
Atlético-MG
Victor;
Patric, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos;
Adilson (José Welison), Matehus Galdezani (Elias), Cazares, Tomás Andrade (Terans) e Luan;
Ricardo Oliveira.
Técnico: Thiago Larghi
Atlético-PR
Santos;
Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo;
Bruno Guimarães (Bergson), Lucho González (Matheus Rossetto), Nikão e Raphael Veiga;
Marcinho (Rony) e Pablo.
Técnico: Tiago Nunes
 
 
" />