Vitória 1 x 1 Cruzeiro - Não deu para engatar a quarta e a Raposa continua sem vencer

Desconsiderando o Campeonato Brasileiro, o time reservas do Cruzeiro conseguiu empatar com o Vitória

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 5 (AFI) – Desconsiderando o Campeonato Brasileiro, o time reservas do Cruzeiro conseguiu empatar com o Vitória, por 1 a 1, nesta tarde, no Barradão, pela 17.ª rodada. Com isso, a Raposa conseguiu interromper a série de duas derrotas consecutivas, mas segue em posição intermediária com 25 pontos.

O time dirigido por Mano Menezes está quase três meses sem vencer fora de casa. De outro lado, o Vitória perdeu a chance de conquistar sua quarta vitória seguida diante de sua torcida. Agora soma 19 pontos e fora da zona de degola, porém, bem perto dela.

AS SITUAÇÕES
O Vitória entrou animado pelas três vitórias seguidas em casa e pensando em aproveitar a presença do Cruzeiro com um time reservas, preservando seus titulares para outras competições importantes que participa: Copa do Brasil e Libertadores. Na quarta-feira, a Raposa pega o Flamengo pela Copa Libertadores.

Vitória sai na frente mas cede empate aos reservas do Cruzeiro
Vitória sai na frente mas cede empate aos reservas do Cruzeiro

O time baiano com a pior defesa da competição, com 31 gols, e o time mineiro, de forma surpreendente, com o terceiro pior ataque: 13 gols. O Vitória não vence o Cruzeiro pelo Brasileiro há 11 jogos, desde 2010 e a Raposa não perde no Barradão há 12 anos.

MAIS FORÇA
Em casa, o rubro-negro tentou impor sua velocidade e aprecia disposto a encurralar o adversário. Até criou boas situações ofensivas. A melhor delas numa bobeada da defesa em que o atacante argentino Walter Bou saiu em disparada e dividiu com o goleiro Rafael, que impediu o gol aos 17 minutos.

Este lance parece ter acordado os mineiros que começaram a arriscar, mesmo de longe. Aos 26 minutos, Rafael Sóbis, atuando como um falso nove, triangulou com Mancuello e chutou de chapa, acertando a trave direita de Ronaldo. Em seguida, Mancuello chutou e Ronaldo espalmou.

MÃO DE PAU
O goleiro Ronaldo não mostrava confiança. Aos 35 minutos ele não encaixou um cruzamento e no rebote quase que Bruno Silva marcou. O zagueiro Aderllan travou o chute, evitando o pior.

Aos 38 minutos, Sóbis cobrou falta na quina da área, encobriu a barreira e Ronaldo rebateu.

NO TRAVESSÃO
O segundo tempo começou sem mudanças, mas com o Cruzeiros endo perigoso. Aos nove minutos, após avançada pelo lado esquerdo com Marcelo Hermes, o cruzamento caiu com Rafael Sóbis. Ele ajeitou de costas, fez um lindo giro e carimbou o travessão de Ronaldo.

A resposta baiana veio aos 13 minutos, quando após bate-rebate na área Erick chutou e Rafael rebateu em grande defesa. A bola sobrou para Neilton que chegou velocidade, bateu, porém, acertou a trave. Um lance que levantou a torcida rubro-negra.

ATAQUE E CHANCES
Nesta altura, o técnico João Burse já tinha feito uma mudança arrojado: tirou o volante Marcelo Meli para a entrada do atacante Erick.

Aos 21 minutos, Bryan serviu a Bou dentro da área e o argentino virou forte de esquerda para defesa de Rafael. O goleiro espalmou para escanteio. No minuto seguinte, Neilton chutou rasteiro e Rafael mandou a escanteio.

GOL MERECIDO
A pressão baiana se transformou em gol aos 26 minutos. Neílton invadiu a área pelo lado direito e recebeu o tranco desleal do zagueiro Murilo. O árbitro ficou em dúvida na marcação, mas alertado pelo seu auxiliar anotou a penalidade máxima.

Na cobrança, Neilton deslocou o goleiro Rafael e festejou o seu quinto gol no Brasileiro. Ele não marcava há dois meses, porém, é o goleador do time baiano na temporada, agora com 19 gols.

O Cruzeiro reagiu rápido. Com Arrascaeta em campo no lugar de Sóbis ele cobrou falta pelo lado esquerdo. A bola levantada em direção à pequena área teve o desvio de cabeça do zagueiro Manoel para as redes. Tudo igual aos 30 minutos.

PRÓXIMOS JOGOS
Na quarta-feira, o Cruzeiro pega o Flamengo pela Libertadores, no Rio de Janeiro. Pelo Brasileiro só volta a jogar no outro fim de semana quando enfrenta o Flamengo, de novo, domingo, às 11 horas, no Maracanã.

O Vitoria, preocupado em se livrar do rebaixamento no brasileiro, vai ter a semana toda para se preparar visando o compromisso contra o Grêmio, domingo (12), às 19 horas, em Porto Alegre.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
17ª rodada
Data
05/08/2018
Horário
16h00
Local
Barradão - Salvador (BA)
Árbitro
Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)

Renda
R$ 140.774,00
Assistentes
Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Público
13.095 pagantes
Cartões Amarelos
Vitória-BA: Arouca, Erick, Marcelo Meli, Ruan Renato
Cruzeiro-MG: David, Murilo, Marcelo Hermes, Bruno Silva, Mancuello

Gols
Vitória-BA: Neílton 26' 2T
Cruzeiro-MG: Manoel 30' 2T
Vitória-BA
Ronaldo; Jeferson, Aderllan, Ruan Renato e Bryan;
Marcelo Meli (Erick), Fellipe Soutto e Arouca;
Yago (Lucas Fernandes), Walter Bou e Neilton (Wallyson)
Técnico: João Burse
Cruzeiro-MG
Rafael;
Ezequiel, Manoel, Murilo e Marcelo Hermes;
Ariel Cabral, Bruno Silva (Rafinha), Lucas Romero e Mancuello;
Rafael Sobis (Arrascaeta) e David (Raniel)
Técnico: Mano Menezes
 
 
" />