Fluminense 0 x 2 Flamengo - Mengão na ponta em jogo com recorde de público no Brasileirão

O time de Maurício Barbieri abriu cinco pontos do vice-líder Sport, e seis do Palmeiras, terceiro

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 07 - A boa fase do Flamengo parece não ter fim. Nesta quinta-feira, o time rubro-negro venceu o clássico contra o Fluminense por 2 a 0, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, e ampliou a vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. O duelo foi válido pela 10.ª rodada do torneio e contou com a presença de mais de 60 mil torcedores, recorde de público no Brasileirão 2018.

Espaço incorporado por HTML (embed)

Com a vitória, a primeira em clássicos neste Brasileirão - havia empatado em 1 a 1 com o Vasco, em duelo da quinta rodada - o Flamengo chegou ao quarto triunfo consecutivo, foi aos 23 pontos e abriu cinco de distância em relação ao Sport, o segundo colocado.

Perto dos líderes anteriormente, o Fluminense, por outro lado, amargou a sua segunda derrota consecutiva - perdeu o duelo anterior para o Paraná, em Curitiba - e caiu para a 10.ª posição, com 14 pontos.

Os personagens da partida foram os centroavantes Henrique Dourado e Felipe Vizeu. O primeiro, criticado por boa parte da torcida, abriu o placar no primeiro tempo em cobrança de pênalti, a sua especialidade, e o segundo selou o triunfo na etapa final, após completar passe de Everton Ribeiro.

Lucas Paquetá e Vinicius Junior não foram decisivos como vinham sendo, mas infernizaram a defesa do rival com dribles e jogadas de efeito. O Fluminense, por sua vez, teve muitos problemas no ataque em razão das ausências dos titulares Marcos Junior e Pedro, lesionados.

CEIFOU!
O Flamengo comandou as ações no primeiro tempo, especialmente nos minutos iniciais, e fez valer a força de seu ataque, formado no duelo por Vinicius Junior, Henrique Dourado e Marlos Moreno, escolhido para entrar no lugar do suspenso meia Diego.

Diante de um Fluminense fechado, com três zagueiros e três volantes em campo - Douglas foi titular na vaga de Marcos Junior, machucado - e armado para sair nos contra-ataques, o time rubro-negro soube explorar os pontos fracos da zaga tricolor. Optou em jogar pelos lados, com Marlos Moreno e Vinicius Junior, e se deu bem.

Ceifador voltou a marcar depois de 9 jogos de seca - Staff Images / Flamengo
Ceifador voltou a marcar depois de 9 jogos de seca

Foi uma jogada pela lateral que originou o pênalti em Marlos Moreno. No lance, o atacante colombiano aproveitou o vacilo de Marlon para tomar a frente e ser derrubado pelo lateral-esquerdo dentro da área. Na cobrança, Henrique Dourado, criticado por boa parte da torcida flamenguista, cobrou com a categoria e frieza de sempre para abrir o placar em cima de sua ex-equipe aos 28 minutos.

PRESSIONOU, MAS TOMOU...
Em desvantagem no placar, na etapa final, a equipe das Laranjeiras teve de deixar a postura cautelosa para se lançar ao ataque. Em busca do empate, o técnico Abel Braga colocou os atacantes Pablo Dyego e Matheus Alessandro em campo nos lugares do zagueiro Renato Chaves e do meia Sornoza, respectivamente. As alterações, porém, não surtiram efeito. Pablo Dyego, inclusive, sentiu uma lesão e teve de ser substituído por Robinho 10 minutos após ter entrado.

O Fluminense não só não chegou ao gol de empate como viu o arquirrival aumentar a vantagem e selar a vitória no final da partida, com Felipe Vizeu. Aos 33 minutos, o jovem centroavante xodó da torcida rubro-negra recebeu passe de Everton Ribeiro e, livre dentro da pequena área, teve tempo de dominar antes de empurrar a bola para o gol e sacramentar o resultado positivo que mantém o Flamengo de forma confortável na primeira colocação.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Fluminense visita o Atlético Mineiro no domingo, às 16h, no Independência, em Belo Horizonte (MG). No mesmo dia, às 19h, o Flamengo pega o Paraná, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
10ª rodada
Data
07/06/2018
Horário
20h00
Local
Mané Garrincha - Brasília (DF)
Árbitro
Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA/PA)

Renda
R$ 3.177.575,00
Assistentes
Helcio Araujo Neves e Heronildo S. Freitas da Silva (PA)

Público
59.987 pagantes (60.000 no total).
Cartões Amarelos
Fluminense-RJ: Marlon , Gilberto, Matheus Alessandro
Flamengo-RJ: Lucas Paquetá, Renê

Gols
Flamengo-RJ: Henrique Dourado 28' 1T, Felipe Vizeu 33' 2T
Fluminense-RJ
Júlio César;
Renato Chaves (Pablo Dyego)(Robinho), Gum e Luan Peres;
Gilberto, Douglas, Richard, Jadson, Sornoza (Matheus Alessandro) e Marlon;
João Carlos.
Técnico: Abel Braga
Flamengo-RJ
Diego Alves;
Rodinei, Léo Duarte, Rhodolfo (Thuller) e Renê;
Cuéllar, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro, Marlos Moreno (Jean Lucas) e Vinicius Júnior;
Henrique Dourado (Felipe Vizeu).
Técnico: Mauricio Barbieri
 
 
" />