Bahia 1 x 0 Corinthians - Tricolor pressiona e vence com gol nos últimos instantes

Sem pontuar, a equipe alvinegra segue com 16, na décima colocação; time nordestino permanece no Z4

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 14 (AFI) - O Corinthians sofreu grande pressão do Bahia e não conseguiu somar ponto na 12ª rodada do Campeonato Brasileiro: perdeu por 1 a 0a partida disputada na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA. O grande destaque da partida foi goleiro alvinegro, Walter, autor de grandes defesas, sobretudo na primeira etapa. Entretanto, ele não evitou gol de Mena aos 45 minutos do segundo tempo.

Sem pontuar, a equipe alvinegra segue com 16, na décima colocação, permanecendo na zona intermediária da tabela. O time tricolor, por outro lado, foi a 12 pontos e vai passar a parada para a Copa do Mundo no 17º lugar, entre os quatro rebaixados à Série B. O arquirrival Vitória, com a mesma pontuação, é o primeiro fora do Z4.

PRESSÃO TRICOLOR
A primeira boa chegada foi do Corinthians. Logo aos cinco minutos, o meia-atacante Marquinhos Gabriel foi à linha de fundo e cruzou para trás. O atacante Pedrinho dominou e bateu firme, mas foi travado pelo lateral-esquerdo tricolor, Léo. O Esquadrão de Aço respondeu da mesma maneira: aos oito, Léo colocou na área, o atacante Élber cabeceou, mas o zagueiro alvinegro, Henrique, afastou.

Os donos da casa continuaram em cima e assustaram no lance seguinte. O atacante Kayke recebeu belo cruzamento do lateral-direito Nino Paraíba, mas o camisa 21 mandou, de cabeça, para fora. Aos 12, o mesmo Kayme quase abriu o placar. Ele bateu falta, a bola desviou na barreira, e o goleiro alvinegro, Walter, se esticou todo para mandar para escanteio.

O tiro de canto não foi bem aproveitado pelo time mandante, que logo perdeu a posse de bola. No contra-ataque, o Timão não conseguiu finalizar, apesar de o lance ter se armado em cinco jogadores paulistas contra dois baianos. Depois deste lance, o time tricolor retomou as rédeas da partida. Aos 19, após um bate-rebate dentro da área, Kayke deu um toque na bola, que, ao quicar na grama, enganou Walter. A pelota passou por debaixo do arqueiro, mas o zagueiro Pedro Henrique estava atrás para afastar o perigo.

Pouco depois, o camisa 27 corintiano apareceu mais uma vez ao fazer bela defesa em falta cobrada por Régis. Aos 30, o arqueiro paulistano encaixou finalização de Zé Rafael, meia que entrou costurando a zaga adversária. Nos minutos finais, o Timão equilibrou as ações e pouco sofreu.

MESMA TOADA?
Os dois treinadores mexeram nas equipes para o segundo tempo. Sidcley deu lugar para Juninho Capixaba na lateral esquerda do Corinthians, enquanto Mena entrou no lugar Élber para dar maior movimentação ao meio-campo tricolor. E foi justamente o chileno quem teve a grande chance da partida até ali.

Aos cinco minutos, Régis cruzou, e o polivalente jogador, dentro da pequena área, pegou muito forte e sequer acertou o gol. Aos 13, Mina assustou os corintianos mais uma vez. Nino Paraíba fez o cruzamento da direita, e o chileno chegou testando forte. A bola, porém, explodiu na tarde direita de Walter.

Na reta final da partida, o confronto foi bastante equilibrado, com os dois times buscando o gol que daria os três pontos. O Bahia esbarrou tanto na má pontaria quanto na boa atuação do goleiro Walter. Os corintianos, por outro lado, não conseguiram acertar um grande contra-ataque, muito por conta dos erros nos últimos passes. Já nos acréscimos, de tanto tentar, Mena fez o gol da vitória mandante.

SEQUÊNCIA
Na 13ª rodada, que acontece após o Mundial da Rússia, o Corinthians recebe o Botafogo, na Arena Corinthians, no dia 18 de julho, às 21h45. O Bahia, por outro lado, visita a Chapecoense, no dia seguinte, na Arena Condá, às 19h30.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
12ª rodada
Data
13/06/2018
Horário
21h45
Local
Arena Fonte Nova - Salvador (BA)
Árbitro
Leandro Pedro Vuaden

Renda
Não disponíveis
Assistentes
Jorge Eduardo Bernardi e Jose Eduardo Calza

Público
Não disponíveis
Cartões Amarelos
Bahia-BA: Gregore, Flávio
Corinthians-SP: Júnior Dutra

Gols
Bahia-BA: Mena 45' 2T
Bahia-BA
Douglas (Anderson);
Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo;
Gregore, Elton, Zé Rafael e Régis;
Élber (Mena) e Kayke (Allione).
Técnico: Cláudio Prates (interino)
Corinthians-SP
Walter;
Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Sidcley (Juninho Capixaba);
Gabriel, Maycon e Rodriguinho;
Pedrinho, Marquinhos Gabriel (Júnior Dutra) e Roger (Emerson Sheik).
Técnico: Osmar Loss
 
 
" />