Chapecoense x Flamengo - Verdão entra em campo pressionado contra o líder

Os cariocas colecionam três vitórias consecutivas e um empate, com 10 pontos em quatro jogos

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 13 (AFI) – A temperatura esquentou em Chapecó durante a semana. Pressionado, a Chapecoense de Gilson Kleina entra em campo neste domingo, às 16 horas, precisando de uma vitória para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O problema é que o adversário é o líder e invicto Flamengo, que vem embalado pela classificação nas oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo está marcado para a Arena Condá pela 5ª rodada.

Com três empates consecutivos e uma derrota dura para o Atlético-PR na estréia, por 5 a 1, a Chapecoense aparece entre as piores campanhas da competição, com apenas três pontos e precisando de uma reviravolta para ganhar posições na classificação. Do outro lado, o Flamengo coleciona três vitórias consecutivas e um empate, com 10 pontos em quatro jogos.

MUDANÇAS

Sob pressão, Kleina manteve mistério sobre o time titular da Chapecoense. A única mudança certa é a saída de Wellington Paulista, suspenso pelo terceiro cartão amarelo no empate por 1 a 1 com o Paraná. Ainda assim, o treinador não confirmou o substituto – é provável que Leandro Pereira ganhe a posição. Canteros, Vinícius Freitas e Fabrício Bruno também são opções, mas dependem da aprovação do comandante.

“Trabalhamos várias situações, temos mais um treino. Vou me preservar para não passar escalação. Todos são cientes do Wellington (fora) pelo cartão. Optamos por uma situação com o Leandro (Pereira) e uma outra. Importante fazer as mudanças que entendemos. Hoje foi importante estar com essa situação para poder entender o sistema de jogo que vai utilizar, a estratégia, independente de quem entrar”, avaliou o treinador.

POUPADOS

Em meio à maratona de jogos vivida pelo Flamengo nesta temporada, o técnico interino Maurício Barbieri decidiu dar um descanso a alguns titulares na rodada do fim de semana. Na sexta-feira ele definiu que quatro nomes importantes serão poupados diante da Chapecoense: o goleiro Diego Alves, o zagueiro Réver e os meias Lucas Paquetá e Éverton Ribeiro.

Também nesta sexta, aliás, Barbieri relacionou Diego para o confronto. O meia se recuperou de um problema no joelho e volta a ficar à disposição após três partidas de afastamento. Outro que está novamente disponível depois de se recuperar de lesão é o zagueiro Rhodolfo.