Palmeiras x Bahia - Verdão busca reabilitação após 11 dias de ressaca pós-clássico!

O encontro entre as duas equipes será nesta quinta-feira, no Pacaembu, em jogo que marca a estreia do técnico Carpegiane no Tricolor

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 11 (AFI) - O Palmeiras entrou no período de pausa para a realização das Eliminatórias com um gosto amargo na boca. Após 11 dias para assimilar a derrota por 1 a 0 no clássico com o Santos, o time volta a campo nesta quinta-feira para enfrentar o Bahia, às 21 horas desta quinta-feira, em jogo válido pela 27ª rodada do Brasileirão.

O objetivo palmeirense é fazer a lição de casa para continuar sonhando com o título brasileiro. No momento, o Verdão ocupa a quinta colocação, com 43 pontos, e não tem chances de deixar o G6, mesmo se for derrotado.

O Bahia, que vai estrear o técnico Paulo César Carpegiani, vem de uma sequência de dois jogos sem perder, com uma vitória e um empate. No momento, tem 31 pontos, a apenas um da zona de rebaixamento.

MISTÉRIO... E MELO NO BANCO
Cuca não poderá contar com Mayke e Luan para escalar o Palmeiras para o jogo contra o Bahia, já que ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O zagueiro Mina, que se recupera de uma fratura no pé esquerdo, deu sequência ao processo de transição física no campo.

Durante a semana, o treinador comandou atividades fechadas para a imprensa e optou por fazer mistério em relação à escalação que será utilizada no Pacaembu. A principal dúvida é em relação a entrada de Guerra no time titular ou a permanência de Deyverson, em alteração que modifica o estilo de jogo da equipe.

No entanto, a principal novidade estará no banco de reservas. Depois de mais de dois meses de afastamento, o volante Felipe Melo será relacionado para um jogo do Palmeiras e dificilmente começara jogando, mas pode aparecer no segundo tempo. Cuca apontou que ele vem sendo observado como opção para a zaga, setor no qual o Verdão tem muitas baixas.

Palmeiras busca reabilitação após derrota para o Santos. (Foto: César Greco / Ag Palmeiras)
Palmeiras busca reabilitação após derrota para o Santos. (Foto: César Greco / Ag Palmeiras)
A última atuação de Felipe Melo foi na eliminação para o Cruzeiro, na Copa do Brasil, no dia 27 de julho. No dia seguinte, o técnico afastou o volante do jogo contra o Avaí. Quatro dias depois da decisão, o jogador chamou o comandante de "mau-caráter" em áudio vazado nas redes sociais.

NOVO COMANDO
No último dia 6, o Bahia apresentou Paulo César Carpegiani, que chega para suceder Petro Casagrande, demitido após empate por 1 a 1 com o Coritiba. Ao contrário do que acontece na maioria das trocas de técnico, Carpegiani teve um tempo relativamente bom para treinar o time antes de sua estreia, já que o Brasileirão parou por conta das Eliminatórias.

Contra o Palmeiras o técnico Carpegiani não contará com o zagueiro Tiago e o volante Edson, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, além do zagueiro Thiago Martins, do volante Matheus Sales e do meia Allione, que têm contrato com o alviverde e não podem enfrentar seu ex-clube.

O lateral Juninho Capixaba e o volante Renê Júnior, que na última semana se ausentaram de alguns treinos, trabalharam normalmente e devem ser titulares. A única dúvida é a utilização de Rodrigão. O atacante não vem rendendo o esperado e pode ser substituído por Vinícius.

“Estou pronto. A gente vem trabalhando forte. Esses jogos que eu entrei ajudou a pegar ritmo e confiança. Agora é hora de chegar ali para dar o máximo”, disse Edigar Júnio, que completou: “A gente sabe da responsabilidade que temos. Vamos encarar o jogo de igual para igual. Sabemos da nossa responsabilidade, por isso vamos dar nosso melhor para vencer na quinta-feira”.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
27ª rodada
Data
12/10/2017
Horário
21h00
Local
Pacaembu - São Paulo (SP)
Árbitro
Rafael Traci - PR

Renda
R$739.950,00
Assistentes
Ivan Carlos Bohn e Luciano Roggenbaum - PR

Público
24.299 pagantes (25.331 total)
Cartões Amarelos
Palmeiras-SP: Edu Dracena
Bahia-BA: Mendoza, Renê Júnior

Gols
Palmeiras-SP: Willian 2' 1T, Bruno Henrique 39' 1T
Bahia-BA: Edigar Junio 46' 1T, Edigar Junio 43' 2T
Palmeiras-SP
Fernando Prass;
Tchê Tchê, Edu Dracena, Juninho e Egídio;
Bruno Henrique (Felipe Melo), Thiago Santos,Moisés e Dudu;
Willian (Roger Guedes) e Deyverson (Borja).
Técnico: Cuca
Bahia-BA
Jean;
Eduardo, Rodrigo Becão, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba;
Juninho, Renê Júnior (Feijão) e Zé Rafael (Régis);
Vinícius (Rodrigão), Edgar Júnio e Mendoza.
Técnico: Paulo César Carpegiani