Atlético-GO 1 x 2 Atlético-MG - Dragão cria chances, mas Galo dá a virada em Goiânia

O time goiano, dirigido por Doriva, continua na lanterna com apenas oito pontos. O Galo está mais perto do G6

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 16 (AFI) – Mesmo tendo criado as melhores chances de gol a ponto de transformar o goleiro Victor no melhor em campo, o Atlético Goianiense perdeu para o Atlético Mineiro, por 2 a 1, de virada, nesta tarde, no Estádio Olímpico, em Goiânia, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O time goiano, que vinha animado com o empate fora por 2 a 2 com o São Paulo, continua na lanterna com apenas oito pontos. O time mineiro interrompeu a série de dois jogos sem vitória e se reabilitou da derrota para o Santos, por 1 a 0, na Arena Independência. Com 20 pontos, fica em posição intermediária.

MUITA LENTIDÃO
O jogo começou bastante cadenciado, talvez, até pelo calor e pela baixa umidade do ar, que gerou inclusive uma parada técnica para hidratação aos 20 minutos. Até então, nada interessante. Mas aos 23 minutos o time da casa abriu o placar.

A bola saiu de uma falta de Bruno Pacheco pelo lado esquerdo, teve o desvio de cabeça de Fred no meio da área e sobrou do outro lado para Igor. O volante bateu de primeira, sem deixar a bola quicar, e acertou o canto esquerdo de Victor.

A vantagem animou os goianos, apoiados por sua torcida. Niltinho criou outra grande chance aos 34 minutos, quando invadiu a área pelo lado direito e bateu rasteiro. Desta vez, Victor esticou o pé esquerdo e mandou para escanteio. O goleiro evitou de novo o gol aos 44 minutos, quando saltou todo e espalmou o chute de longe de Paulinho, aos 44 minutos.

Niltinho chuta e Victor salva com os pés. Uma das chances dos goianos, que pararam no goleiro adversário. Foto: Paulo Marcos - AGG
Niltinho chuta e Victor salva com os pés. Uma das chances dos goianos, que pararam no goleiro adversário. Foto: Paulo Marcos - AGG

GALO DEVENDO FUTEBOL
O time mineiro ficou devendo futebol. Foi apático e não conseguiu chutar uma bola no goleiro Felipe Garcia. No intervalo, o técnico Roger Machado fez duas mudanças. Tirou o zagueiro Bremer, que já tinha cartão amarelo, para a entrada de Matheus Mancini, enquanto saiu Marlone para a entrada de Robinho.

Os goianos voltaram recuados para explorar os contra ataques. E tiveram tudo para ampliar o placar aos três minutos, quando Paulinho foi lançado nas costas da defesa e ficou cara a cara com Victor. Ele chutou rasteiro, mas o goleiro deu um toque sutil com os dedos e mandou a bola para escanteio. Uma grande defesa.

Mas como quem não faz toma, o castigo não demorou. Os mineiros empataram aos 11 minutos, com Fred desviando de cabeça a falta levantada por Cazares. A cabeçada foi forte, tocou nas mãos de Felipe Garcia, mas entrou.

Goianos criaram chances, mas levaram a virada. Foto: Paulo Marcos - AGG
Goianos criaram chances, mas levaram a virada. Foto: Paulo Marcos - AGG
DEFESA FALHANDO
O gol deu ânimo, mas a defesa visitante voltou a falhar feio. Walter levantou para Gilvan que cabeceou sozinho, mas para fora. A defesa tinha adiantado, tentando fazer a linha de impedimento. Quase levou o segundo gol aos 16 minutos.

Mas quem voltou a balançar as redes foi o time mineiro, num contra ataque aos 27 minutos. Robinho iniciou a jogada, fez o passe para Fred que abriu na direita para Alex Silva.

Este fez o levantamento longo para o outro lado, onde dois mineiros subiram, mas quem testou foi Elias. Desta vez a bola foi em direção ao rosto de Felipe Garcia, que tocou na bola e deixou ela entrar.

No desespero, o técnico Doriva fez duas trocas no time goiano. Entraram Luis Fernando e Jonathan nas vagas, respectivamente, de Igor e André Castro. Nada mudou. O time já estava abatido e sem força de reação.

MEIO DE SEMANA
No meio de semana, pela 15.ª rodada, o Atlético Goianiense vai pegar o Sport, em Recife, na quinta-feira às 19h30. Na quarta-feira, às 21h45, o Atlético Mineiro recebe o Bahia, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
14ª rodada
Data
16/07/2017
Horário
16h00
Local
Olímpico - Goiânia (GO)
Árbitro
Pablo dos Santos Alves - PB

Renda
R$ 90.530,00
Assistentes
Oberto da Silva Santos - PB e Kildenn Tadeu Morais de Lucena - PB

Público
4.220 pagantes (5.235 total)
Cartões Amarelos
Atlético-GO: Paulinho, Bruno Pacheco
Atlético-MG: Robinho, Victor, Bremer

Gols
Atlético-GO: Igor 23' 1T
Atlético-MG: Fred 11' 2T, Elias 27' 2T
Atlético-GO
Felipe Garcia;
André Castro (Jonathan), Roger Carvalho, Gilvan e Bruno Pacheco;
Marcão Silva, Igor (Luis Fernando), Paulinho e Jorginho (Andrigo);
Niltinho e Walter.
Técnico: Doriva
Atlético-MG
Victor;
Alex Silva, Gabriel, Bremer (Matheus Mancini) e Leonan;
Adilson, Rafael Carioca, Elias e Marlone (Robinho);
Cazares (Gustavo Blanco) e Fred.
Técnico: Roger Machado
aaa