Avaí 1 x 0 Fluminense - Marcação individual em cima de Ronaldinho Gaúcho, um gol rápido e vitória importante

A vitória foi justa e deixou o Leão da Ilha com 20 pontos, em 12.º lugar, enquanto o Fluminense resiste em terceiro lugar, com 30 pontos.

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 8 (AFI) – Com uma forte marcação, inclusive individualizada em cima do “gênio” Ronaldinho Gaúcho, o Avaí venceu o Fluminense, por 1 a 0, neste sábado à noite, na abertura da 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro – o BRASILEIRÃO CHEVROLET. A vitória foi justa e deixou o Leão da Ilha com 20 pontos, em 12.º lugar, enquanto o Fluminense resiste em terceiro lugar, com 30 pontos, mas podendo sair da zona de Copa Libertadores no complemento da rodada no domingo.

O Avaí não vencia há três jogos, com um empate e duas derrotas. Respirou na sua luta contra o descenso, seu principal objetivo na competição. Este jogão de bola foi transmitido com a equipe de “primeira linha” da Rádio Regional FM, uma das emissoras parceiras da Rádio Futebol InteriorRádio FI, que entrou em cadeia com a tradicional emissora catarinense.

GOL ESQUISITO
A sorte do time da casa foi que o seu gol saiu logo aos cinco minutos, num lance esquisito. Rômulo arriscou o chute de fora de área, talvez, para testar o goleiro Diego Cavalieri. E ele falhou, porque rebateu para frente. No rebote, o zagueiro Henrique dividiu com o atacante André Lima e a bola encobriu o goleiro. Um lance estranho.

“Nem eu sei quem tocou por último na bola. O importante é que ela entrou”, comentou André Lima no intervalo. Ele é o artilheiro do time no Brasileirão, com apenas quatro gols.

Avaí não deu espaço para o Fluminense respirar e mereceu a vitória em Florianópolis
Avaí não deu espaço para o Fluminense respirar e mereceu a vitória em Florianópolis

No mais, coube ao volante Adriano não dar espaço para Ronaldinho respirar. Curioso é que Adriano substituiu a Renan que teve um exame antidoping positivo confirmado nesta semana e ainda sem muitos esclarecimentos por parte do clube catarinense.

O craque Gaúcho só teve chances mesmo em bolas paradas, como escanteios e faltas. Mas não estava tão inspirado. Na rodada anterior, o Tricolor das Laranjeiras tinha vencido o Grêmio por 1 a 0.

KLEINA EXPULSO
No segundo tempo, o Avaí voltou determinado a se defender para tentar segurar o resultado. E, se desse certo, ampliar num contra-ataques, Num destes, Nino Paraíba desceu em disparada e dividiu com Henrique, num lance normal. O técnico Gilson Kleina exagerou nas reclamações e foi expulso. Vai cumprir a suspensão automática contra a Ponte Preta, onde teve uma boa passagem há três anos.

O Fluminense ainda tentou ganhar força ofensiva, mas sem sucesso. Magno Alves foi substituído por Wellington Paulista, que é duro de marcar gol.. Pior mesmo para Magno Alves que entrou em nove jogos com a camisa tricolor, três apenas como titular, e até agora está sem marcar um golzinho. Que fase!

SEM ALTERNATIVAS
Antes disso, Cícero tinha entrado no lugar de Breno e o meia Lucas Gomes na vaga de Pierre, volante que estava amarelado.

Nos últimos minutos, o time carioca ainda tentou chegar ao empate na “base do abafa”. Até levou alguns sustos ao goleiro Wagner, ex-Ituano, mas não finalizou com precisão. O Fluminense continuava sua pressão e Ronaldinho quase empatou aos 35. O meia resolveu cobrar direto mesmo com longa distância e quase marcou. A bola passou perto do ângulo esquerdo de Diego, que já estava batido no lance.

Mas o time do Rio não desistia e o sufoco contra o time da casa era cada vez maior. No último lance de perigo do Flu, Ronaldinho quase marcou um gol olímpico. Diego desviou com a bola quase dentro do gol. Mas não era mesmo o dia da equipe carioca, que não conseguiu aproveitar a falta de tranquilidade do Avaí e ficou sem marcar o seu gol.

“Infelizmente hoje não deu, mas estamos no bloco de cima e vamos continuar brigando pelas primeiras posições. Agora é pensar no próximo jogo”, explicou Ronaldinho Gaúcho, despreocupado, ao final do jogo.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times vão jogar fora na próxima rodada. O Avaí vai pegar a Ponte Preta, em Campinas, quinta-feira, às 19h30, sem o meia-atacante Rômulo, suspenso com três amarelos. O artilheiro William, com problema no tornozelo, deve ficar três meses de fora. Ele também já passou duas vezes pela Macaca. O Fluminense vai até Porto Alegre para tentar segurar o Internacional, quarta-feira, às 22 horas. Sem o volante Edson, suspenso com três amarelos.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
17ª rodada
Data
08/08/2015
Horário
18h30
Local
Estádio da Ressacada - Florianópolis (SC)
Árbitro
Thiago Duarte Peixoto (SP)

Renda
R$ 288.720,00
Assistentes
Marcio Eustaquio S Santiago (MG) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)

Público
11.033 pagantes
Cartões Amarelos
Avaí-SC: Eltinho, Rômulo
Fluminense-RJ: Pierre, Edson, Edson

Gols
Avaí-SC: André Lima 5' 1T
Avaí-SC
Diego;
Nino Paraíba, Jéci, Antônio Carlos e Eltinho (Romário);
Adriano, Tinga, Pablo e Marquinhos (Everton Silva);
Rômulo e André Lima (Roberto)
Técnico: Gilson Kleina
Fluminense-RJ
Diego Cavalieri;
Wellington Silva, Henrique, Marlon e Breno Lopes (Cícero);
Pierre (Lucas Gomes), Edson, Gustavo Scarpa e Ronaldinho Gaúcho;
Marcos Júnior e Magno Alves (Wellington Paulista)
Técnico: Enderson Moreira
 
 
" />