Corinthians 0 x 0 Internacional - No adeus ao Pacaembu, mais um "empatite"

O técnico Tite e o lateral Alessandro despediram dos torcedores do Timão no embate

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 30 (AFI) – O dia era de despedidas no Estádio do Pacaembu. O técnico Tite fez o seu último jogo diante da torcida como treinador do Corinthians, clube em que conquistou a tão desejada Copa Libertadores da América, assim como o lateral Alessandro que anunciou a aposentadoria no final da temporada. Porém, o embate ficou aquém das expectativas e como de costume, o Timão empatou mais uma, desta vez diante do Internacional por 0 a 0, em partida válida pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Antes do início do embate, os torcedores demonstraram o carinho que tem pelo treinador. Faixas de “obrigado por tudo, Tite, até breve” eram vistas por toda a parte. Tanto o comandante, quanto o lateral Alessandro foram homenageados pela diretoria do Corinthians e tiveram seus nomes gritados pelos torcedores. Os operários mortos no incidente do Itaquerão também foram lembrados.

Como ambas as equipes não tem mais ambição neste Brasileirão, a partida serviu como um treino de luxo. Com o empate, o Corinthians ficou na décima colocação com 50 pontos, a nove do quarto colocado, Goiás. Por sua vez, o Internacional é o 12º com 47.

Tudo igual!

Com tanta homanegem, a partida demorou a esquentar. A primeira boa chance aconteceu apenas aos 16 minutos da primeira etapa. Romarinho fez boa jogada pela direita e chutou forte. A bola passou perto do gol de Muriel e seguiu para a linha de fundo. A resposta do Inter só veio aos 35. Após cobrança de escanteio, Walter falhou e Índio, de cabeça, manda para fora.

O Colorado voltou a chegar com perigo aos 41 minutos. Otávio cruzou na cabeça de Leandro Damião. O atacante desviou, mas Walter fez a defesa. Depois foi a vez de Josimar tentar. D’Alessandro tocou para o volante, que arriscou o chute. Walter ficou com a bola.

Após a pressão, o Internacional esfriou nos minutos finais e deixou o tempo correr. Por sua vez, o Corinthians pouco fez neste primeiro tempo para sair para o intervalo com o resultado positivo.

Ninguém marcou!
Diferente do primeiro tempo, a segunda etapa começou quente. Aos oito minutos, Willians fez falta dura e recebeu o cartão vermelho. Na cobrança, Alexandre Pato mandou para fora. Aos 19, foi a vez do Inter chegar. Também em lance de bola parada. Ednei chutou, mas errou o alvo.

Aos 22 minutos, o Corinthians ficou muito próximo de abrir o marcador. Após cruzamento de Edenílson, Muriel falhou, a bola bateu no travessão e sobrou para Romarinho. O atacante cabeceou por cima do gol. Em seguida, Emerson recebeu na área, livre de marcação, mas isolou a bola.

No final do embate, os torcedores "esqueceram" do jogo em si e começaram a berrar o nome do técnico Tite, que não conseguiu esconder a emoção, assim como Alessandro, que em vários momentos colocou as mãos na cintura e possivelmente ficou imaginando toda a história que viveu naquele gramado.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
37ª rodada
Data
30/11/2013
Horário
21h00
Local
Estádio Pacaembu, em - São Paulo (SP) (SP)
Árbitro
Felipe Gomes da Silva (RJ)

Renda
R$ 1.149.973,50
Assistentes
Bruno Boschilia (PR) e Fernanda Colombo Uliana (SC)

Público
33.201 pagantes
Corinthians-SP
Walter;
Edenílson, Gil, Paulo André e Alessandro;
Ralf, Guilherme (Diego Macedo), Danilo (Alexandre Pato) e Renato Augusto (Douglas);
Emerson e Romarinho
Técnico: Tite
Internacional-RS
Muriel;
Ednei, Indio, Juan e Fabrício;
Willians, Josimar, Jorge Henrique (João Afonso), Otávio (Caio) e D'Alessandro (Alan Partick);
Leandro Damião
Técnico: Clemer